conecte-se conosco

Cidades

Pais podem acompanhar dados escolares dos alunos da rede municipal pela internet

Publicado

Lançamento do Portal do Aluno e do aplicativo [email protected] foi realizado nesta quinta (7)
Foto: Márcia Leal

Na tarde desta quarta-feira (6), a Secretaria Municipal de Educação (Seme) de Cachoeiro realizou o lançamento oficial do Portal do Aluno. A cerimônia aconteceu no auditório da escola municipal “Zilma Coelho Pinto”, no bairro Ferroviários, e contou com a presença do prefeito Victor Coelho, da secretária de Educação, Cristina Lens, e de representantes das unidades de ensino da rede municipal, da empresa de Tecnologia da Informação de Cachoeiro de Itapemirim (Dataci) e do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes).

O instrumento virtual foi desenvolvido pela Dataci, como parte do sistema de gestão escolar [email protected], e permitirá que pais ou responsáveis pelos estudantes da rede municipal de ensino acompanhem, em tempo real, as informações escolares como boletim, frequência, calendário acadêmico, grade curricular e horário das aulas. Será possível, também, fazer a solicitação de matrículas e rematrículas online.

Além de poderem acessar o portal de qualquer computador ou dispositivo com internet, por meio do endereço prefeitura.cachoeiro.es.gov.br/educaci/portalaluno, pais e alunos também poderão acompanhar as informações pelo aplicativo [email protected], disponível para download gratuito nas lojas de aplicativos de celular. A princípio, somente os aparelhos com sistema Android poderão baixar, no entanto, dentro de alguns dias, também estará disponível para iOS.

Leia mais:  Consulta pública da PPP de iluminação permanece no ar até sábado (9)

O aplicativo é resultado da parceira entre a prefeitura e o Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), desenvolvido pelo aluno Fernando Ribeiro, com orientação do professor Rafael Vargas Mesquita.

A secretária municipal de Educação, Cristina Lens, agradeceu às equipes responsáveis pelo desenvolvimento das ferramentas e reforçou a importância delas para as famílias e a comunidade escolar.

“Percebemos que o conceito de ‘cidade inteligente’ está sendo alcançado nas escolas da nossa cidade e essa tecnologia e suas muitas funcionalidades, certamente, ajudarão a vida dos profissionais da educação, dos alunos e familiares”, salientou.

“Com o Portal, o aluno poderá ter acesso a informações importantes e terá consciência de que a família e a escola também terão. Com isso, será um trabalho em equipe para que a ferramenta seja bem utilizada”, declarou o diretor da Dataci, Carlos Henrique Salgado.

Em seu pronunciamento, o prefeito Victor Coelho falou sobre o conceito de cidade inteligente e agradeceu o empenho dos envolvidos em tornar Cachoeiro mais desenvolvido, tecnologicamente.

“Ser inteligente é buscar resultados positivos, e é isso que desejamos para Cachoeiro: uma cidade que busca resolutividade. Porque, na verdade, não adianta ter muitas ferramentas tecnológicas, se não tiver respostas. Por isso, a participação de vocês, profissionais da educação do nosso município, é essencial para que isso dê certo. Queremos que essas e outras ferramentas funcionem para que Cachoeiro se torne, cada vez mais, referência”, completou.

Leia mais:  Praça de Fátima e Ponte de Ferro ganharão decoração natalina

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Apesar de mal avaliado, vargem-altense acredita na honestidade de João Altoé

Publicado

Apesar de mal avaliado em relação às promessas de campanha e a seu desempenho quanto a prefeito, João Altoé não é considerado corrupto pela população de Vargem Alta. O prefeito foi avaliado como não-corrupto por 26,75% do eleitorado, quanto somente 5,5% acreditam que o chefe do executivo seja corrupto. Neste quesito, 67,75% se abstiveram – não responderam ou não quiseram responder a questão.

A pesquisa, realizada entre os últimos dias 8 e 9 de novembro, constatou ainda que 39,5% dos vargem-altenses não acham o prefeito competente. Somado a este grupo estão 35,75% dos entrevistados que não quiseram responder o questionamento tampouco souberam abordar o tema. Dos ouvidos na pesquisa, 24,75%, porém, classificam Altoé como competente.

Outro tema da amostragem é em relação aos problemas do município e para 36% dos entrevistados, o prefeito João Altoé não conhece os principais problemas de Vargem Alta; Já 33,5% afirmam que o prefeito é conhecedor das necessidades da cidade, enquanto 30,5% não responderam a questão.

O levantamento foi realizado com base nos dados do último censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foram entrevistados 400 eleitores e a pesquisa tem margem de erro de 4,8% e confiabilidade de 95%. Foi feita com metodologia científica, elaborada por estatístico, que utilizou parâmetros como sexo, idade, renda, religião e locais onde residem os entrevistados. Em breve, divulgaremos o resultado da pesquisa eleitoral realizada em Vargem Alta, que aponta os principais nomes como prováveis candidatos à Prefeitura local.

Leia mais:  Itapemirim implanta projeto Papa Pilhas nas escolas para incentivar cuidados com o meio ambiente

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana