conecte-se conosco


Grande Vitória

Obras avançam na Terceira Ponte e ciclovia começa a receber o concreto no piso

Publicados

em

As obras de ampliação da Terceira Ponte e da construção da Ciclovia da Vida avançam em ritmo acelerado. Nesta terça-feira (23), teve início a concretagem do piso da ciclovia, mais uma etapa na execução dos serviços. As obras tiveram início em julho deste ano com a montagem da plataforma que funciona como o andaime para execução dos trabalhos. Com parte da estrutura metálica da ciclovia já fixada, têm início os serviços de concretagem do piso da ciclovia.

O projeto da Ciclovia da Vida está sendo executado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi). O Consórcio Ferreira Guedes Metalvix é responsável pelas obras, contratadas pelo valor de R$ 127 milhões. O prazo para conclusão é maio de 2023.

O governador do Estado, Renato Casagrande, esteve no local para acompanhar o início de mais essa fase da obra. “É uma alegria iniciarmos essa concretagem da Ciclovia da Vida, que servirá de base para a ampliação da ponte. Essa obra é uma referência em engenharia e vai ajudar a mobilidade da Região Metropolitana. O ponto de observação no vão central da Terceira Ponte será um ponto turístico, além de dar a possibilidade para quem gosta de pedalar atravessar os dois municípios por este ponto. Assim vamos aliando mobilidade urbana, turismo, saúde e segurança”, pontuou.

De acordo com o secretário de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno, já foram fixados quase 500 metros da estrutura da ciclovia. “Desde a formulação do anteprojeto, tivemos uma grande preocupação técnica para a execução deste empreendimento. O resultado é que estamos conseguindo avançar em bom ritmo. A execução de parte dos serviços no período noturno também contribui para dar celeridade à obra”, disse.

Trata-se de uma das obras prioritárias do Governo do Estado na área da mobilidade. O serviço contempla a ampliação da capacidade de fluxo de veículos; implantação de ciclovia e barreira de proteção ao suicídio.

O anteprojeto da Ciclovia da Vida propõe uma estrutura metálica que será anexada nas laterais da ponte para a passagem de ciclistas e, ao mesmo tempo, fazendo a barreira de proteção ao suicídio. Além disso, a capacidade de trânsito da ponte será aumentada em torno de 40%, com a criação de duas novas faixas. Desse modo, a ponte passará a contar com três faixas em cada sentido.

A instalação de uma barreira de proteção na Terceira Ponte vem sendo debatida e reivindicada pela sociedade capixaba, sobretudo, nos últimos anos. Outra reivindicação antiga era a inclusão de uma ciclovia para que a travessia entre os municípios de Vitória e Vila Velha também pudesse ser realizada por ciclistas.

A estrutura que será anexada à ponte nos dois sentidos como forma de impedir o suicídio contará com uma grade antiescalada para a proteção, com altura de três metros e uma pista de ciclovia, com pavimento asfáltico de três metros de largura.

Próximo ao vão central, a estrutura da ciclovia terá um alargamento chegando a seis metros e funcionará como uma espécie de mirante. Neste ponto, parte da grade antiescalada será substituída por vidro. As pistas da ciclovia serão de sentido único: uma para Vitória e uma para Vila Velha.

Ampliação da capacidade

Além da ciclovia, a Terceira Ponte ganhará mais uma faixa em cada sentido, ficando com seis faixas no total. Assim, a capacidade de fluxo de veículos na ponte será aumentada em torno 40%. Hoje, a ponte tem quatro pistas, sendo duas para cada sentido.

Para a inclusão das novas faixas, as pistas existentes ficarão mais estreitas e as proteções central e laterais também serão estreitadas. As pistas laterais serão de uso exclusivo de transporte coletivo e passarão a ter 3,10 metros cada. Já as pistas no meio serão para automóveis e terão 2,80 metros cada. A simulação do projeto mostrou eficiência e melhoria do trânsito em todos os horários.

Números da obra

Extensão total da Terceira Ponte: 3.339 metros
Largura atual do tabuleiro da Terceira Ponte: 18,3 metros
Largura do tabuleiro da Terceira Ponte após as intervenções: 19,5 metros
Largura do tabuleiro da Terceira Ponte + Ciclovia da Vida: 25,5 metros
Quantidade de faixas de rolamento atualmente: 4
Quantidade de faixas de rolamento após as intervenções: 6
Número aproximado de funcionários no pico da obra: 240
Quantidade de aço da estrutura metálica: 3.000 toneladas
Valor do investimento: R$ 127 milhões
Prazo de execução: maio de 2023

Comentários Facebook
Propaganda

Grande Vitória

Governador autoriza reforma de escola estadual no município da Serra

Publicados

em

 

O governador do Estado, Renato Casagrande, autorizou, nesta sexta-feira (03), o início das obras de reforma e ampliação da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Getúlio Pimentel Loureiro, no município da Serra. Com investimento de R$ 13,5 milhões, a unidade passará dos atuais 1.153,27 metros quadrados de área construída para 5.498,81 metros quadrados. As obras serão executadas pelo Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES).

Localizada no bairro Jardim Guanabara, a Escola Estadual Getúlio Pimentel Loureiro será contemplada com sala de leitura, quadra de esportes, auditório, dois laboratórios de informática, sala multiuso, laboratório de química/biologia, laboratório física/matemática, 16 salas de aula, pátio coberto, sala de artes, ambiente administrativo e refeitório. A previsão é de que as obras sejam concluídas em 2024.

Durante a solenidade, o governador destacou a importância de mais esse investimento na área da educação. “Recebi três mensagens de crianças que me deixaram muito emocionado ao chegar aqui. Comemorar meu aniversário fazendo uma entrega que irá mudar o ambiente desta escola me deixa muito feliz. Gosto de realizar ações que mudam a vida das pessoas e essa obra vai mudar a realidade dos alunos, da comunidade escolar e de toda essa região. O município de Serra merece uma obra maravilhosa dessas”, disse.

A diretora da unidade, Rosangela Maria Massariol, falou sobre a emoção em receber essa obra de reforma e ampliação. “Queria demonstrar minha satisfação e alegria por estar vivenciando esse momento ímpar. O governador tem sido destaque com inúmeros investimentos. A educação capixaba é referência nacional. Agora estamos recebendo essa obra de grande representatividade que trará muito impacto para toda a comunidade”, disse.

“Essa é a terceira escola que estamos dando Ordem de Serviço para início da reforma nos últimos dias e ainda virão outras nas próximas semanas. Investir na educação é garantir o futuro das nossas crianças e valorizar o trabalho dos professores. Todos nós ficamos muito felizes de fazer parte disso”, completou o diretor-presidente do DER-ES, Luiz Cesar Maretto.

Também estiveram presentes a vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes; o secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo; o prefeito da Serra, Sérgio Vidigal; os deputados estaduais Coronel Alexandre Quintino, Alexandre Xambinho, Bruno Lamas e Vandinho Leite; o diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito (Detran|ES), Givaldo Vieira; além de vereadores e lideranças locais.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana