conecte-se conosco

Agronegócio & Turismo

Ouvido tampado e zumbidos? Saiba como ter menos incômodos durante o voo

Publicado

source

Não é difícil sentir os ouvidos tampados ou sensações de zumbido quando estamos viajando de avião. Isso acontece por conta da altitude elevada e, para as pessoas com deficiência auditiva, o desconforto pode ser ainda maior. Por isso, saiba algumas dicas para você não ter incômodos no ouvido durante os voos:

Leia mais: Dor de ouvido no verão? Conheça os riscos e saiba como evitar problemas

É comum sentir o ouvido arrow-options
shutterstock

É comum sentir o ouvido “tapado” ou zumbidos nos ouvidos durante as viagens de avião

1. Bocejar, engolir saliva e mastigar chicletes

De acordo com a fonoaudióloga Marcella Vidal, da Telex Soluções Auditivas, os velhos truques de bocejar, engolir saliva e mastigar chicletes realmente ajudam a ‘ desentupir os ouvidos ‘.

Ela explica que esses exercícios podem ser feitos por todos e que eles ajudam a fazer a Trompa de Eustáquio (canal que liga a orelha média à faringe) abrir e fechar. Isso faz com que seja possível manter o equilíbrio da pressão do ar entre os dois lados da membrana do tímpano, causando alívio.

O otorrinolaringologista Gustavo Gosling comenta que a mudança da pressão atmosférica causa um desequilíbrio entre o ar que está dentro dos ouvidos e o ar do ambiente, ainda que as cabines sejam pressurizadas. “Isso causa uma distenção da membrana timpânica, responsável por gerar o abafamento temporário da audição”, afirma.

2. Usar sprays nasais

Segundo Gustavo, quem controla a passagem do ar e equilibra a pressão é a tuba auditiva, um canal que conecta o nariz ao ouvido. Quando as pessoas estão com o nariz entupido, portanto, têm mais dificuldade em descomprimir o ouvido .

Isso pode causar dor intensa, surdez mais prolongada e até perfuração do tímpano. Além disso, os voos já favorecem problemas nasais, pois a queda da umidade provoca o ressecamento das mucosas das vias aéreas e compromete a proteção natural do nariz.

Leia mais: Como economizar em viagens

Assim, casos de rinites alérgicas, asma e infecções virais e/ou bacterianas são facilitados, bem como sangramentos nasais, garganta seca e dor de cabeça. O ideal é beber muita água e utilizar sprays nasais para desobstruir a passagem até os ouvidos.

3. Tampar o nariz e os lábios, forçando a ventilação interna

Uma das formas de “forçar” o ar a circular internamente é tampando o nariz e os lábios, realizando a famosa “manobra de Valsalva”.

Esse exercício aumenta a pressão intratorácica, alivia as dores nos ouvidos e costuma ser muito utilizado por mergulhadores. 

4. Fique longe dos motores!

Se for possível, o indicado é escolher assentos que fiquem o mais distante possível dos motores

Ainda que aviões mais modernos sejam mais silenciosos, motores ainda fazem barulho e podem ser incômodos aos ouvidos, como lembra Marcella.

Dicas para quem usa aparelhos auditivos

Pessoas que utilizam aparelhos auditivos podem sofrer mais com incômodos nos ouvidos durante os voos arrow-options
shutterstock

Pessoas que utilizam aparelhos auditivos podem sofrer mais com incômodos nos ouvidos durante os voos


Quem usa os aparelhos auditivos também pode seguir algumas dicas para se sentir mais confortável no avião. Veja detalhes: 

1. Assento ideal 

Para quem tem problemas de audição, o ideal é escolher um assento na lateral do avião, do lado oposto à orelha que escuta melhor. Por exemplo: se você escuta melhor com a orelha direita, deve optar por um lugar na janela da fileira esquerda. 

Assim, você ouvirá melhor e será mais fácil escutar as recomendações e serviços dos comissários de bordo.

2. Uso normal dos aparelhos

Se você faz uso de algum aparelho auditivo , pode utilizá-lo normalmente durante o voo. Mas eles podem e devem ser retirados no caso de incômodos, desconforto e dores devido à rápida mudança de altitude.

Geralmente, essas dores acontecem quando o avião atinge entre 10 e 12 mil metros de altura. 

Uso incorreto de fone de ouvido pode levar à perda total de audição; entenda

3. Não esquecer desumidificador e bateria

Não esqueça de levar o desumidificador e um bom estoque de bateria para os aparelhos auditivos. Desse modo, você garante uma audição adequada durante toda a viagem. 

Fonte: IG Turismo

Comentários Facebook
publicidade

Agronegócio & Turismo

Você pode pegar vírus num cruzeiro? Entenda como é a limpeza dos navios

Publicado

source

A epidemia do novo coronavírus (COVID-2019) na China tem espantado o mundo. Casos foram diagnosticados em outros países e até em navios de cruzeiro. Um deles, o navio Diamond Princess, está atracado no Japão desde o dia 03 de fevereiro com 542 pessoas infectadas a bordo – até esta terça-feira (18).

Leia também: O planejamento faz viagem de cruzeiro sair 30% mais barata

limpeza arrow-options
shutterstock

A limpeza interna de navios de cruzeiro é bem rigorosa

O confinamento e a aglomeração de pessoas dentro de navios de cruzeiro pode ser um prato cheio para a proliferação de um vírus. Mas como evitar esse problema? Um ex-membro da tripulação de um cruzeiro fala ao Express como são feitas as limpezas no navio, e saber tais detalhes vai aliviar a mente de quem tem viagem marcada nos próximos meses.

“Trabalhei em um navio por dois verões e poderia responder a muitas perguntas, mas os padrões de limpeza são muito altos. Existe uma organização na qual não consigo lembrar o nome que visita os navios aleatoriamente para verificar a limpeza e, se o navio não atender aos padrões, não poderá navegar”, comenta o ex-tripulante.

“Eu trabalhava no centro de atividades infantis e, no último dia de cada cruzeiro, realizávamos uma limpeza especial de duas horas com uma certa solução de limpeza em literalmente todos os cantos. Os brinquedos são limpos a vapor, os que tem pequenos orifícios são lavados à mão, os com muitas fendas são limpos com cotonetes e etc”.

Quem também comenta sobre o assunto é Brain David Bruns, escritor do livro “Cruise a la Carte”. Em sua publicação, ele, que também já trabalhou em navios, conta que, apesar das regras rigorosas de limpeza, alguns hóspedes cuidam eles mesmos da “luta contra os germes”.

“Muitos convidados de cruzeiro entram em sua cabine e limpam prontamente todas as superfícies, como interruptores de luz, maçanetas, torneiras e telefone, com lenços desinfetantes; “, explica.

Brian ainda diz que o esforço é desnecessário “Todo porto doméstico, comissários de quarto desinfetam todos os itens de alto toque na cabine, especialmente no banheiro. Os banheiros têm cerca de 400 vezes menos bactérias do que a sua mesa de escritório”, finaliza.

Leia também: Quais são as melhores companhias de cruzeiro em 2020?

Com esses depoimentos, dá para ficar mais tranquilo em relação ao novo coronavírus em navios de cruzeiro.  Se evitar as áreas afetadas e tomar os cuidados pessoais de higiene, dentro de um navio você não irá pegar nenhum vírus.

Fonte: IG Turismo

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana