conecte-se conosco

Carros

Passat GTS Pointer: um dos grandes esportivos nacionais

Publicado

source

A década de 80 foi uma época singular. Alguns dos melhores filmes foram produzidos. Séries de TV como Magnum PI, Super Máquina e Esquadrão Classe A enchiam nossas tardes com muitas aventuras e enredos realmente interessantes, que prendiam o telespectador de maneira incrível.

LEIA MAIS: Ford Pampa: picape que deixou saudades no Brasil

No Brasil o período marca também a volta da democracia com o movimento das Diretas Já e a redemocratização após 19 anos de regime militar. Mas é no aspecto automotivo que ele foi um dos mais marcantes de nossa história, afinal tínhamos verdadeiros esportivos nas ruas.

Já falei aqui na coluna sobe o Passat TS . Ele é um dos carros que mais gosto. E isso tem uma razão afetiva que começou na infância. Cresci andando a bordo de exemplares diferentes durante alguns anos e isso foi bastante positivo para a formação da minha personalidade automotiva.

LEIA MAIS: Monza SL/E traz rara combinação monocromática e carburada

Em meados dos anos 70 o TS elevou o patamar dos esportivos nacionais. O projeto alemão trazia confiabilidade mecânica e desempenho excepcional para os padrões da época. Além disso o estilo com faixas pretas fazia muita gente torcer o pescoço nas ruas.

VW Passat GTS Pointer arrow-options
Renato Bellote/iG

VW Passat GTS Pointer esbanjava visual arrojado, tornando-se objeto de desejo da classe média alta

O seu sucessor chegou ao mercado em 1984. O GTS Pointer trazia uma herança esportiva e o espírito jovem, porém equipado incialmente com o mesmo motor de 1,6 litro não empolgou a princípio.

A questão foi resolvida no ano seguinte com a adoção do motor AP-800 que deu novo fôlego à versão. Mais do que isso o modelo recebia um novo layout, que rejuvenesceu seu estilo e, definitivamente, entrou na lista de desejos do brasileiro. Dirigibilidade excepcional desempenho superior ao do próprio irmão de linha, o Gol GT .

LEIA MAIS: Caravan Diplomata foi símbolo de requinte e status nos anos 90

O exemplar da matéria é de 1988, um dos últimos saídos da linha de montagem. Além do aspecto extremamente conservado traz um opcional raro: o ar-condicionado. E faz jus a tudo que escrevi nos parágrafos anteriores, ou seja, é diversão garantida ao volante. Nos vemos na semana que vem!

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
publicidade

Carros

Falta de baterias faz Audi interromper produção de veículos elétricos

Publicado

source

Olhar Digital

O E-tron será o primeiro veículo SUV da Audi à base de eletricidade arrow-options
Divulgação

O E-tron será o primeiro veículo SUV da Audi à base de eletricidade

Com o objetivo de resolver problemas de produção, a  Audi  interrompeu temporariamente a fabricação do E-Tron SUV, seu veículo elétrico. Uma das principais dificuldades enfrentadas pela empresa foi o fornecimento das baterias usadas pelos veículos.

LEIA MAIS: Nissan terá novo SUV global abaixo do Kicks; veja detalhes

Essa interrupção pode ser decisiva para os negócios da Audi, que se preparava para começar a investir no modelo que, aliado a uma proposta mais esportiva, poderia acirrar a competição pelo mercado de carros elétricos, dominado atualmente pela Tesla.

De acordo a um porta-voz da empresa, a produção foi interrompida na última quinta-feira (20), com previsão de ser retomada na próxima terça-feira (25). Ano passado, a Audi vendeu 26.400 mil carros elétricos – devido à interrupção, eles se recusaram a comentar as estimativas para este ano.

Esse não é o primeiro problema enfrentado pela linha E-Tron da Audi . No ano passado, a empresa teve de tirá-lo de circulação devido a problemas que poderiam causar o incêndio dos primeiros modelos.

LEIA MAIS: Veja como anda o novo Audi Q3 2020, com motor de 150 cv

Mesmo com a interrupção de produção, a empresa parece manter os planos para o lançamento de dois novos veículos elétricos este ano: o  E-Tron Sportback e o E-Tron GT. Ambos com arquitetura aprimorada em uma estratégia da empresa para tentar restaurar a vantagem tecnológica da marca.

Esse problema pode afetar diretamente a chegada do modelo ao Brasil. Anteriormente, a Audi anunciou que o veículo elétrico seria lançado por aqui em abril. Por enquanto, devemos esperar que a empresa se manifeste sobre a interrupção da produção e sobre as entregas previstas do carro. 

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana