conecte-se conosco

Cidades

Píeres e deques começam a ser reformados

Publicado

A Central de Serviços começou a recuperação de todos os píeres e deques do município. As obras visam garantir o bem-estar, o conforto e a segurança dos moradores e turistas em toda a orla de Vitória.

Na orla de Camburi, por onde a obra começou, serão substituídas todas as madeiras do piso dos deques. Já os bancos e pergolados serão reformados, bem como o píer de Iemanjá.

O píer de Jesus de Nazareth também ganhará reforma: a estrutura de concreto será recuperada e as madeiras do piso e os guarda-corpos serão substituídos.

No píer da Enseada do Suá, seu piso de concreto e seu guarda-corpo, que é de madeira, serão recuperados.

“Para deixarmos Vitória ainda mais linda e mais segura, a obra de píeres e deques da nossa capital começou ontem (22), devendo terminar até o fim de janeiro. Serão investidos em torno de R$ 3 milhões para a recuperação dos trechos nessa parte inicial da obra”, pontuou o secretário da Central de Serviços, Nathan Medeiros.

As obras são executadas com recurso do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), da Caixa Econômica.

Segunda parte da obra

O píer da Ilha das Caieiras será executado também. Conforme acordado com a comunidade, será feito um modelo de píer fixo. Contudo, será feito um novo contrato para englobar o modelo que atende o local.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Câmara Municipal de Cachoeiro de Itapemirim não terá recesso em julho

Publicado

por

A realização de sessões ordinárias na Câmara de Cachoeiro não será interrompida no mês de julho. O anúncio foi feito na sessão desta terça-feira (07) pelo presidente Alexon Soares Cipriano (Republicanos), que já determinou a publicação, no Diário Oficial, de ato da Mesa Diretora suspendendo o recesso parlamentar que ocorreria de 18 a 31 de julho.

O presidente explica que a ideia tem o apoio de todos os vereadores. A justificativa é que, logo no início da pandemia, a Câmara precisou paralisar as atividades em plenário para adequar-se às exigências sanitárias, especialmente o distanciamento social recomendado entre vereadores e servidores. Após quatro semanas, as sessões voltaram a ocorrer, mas pelo sistema de videoconferência, com transmissão pela internet.

“Suspendendo o recesso, compensaremos em parte o tempo que tivemos que utilizar para implantar as sessões eletrônicas”, diz Alexon. Além disso, afirma, o momento exige que a Câmara atue sem cessar na fiscalização do Executivo Municipal e na discussão e aprovação de medidas de enfrentamento à pandemia.

Fonte: Câmara Municipal de Cachoeiro de Itapemirim

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana