conecte-se conosco

Cidades

Para driblar a crise, Vargem Alta lançará a primeira moeda social eletrônica do ES

Publicado

Para beneficiar a população prejudicada pelas fortes chuvas do início deste ano e driblar crise financeira causada pelo fechamento do comércio por causa da pandemia do novo Coronavírus, a prefeitura vai lançar em breve a primeira moeda social eletrônica do estado.

A ideia do programa consiste, inicialmente, na disponibilização de um cartão de crédito no valor de R$ 100 para 500 moradores inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) que foram afetados pela inundação que destruiu o município em janeiro. A novidade custará R$ 50 mil por mês dos cofres públicos e será de uso exclusivo nos empreendimentos do município.

O executivo apostou num Projeto de Lei para fomentar a economia local e melhor a qualidade de vida dos moradores de baixa renda, como explica o secretário municipal de Finanças, Frederico Rodrigues Silva.
“Encaminhamos essa solicitação ao Legislativo para melhorar as vendas das nossas empresas prejudicadas pelo isolamento social e a qualidade de vida das pessoas carentes que foram lesadas pelas fortes chuvas, mas, em caso de sucesso, a ideia é expandir o uso para todos os moradores de Vargem Alta”.

Entusiasmado, o prefeito municipal João Atoé garante que a moeda social vai alancar a arrecadação do lugar.

“Tivemos um prejuízo de mais de R$ 22 milhões com as enchentes. Essa medida é importantíssima, é um modelo inovador no Espírito Santo no campo das finanças solidárias que possibilitará um aumento do desenvolvimento socioeconômico do município e do fortalecimento financeiro dos nossos comerciantes”.

Quem também aguarda otimista pela novidade é o presidente da Associação Comercial do município, Eugênio Agrizzi. Segundo ele, a enchente já tinha trazido, além da lama, muitas dívidas para os empresários e o isolamento social fez o faturamento das empresas cair pela metade.

“Sabemos que é necessário, mas esse fechamento do comércio fez com que perdêssemos 50% das vendas. Essa ideia é uma luz no fim do túnel, vai fazer com o dinheiro gire aqui, dentro da cidade”.
A moeda social eletrônica será implantada em Vargem Alta em breve, após a Câmara de Vereadores aprovar a pressuposição enviada pela prefeitura.

Fonte: Prefeitura Municipal de Vargem Alta

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Rua do Gilson Carone será interditada para obras

Publicado


.

A rua Djalma Manoel da Silva, no bairro Gilson Carone, será interditada por 10 dias, a partir de segunda-feira (27), para realização de obras de drenagem. Nesse período, condutores e ônibus do transporte coletivo usarão rotas alternativas, acessando ruas adjacentes.

De acordo com a Secretaria de Obras de Cachoeiro, depois dos serviços de implantação das manilhas, necessários para melhorar o escoamento da água da chuva naquela área, a via será pavimentada.

Executada por empresa contratada, a obra faz parte de um conjunto de melhorias no bairro, que também inclui serviços de contenção, drenagem e pavimentação nas ruas José Olímpio Gomes, Justino Francisco dos Santos, Francisco Rodrigues Almago, Geraldo Ambrósio “B” e Projetada. O investimento da Prefeitura nessas intervenções é superior a R$ 1 milhão.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana