conecte-se conosco

Nacional

‘Onde está o presidente? Onde está o governador?’, desabafa tia de Ketellen

Publicado

source
Ketellen arrow-options
Arquivo da família

Ketellen foi atingida por bala perdida durante tiroteio

Ketellen Umbelino de Oliveira Gomes, de 5 anos, foi levada da capela até a sepultura, na tarde desta quinta-feira (14), no Cemitério do Murundu, em Realengo. Cerca de cem pessoas acompanharam o cortejo, embaixo de chuva, ao som de uma música que pedia “acalma o meu coração”.

Leia também: Witzel diz que violência no Rio está no patamar de ‘Nova York, Paris e Madrid’

Pai de Ketellen , Augusto Alves de Oliveira carregou o caixão da menina. Amparada, a mãe da criança usava uma camiseta com uma foto da filha e os dizeres: “Keke, nós te amamos”. Pouco antes do cortejo, uma tia de Ketellen desabafou sobre a insegurança e a violência que tirou a vida da sobrinha: “Onde está o presidente? Onde está o governador?”

Nesta terça-feira, Ketellen seguia para Escola Municipal Stella Guerra Duval acompanhada com a mãe quando foi atingida na perna durante um tiroteio na Rua Paula Neri, na localidade conhecida como Praça da Cohab. De acordo com a polícia, criminosos passaram em um carro e efetuaram disparos contra Davi Gabriel Martins do Nascimento, de 17 anos, que se encontrava no local, tinha envolvimento com o tráfico de drogas e era o alvo dos bandidos.

Leia mais:  Jacaré é encontrado em quintal de casa após fortes chuvas em Salvador

Leia também: Witzel lamenta morte de criança e crítica Bolsonaro: ‘Falta combatitividade’

A tia-avó da menina contou que a criança, ao ser ferida, pediu à mãe que não chorasse. Ketellen é a sexta criança morta com bala perdida em 2019. Além dela, morreram da mesma forma Ágatha Félix, de 8 anos (vítima de uma bala perdida no Alemão), Kauê dos Santos, de 12 anos (baleado durante operação policial no Chapadão), Kauê Rozário, de 11 anos (atingido por bala perdida na Vila Aliança), Kauan Peixoto, de 12 anos (morto durante um confronto entre policiais e bandido na favela da Chatuba, em Mesquita) e Jenifer Gomes, de 11 anos (baleada em Triagem).

Até setembro, a polícia não havia identificado a autoria de nenhum dos casos citados.

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Papai Noel aparece excitado ao tirar foto com criança de 10 anos no colo

Publicado

source
Menina sentada no colo do Papai Noel arrow-options
Reprodução

Homem fantasiado não queria deixar menina de 10 anos sair do colo dele

Um Papai Noel que trabalhava em um shopping na cidade de Contagem , em Minas Gerais , foi demitido nesta quarta-feira (11) após parecer excitado enquanto tirava fotos com uma menina de 10 anos que estava sentada em seu colo. O homem teve seu contrato rescindido após a mãe da garota fazer uma denúncia nas redes sociais.

Em seu perfil no Facebook, a mãe disse que a filha pediu para tirar a foto com o Papai Noel e, depois, o homem não deixava que a menina saísse de seu colo. “Ele ficava a segurar a menina e não queria soltar. Ele ficava virando ela de uma perna para para outra até que eu puxei ela”, escreveu a mãe.

Apesar do relato da mãe, a Polícia Civil informou que não foi feito nenhum registro contra o homem porque não há prova de má conduta por parte dele. Ele também não foi localizado para comentar a denúncia.

Leia mais:  R$ 1,7 milhão! PF faz apreensão recorde de euros em aeroporto de Pernambuco

Leia também: Professora é demitida após falar para crianças que Papai Noel não existe

O shopping informou que contratou uma empresa especializada para que esta fornecesse um personagem ‘Papai Noel’ para o período natalino. “Tomando conhecimento da denúncia, o Big Shopping proibiu a continuidade dos serviços contratados do referido ‘Papai Noel’. Na oportunidade lamenta o episódio, e informa que as comemorações de Natal no Big Shopping prosseguem normalmente”, diz a nota do estabelecimento.

Segundo a assessoria de imprensa do estabelecimento, essa foi a primeira vez que o homem prestava serviço a eles porque o profissional que estava acostumado a atuar nesse período teve problemas de saúde neste ano. Quanto à empresa terceirizada, o shopping não quis divulgar o nome, mas informou que ela também foi contratada pela primeira vez.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana