conecte-se conosco


Esporte

Palmeiras bate o Sport em casa

Publicados

em


Pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro 2021, o Palmeiras superou a equipe do Sport por 2 a 1 com gols de Luiz Adriano, aos 7 do segundo tempo, e de Felipe Melo, aos 35, após ter saído em desvantagem logo no início do prélio, com gol de Leandro Barcia aos 3 do primeiro tempo. Esta é a quarta vitória de virada do Verdão na temporada 2021: as outras foram em 23 de abril, sobre o Guarani, pelo Campeonato Paulista (2 a 1, com gols de Mateus Ludke,contra, e Willian Bigode), no Brinco de Ouro da Princesa; em 20 de junho, pelo Brasileiro contra o América-MG (2 a 1, ambos os gols de Willian Bigode), no Allianz Parque; e em 27 de junho, novamente pelo Brasileiro, contra o Bahia (3 a 2, após sair na frente com gol de falta de Scarpa, sofrer virada para 2 a 1, mas, em seguida, virar outra vez com Raphael Veiga e Breno Lopes), no Allianz Parque.

Clique aqui para ver a ficha técnica, estatísticas e tudo sobre o jogo!

Vale destacar, aliás, que o segundo gol do Verdão na partida, de Felipe Melo, foi o gol número 100 entre Palmeiras e Sport na história, pois, antes de entrar em campo, o Palmeiras acumulava 98 gols marcados contra o Leão da Ilha nos 65 jogos disputados anteriormente na história (agora são 66). No total destes 66 duelos já disputados, além dos 100 gols marcados (contra 73 sofridos), o Verdão venceu 35 vezes, empatou 12 e foi superado 19 vezes.

Além do gol 100 contra o Sport, o tento do Pitbull também teve outra marca histórica: foi o gol de número 400 do Verdão no Allianz Parque desde que a arena palmeirense fora inaugurada em 2014 – justamente contra o Sport, em 19 de novembro daquele ano. Quando entrou em campo para enfrentar o Leão da Ilha, o Alviverde somava 398 gols em sua casa com o formato atual (o 399 foi de Luiz Adriano e, portanto, o gol 400 foi do camisa 30). Além de 400 gols em casa, contra 170 que sofreu (em 215 jogos), o Maior Campeão do Brasil soma 137 vitórias, 42 empates e 36 derrotas.

Com a vitória, o Palmeiras melhorou ainda mais seu retrospecto ante o Sport: nas últimas dez vezes em que os clubes se encontraram (já considerando a desta noite), o Verdão perdeu só uma (em 2018, último revés sofrido para a equipe recifense) e venceu oito, além de um empate – agora o Verdão emplacou a terceira vitória seguida sobre o rival da vez.

O primeiro gol palmeirense da arena foi marcado por Henrique Dourado (ou Henrique Ceifador), no empate por 1 a 1 contra o Athletico-PR, em 07/12/2014, pelo Campeonato Brasileiro (aquele foi o segundo jogo da arena – no primeiro contra o Sport, 20 dias antes, o Verdão pontuou).

Já o centésimo gol foi anotado por Lucas Barrios, em duelo contra o Vitória-BA – triunfo palmeirense por 2 a 1 pelo Brasileirão de 2016. Por sua vez, o 200º tento foi marcado por Willian Bigode no empate por 1 a 1 contra o América-MG pela Copa do Brasil de 2018 (jogo que valeu classificação às quartas de final da competição). E o 300º gol fora marcado pelo meia Raphael Veiga, na goleada por 5 a 0 sobre o Bolívar-BOL, pela Libertadores de 2020, em 30 de setembro daquele ano.

Destaque individual também para Dudu. O Baixinho, ao ter atuado diante do Sport – deixou o gramado aos 44 do segundo tempo, dando lugar a Danilo Barbosa -, passou a integrar o top 10 dos jogadores que mais atuaram no estádio palmeirense em todos os tempos: hoje possui 140 partidas no local e, igualando as 140 partidas de Bianco Gambini (autor do primeiro gol da história do Verdão, em 1915) e Cléber (ídolo e zagueiro dos anos 90). Além de décimo na história do Parque Antarctica geral, ele já é o líder de partidas na era Allianz Parque (ou seja, desde que a arena – inaugurada em 2014 – possui essa configuração).

No que diz respeito ao número de vitórias, ele já aparece no top 10 da história do Palestra Italia, considerando todas as formas físicas que o estádio palmeirense já possuiu outrora: é o décimo colocado (primeiro só da era Allianz Parque), com 97 triunfos. Completam a lista: Bianco Gambini (9º, com 98 vitórias), Cléber (8º, com 105 vitórias), Carnera, zagueiro da década de 30 (7º com 106 vitórias), Junqueira, zagueiro dos anos 30 e 40 (6º, com 108 vitórias), Velloso (5º, com 110 vitórias), Galeano (4º, com 116 vitórias), Heitor, atacante das décadas de 10, 20 e 30 e maior artilheiro da história palmeirense até os dias atuais, com 327 gols (3º, com 122 vitórias), Ademir da Guia (2º da lista, com 125 triunfos) e o eterno goleiro Marcos (1º do ranking, com 135 resultados positivos).

fonte: https://www.palmeiras.com.br/pt-br/noticias/palmeiras-bate-sport-em-casa-pelo-brasileiro-e-vira-pela-quarta-vez-na-temporada/

Comentários Facebook
Propaganda

Esporte

Vasco é superado pelo Londrina e encerra a participação no Campeonato Brasileiro serie B 2021

Publicados

em


Jogando no Estádio do Café, o Vasco da Gama foi superado pelo Londrina por 3 a 0 pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com esse resultado, o Cruzmaltino encerrou a competição com 49 pontos e na 10ª colocação. O próximo compromisso da equipe só acontecerá em 2022, pelo Campeonato Carioca. O adversário da estreia será o Volta Redonda.

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

FICHA TÉCNICA

LONDRINA 3 X 0 VASCO

Campeonato Brasileiro – 38ª rodada

Local: Estádio do Café (PR)

Data: Domingo, 28/11/2021

Horário: 16h (Brasília)

Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa (PI)

Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Mauro Cezar Evangelista de Sousa (PI)

VAR: Marcio Henrique de Gois (SP)

Cartões Amarelos: Léo Matos (Vasco) / Saimon e João Paulo (Londrina)

Gols: Ricardo Graça 17’/1T (contra); Zeca 22’/1T; Caprini 1’/2T

VASCO DA GAMA: Lucão, Léo Matos, Leandro Castan, Ricardo Graça e MT (João Pedro); Bruno Gomes (Andrey Santos), Caio Lopes (Juninho) e Nenê; Jhon Sanchez (Figueiredo), Gabriel Pec (Laranjeira) e German Cano – Técnico: Fabio Cortez

LONDRINA: César, Córdoba, Saimon, Augusto e Eltinho; João Paulo (Jean Henrique), Jhonny Lucas (Bidía), Gegê (Celsinho) e Mossoró (Marcelinho); Caprini e Zeca (Roberto) – Técnico: Márcio Fernandes

fonte: https://vasco.com.br/vasco-e-superado-pelo-londrina-e-encerra-a-participacao-no-campeonato-brasileiro-2021/

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana