conecte-se conosco


Polícia

Operação Frisson: MPES cumpre 25 mandados de busca e apreensão contra o jogo de bicho na Grande Vitória

Publicados

em

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), com o apoio da Polícia Militar e da Polícia Federal, deflagrou nesta terça-feira (28) a Operação Frisson com o objetivo de desarticular e colher provas relativas à atuação de organização criminosa constituída para lavagem de valores provenientes, direta e indiretamente, da exploração de loteria denominada jogo do bicho no município de Vila Velha-ES, predominantemente, e em outros municípios da Grande Vitória, com potencial contribuição de agentes públicos, mediante pagamento de vantagem indevida e terceiros beneficiários.

A operação consiste, inicialmente, no cumprimento de 25 mandados de busca e apreensão, sendo 21 em Vila Velha, 3 em Vitória e 1 em Cariacica, emitidos pelo juízo da 6ª Vara Criminal de Vila Velha. Residências e empresas dos investigados são alvos das ações.

Ao todo, quatro membros do Ministério Público coordenam os trabalhos, auxiliados por 29 agentes do Gaeco, policiais militares e policiais federais, que, a partir da agora, vão analisar conjuntamente documentos, computadores, dados e depoimentos de investigados e testemunhas que serão colhidos nas próximas semanas.

Os crimes investigados estão previstos na lei nº 12.850/13 (organização criminosa), lei n. 9.613/98 (lavagem de dinheiro), além de corrupção ativa e passiva.

Comentários Facebook

Polícia

Criança de 7 anos morre após escorregar e bater cabeça em escada na Serra, de acordo com os pais

Publicados

em

Por

Uma menina de sete anos, que não teve o nome revelado, morreu dentro de casa na noite desta quinta-feira (11) em Nova Almeida, na Serra. De acordo com os pais da criança, ela escorregou em um balão cheio de água e, ao cair, bateu com a cabeça em uma escada.

Em depoimento, a mãe da menina, que preferiu não se identificar, disse que ela estava brincando com o irmão em casa quando o acidente aconteceu. A mãe não presenciou a queda, mas chegou a conversar com a filha e a levá-la para um pronto atendimento. Mais tarde, a equipe médica comunicou à família que a criança havia morrido.

Os pais foram levados à Delegacia de Homicídios para prestar depoimento. Depois, foram liberados para acompanhar o corpo no Departamento Médico Legal (DML), em Vitória.

A Polícia Civil informou que, a princípio, o caso foi registrado como morte acidental e o procedimento foi encaminhado para a Divisão de Homicídio e Proteção à Mulher (DHPM), que aguarda o resultado dos exames para definir se haverá instauração de inquérito.

Fonte: G1

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana