conecte-se conosco


Estado

O mês de fevereiro menos violento desde 1996

Um balanço divulgado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), informou que foram registrados menos de 100 assassinatos no mês de fevereiro no Espírito Santo pela primeira vez desde o ano de 1996, quando o dado passou a ser contabilizado no Estado. Ao todo, 93 homicídios dolosos foram registrados, representando uma […]

Publicados

em

Um balanço divulgado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), informou que foram registrados menos de 100 assassinatos no mês de fevereiro no Espírito Santo pela primeira vez desde o ano de 1996, quando o dado passou a ser contabilizado no Estado. Ao todo, 93 homicídios dolosos foram registrados, representando uma redução de 7% em relação ao mesmo período de 2018, quando 100 pessoas foram vítimas de morte violenta.

Ainda de acordo com os números, em comparação ao primeiro bimestre do ano passado, a redução está na casa dos 8,8%. Pela primeira vez na série histórica, foram menos de 200 assassinatos em dois meses, sendo 196 em 2019, contra 215 em 2018. Do total de 78 municípios do Espírito Santo, 40 ainda não registraram nenhuma morte violenta em janeiro e fevereiro.

O secretário de Estado da Segurança Pública, Roberto Sá, destacou a relevância desses dados. “Temos que parabenizar as nossas polícias Militar e Civil pelo trabalho que estão realizando nesses dois primeiros meses. Os esforços são grandes para reduzir essa violência letal no Espírito Santo. Realizamos diversas prisões e apreensões de armas que contribuíram para essa redução. Sabemos que o número ainda é alto e o objetivo é continuar focados para manter essa queda”, enfatizou

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Últimos dias para concorrer a uma vaga de Agente Local de Inovação

Publicados

em

Por

O encerramento do edital é no dia 29 de junho. O Sebrae/ES vai selecionar 50 vagas imediatas

Esta é a última oportunidade para que pessoas interessadas em participarem deste edital de Agente Local de Inovação concorram a uma vaga, com bolsas de até R$ 5 mil. Ao todo, são 50 vagas imediatas para atuarem junto a micro e pequenas empresas nas áreas de Produtividade, Transformação Digital, Rural, e na articulação e apoio dos Ecossistemas de Inovação e Indicação Geográfica.

O Natan Sarria, atuou como ALI de Produtividade em 2021 e compartilha a experiência de assumir esta função. “O ALI é o responsável por aplicar uma metodologia que tem como objetivo melhorar a produtividade das empresas e reduzir o custo delas. Então essas micro e pequenas empresas que buscam se destacar no mercado terão vocês com um ponto de apoio responsável por organizar as atividades desses gestores que acabarem se inscrevendo no programa”, conta.

Segundo ele, esta é uma oportunidade de fortalecer o networking e ampliar a rede de conhecimentos. “Eu entendo que o maior benefício, além da bolsa, é o contato com essas empresas e a compreensão das reais necessidades e problemas desses pequenos empreendimentos. Então, para quem quer empreender ou expandir sua rede de contatos, vale a pena aproveitar essa oportunidade”, orienta o ex ALI.

As inscrições ficam abertas até o dia 29 de junho. Para se inscrever, basta acessar: bit.ly/ALI_2022. No mesmo link, o candidato pode ter acesso a todas as informações do edital. As capacitações começam logo após a seleção dos agentes.

Vagas

Ao todo, são 50 vagas imediatas para Agentes Locais de Inovação (ALI), sendo 10 delas para graduandos, com remuneração de até R$ 1.500 mil, e as demais para profissionais com ensino superior completo e pelo menos 6 meses de experiência na área desejada, com remuneração de até R$ 5 mil. Além disso, também serão selecionadas outras 113 vagas para cadastro de reserva.

“Esta é a primeira vez que novas áreas de atuação, além da produtividade, são inseridas em processos seletivos de Agentes Locais de Inovação para o Espírito Santo. Os profissionais selecionados vão atuar em diferentes regiões do estado e alguns dos projetos têm como objetivo serem facilitadores da implantação da inovação nos pequenos negócios atendidos, e outros têm objetivo de apoiar os ecossistemas de inovação e o desenvolvimento das Indicações Geográficas selecionadas”, ressalta a analista do Sebrae/ES, Carine Thomazi.

Seleção

Os candidatos à ALI passarão por três etapas de seleção: avaliação de conhecimento, análise curricular e documental e avaliação de habilidades e perfil. Todo o processo acontecerá de maneira remota.

Os agentes selecionados para vagas imediatas, se tornarão bolsistas do Sebrae, serão capacitados e atuarão em campo, acompanhando um conjunto de empresas com a função de propor melhorias e oferecer respostas às demandas do negócio.

Programa Agentes Locais de Inovação

O programa Agente Local de Inovação (ALI) é uma iniciativa do Sebrae que tem o objetivo de promover a prática continuada de ações de inovação junto às micro e pequenas empresas, por meio de orientação proativa, gratuita e personalizada.

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana