conecte-se conosco


Cidades

Pais em alerta com Momo ensinando suicídio em vídeos infantis no Youtube Kids

A personagem Momo, que aparece em meio à vídeos infantis ensinando às crianças a cometerem suicídio, voltou ligar o alerta dos pais. Segundo relatos, a boneca de aparência assustadora que burla algorítimos surge em canais do Youtube Kids, dá passo a passo como os pequenos devem se auto-mutilar e faz ameaças a quem não cumpre com o […]

Publicados

em

A personagem Momo, que aparece em meio à vídeos infantis ensinando às crianças a cometerem suicídio, voltou ligar o alerta dos pais. Segundo relatos, a boneca de aparência assustadora que burla algorítimos surge em canais do Youtube Kids, dá passo a passo como os pequenos devem se auto-mutilar e faz ameaças a quem não cumpre com o “pacto”. Além da repercussão em outros países, uma mãe brasileira relatou que a filha viveu o terror. 

“Um alerta muito, mas muito sério … a tal da #momo voltou a aparecer agora no meio de vídeos de #slimes que são os que as crianças mais vêem! Soube que a Bia estava com medo há tempos após nossa conversa Conversem com.seus filhos pelo amor de Deus”, escreveu a produtora de conteúdo Juliana Tedeschi. 

Slimes são vídeos onde crianças aprendem a brincar com massinhas gelatinosas, que é uma febre entre crianças. Segundo os relatos, no meio dos conteúdos a boneca Momo tem surgido e dado as ordens e ensinamentos para o suicídio. Entretanto, a personagem também tem aparecido em desenhos animados muito populares, como Pepa Pig e Baby Shark. 

“Estão ensinando a usar faca, gilete, a esfaquear papai e mamãe, ensinando como cortar os pulsos. Tomem cuidado mesmo. No final ainda diz que se você não fizer a brincadeira, vai pegar quando estiver dormindo”, relata a influenciadora digita e dona do canal Arquiteta e Mãe, Dri Pierantoni. Ela revela relatos de pais que disseram que os filhos começaram a falar que querem ‘estrangulariam o irmão’, entre outros comportamentos violentos, após terem acesso a Momo.

No fim de fevereiro, até mesmo a socialite Kim Kardashian se manifestou sobre os vídeos, cobrando um posicionamento do YouTube. “Cuidado! Isso acabou de ser enviado para mim sobre o que tem sido inserido no YouTube Kids”, escreveu.

Em agosto do ano passado, os casos envolvendo a Momo ganharam grande repercussão. Em Pernambuco, uma adolescente de 13 anos cortou os pulsos após ser ameaçada pela boneca Momo. Segundo informações da época, ela adicionou Momo no início do mês e vinha conversando com ela ao longo dos dez dias que se seguiram.

Na Argentina, uma menina de 12 anos teria se suicidado e a suspeita é de que ela tenha sido influenciada pelo jogo Momo. Os especialistas analisam imagens onde se pode ver a menina seguindo certos passos que alguém indicava no celular, até que ela se auto-asfixiasse, amarrando um lençol em volta do pescoço e se enforcando. As informações são do jornal argentino Diario Popular.

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Defesa Civil Nacional repassa R$ 96,4 mil para o município de Alegre

Publicados

em

Por

Casa destruída após queda de muro em Alegre. Um homem morreu - Foto: Reprodução / Redes Sociais

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), autorizou o repasse de R$ 96,4 mil para ações de defesa civil na cidade de Alegre, no Espírito Santo. A portaria foi publicada nesta sexta-feira (24) no Diário Oficial da União. A cidade capixaba sofreu com chuvas intensas e usará o recurso para a reconstrução de uma ponte. A ação beneficiará cerca de 29,5 mil pessoas.

Em todo o País, estados e municípios atingidos por desastres e que já tenham obtido o reconhecimento federal de situação de emergência ou de estado de calamidade pública podem solicitar recursos do MDR para atendimento à população afetada. As ações envolvem restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados.

A solicitação deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). Com base nas informações enviadas, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do montante a ser liberado.

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana