conecte-se conosco

Mundo

Nove países testam vacina da Covid em humanos, mas só três estão na etapa final

Publicado

 

 

Vacina

Vacina. Foto: Osnei Restio/ Prefeitura de Nova Odessa

Segunda a agência de saúde da ONU, até a última segunda-feira (27), são 164 vacinas contra o novo coronavírus (Sars-coV-2) em desenvolvimento no mundo. Ao menos nove países já testam em humanos, mas apenas o Reino Unido, a China e os Estados Unidos chegaram à terceira e última etapa.

É somente depois desta prova, em um número maior de participantes, que uma vacina pode ou não ser licenciada e liberada para a comercialização. Confira quais são as vacinas contra Covid-19.

  • Sinovac (China)
  • Instituto Biológico de Wuhan/Sinopharm (China)
  • Instituto Biológico de Pequim/Sinopharm (China)
  • Oxford/AstraZeneca (Reino Unido)
  • Moderna/NIAID (EUA)

Além desses países, a Índia é responsável por mais três candidatas nas fases 1 e 2. A Austrália e a Alemanha têm mais duas promissoras vacinas ainda em estágios iniciais dos ensaios, assim como a Rússia e o Japão, com uma cada, segundo a OMS.

Há também mais dois estudos feitos em cooperação internacional, com mais de um país responsável pela imunização, liderados pelo Instituto Internacional de Vacinas, com sede na Coreia do Sul, mas organizado pela ONU.

Duas das vacinas mais avançadas são testadas no Brasil, a vacina inglesa da Universidade de Oxford e a chinesa Sinovac.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
publicidade

Mundo

Arizona certifica vitória de Biden 27 dias depois da votação

Publicado

 

 

source

Vitória de Joe Biden é confirmada no estado de Nevada

Vitória de Joe Biden é confirmada no estado de Nevada – ROBERTO SCHMIDT / AFP

O Arizona certificou por meio das autoridades nesta segunda-feira (30), a vitória do candidato democrata Joe Biden nas eleições presidencias no estado.

Donald Trump, presidente que perdeu a disputa pela reeleição, alegou fraude na votação, sem apresentar provas, incluindo no estado do Arizona, onde os advogados do republicano entraram com ação judicial pedindo a recontagem de votos.

Contudo, no último dia 13 de novembro, após Biden ter sido declarado presidente, a defesa de Trump desistiu da ação, motivada pelo fato de que a recontagem das cédulas eleitorais não iria alterar o resultado.

Essa certificação se trata apenas de uma formalização dos resultados. No estado localizado no sudoeste do país, o democrata venceu por uma diferença miníma, de 0,3% , com cerca de 11 mil votos de vantagem.

O secretário de Estado do Arizona, Katie Hobbs, afirmou que o processo eleitoral deste ano foi o mais seguro da história recente dos Estados Unidos, “embora alguns façam alegações infundadas dizendo o contrário”.

Agora, Biden agrega mais 11 delegados, e chega a 306 votos do colégio eleitoral. Trump tem 232. Para ser declarado eleito presidente dos Estados Unidos, o candidato precisava atingir 270 delegados.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana