conecte-se conosco


Estado

Observatório Digital da Socioeducação traz ranking de atos infracionais

Publicados

em

A partir desta quinta-feira (14), o Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases) disponibiliza em sua plataforma de dados novas informações sobre o sistema socioeducativo capixaba. O Observatório Digital da Socioeducação agora passa a conter também o ranking dos atos infracionais cometidos pelos adolescentes que ingressam nas unidades do Instituto.

Este é mais um passo na busca pela integralidade na transparência dos dados do Instituto, como destacou o diretor-presidente do Iases, Bruno Pereira Nascimento. “O acesso à informação pela sociedade capixaba deve ser cada vez maior. O Observatório Digital da Socioeducação contribui não só para o acesso público e transparente às informações do Instituto, mas também para o avanço de pesquisas e estudos na área”, afirmou.

A nova informação torna a plataforma de dados ainda mais completa e reforça a atuação do Iases no caminho da transparência e na garantia do acesso à informação. O Instituto é o pioneiro da administração pública neste tipo de ferramenta.

No ranking, constam o percentual de adolescentes que ingressaram no Iases pelo cometimento de atos infracionais análogos a crimes contra o patrimônio, contra a pessoa, Lei Antidrogas, Estatuto do Desarmamento, entre outros. A plataforma também mostra a porcentagem das tentativas e as informações são atualizadas mensalmente.

Ao clicar no ato infracional, o sistema mostra o perfil do adolescente que ingressou no Iases em razão do cometimento do referido ato: Idade, raça/cor, sexo, motivo de entrada, escolaridade.

Segundo a subgerente de Informação e Análise de Dados do Iases, Kelly Cristina Pereira, a informação sobre os atos infracionais agrega na análise do perfil do adolescente e contribui para o trabalho de pesquisadores e outras instituições. “Esta era uma informação frequentemente demandada pela comunidade e pelo Sistema de Garantia de Direitos: Defensoria Pública, Ministério Público e Poder Judiciário. A divulgação no site otimiza a atuação destas instituições e complementa o perfil do adolescente/jovem em atendimento socioeducativo no Iases”, disse.

Observatório Digital da Socioeducação

Lançado no dia 05 de julho, o Observatório Digital da Socioeducação é o sistema de “Business Intelligence” (BI) do Iases, que torna público os dados do sistema socioeducativo capixaba. A ferramenta foi desenvolvida em parceria com o Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Espírito Santo (Prodest). É possível, de forma interativa e organizada, dentre outras informações, consultar o histórico e os dados atualizados sobre o quantitativo de adolescentes acautelados, além do mapeamento dos atos infracionais por município, em todo o Estado. A ferramenta tem oito filtros de pesquisa: residência, comarca, idade, motivo do ingresso no sistema socioeducativo, raça/cor, sexo, escolaridade e data.

Clique aqui para acessar o Observatório Digital da Socioeducação.

 

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação do Iases
Carolina Alvarenga
(27) 3636-5484
[email protected] | [email protected]

 

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Academia de Gestão Municipal: Governo abre inscrições para capacitação gratuita de prefeitos e equipes técnicas

Publicados

em

 

Com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da gestão das atividades desempenhadas pelos municípios capixabas, o Governo do Estado abriu inscrições para capacitação gratuita on-line sobre temas diversos de interesse das Administrações Municipais. O curso é voltado para prefeitos e equipes técnicas.

Segundo o secretário chefe da Casa Civil, Davi Diniz de Carvalho, o objetivo do Executivo Estadual é oportunizar aos gestores municipais capacitação em áreas estratégicas para que possam superar com êxito os desafios da administração pública. Entre os módulos disponíveis estão: Planejamento Público, Educação Fiscal, Captação de Recursos, Controle e Transparência na Gestão Municipal, Educação, Saúde e Gestão de Riscos na Pandemia.

“O curso oferece conteúdo robusto, contemplando todas as áreas de atuação, e será ministrado por docentes com elevada qualificação nos temas abordados. Estamos disponibilizando o melhor em ferramentas científicas, dando a nossa colaboração para melhorar a qualidade das administrações públicas em nosso Estado”, afirma.

Aulas

A capacitação terá início no próximo dia 29 de abril e será oferecida em módulos, com aulas às terças e quintas-feiras, das 9h às 12 horas. As inscrições podem ser feitas no site https://eventos.congresse.me/agm.

A Academia de Gestão Municipal é uma iniciativa que envolve o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), a Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp), as Secretarias da Casa Civil, de Economia e Planejamento (SEP),  de Gestão e Recursos Humanos (Seger), da Fazenda (Sefaz), o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), o Tribunal de Contas do Espírito Santo e a Associação dos Municípios do Estado do Espírito Santo (Amunes), entre outros parceiros.

Desenvolvimento regional

O diretor-presidente do IJSN, Daniel Cerqueira, destaca a importância do projeto para o desenvolvimento regional do Espírito Santo. “O desenvolvimento regional sustentável passa pela qualificação dos gestores públicos municipais. Nesse sentido, a Academia de Gestão Municipal objetiva capacitar os novos prefeitos e secretários e dotá-los de ferramentas para vencer os grandes e complexos desafios da gestão municipal na modernidade”, explica.

Cerqueira reforça ainda as parcerias que viabilizaram a proposta, além da excelência do corpo docente da Academia. “Nesse sentido, contamos com o apoio de grandes especialistas lotados em vários órgãos do Governo do Estado e do TCE-ES, que atuarão como professores, a fim de induzir a qualificação e a gestão científica baseada em métodos e em evidências”, salienta.

“É uma honra para a Escola de Serviço Público participar dessa ação inédita de capacitação de gestores municipais. A gestão municipal cada vez mais qualificada levará serviços de qualidade para os nossos cidadãos”, frisou a diretora da Esesp, Nelci do Belém Gazzoni.

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana