conecte-se conosco

Cidades

Plano Municipal de Redução de Riscos: Áreas em Vila Garrido são mapeadas

Publicado

De: Secretaria de Defesa Social e trânsito, Secretaria de OBRAS
Texto: Gustavo Andrade| Foto: Divulgação
Criado: 07 de novembro de 2019

A Prefeitura de Vila Velha está mapeando áreas de risco geológico existentes no município por meio do levantamento de informações e visitas de campo. O trabalho foi feito no bairro Vila Garrido nesta quinta-feira (07).

O mapeamento faz parte do Plano Municipal de Redução de Riscos (PMRR), que é coordenado pela Secretaria Municipal de Obras (Semob), com o auxílio da Secretaria de Defesa Social e Trânsito, por meio da Defesa Civil Municipal.

O levantamento dos dados já aconteceu na parte alta do bairro Jaburuna, e é uma medida preventiva para casos de deslizamento de terras ou pedras nas encostas.

Segundo Augusto Bandeira Filho, assessor adjunto da Defesa Civil do município, o trabalho de mapeamento é fundamental. "Estamos fazendo levantamento de potencial natural de erosão (PNE). É importante para estarmos tomando ciência das encostas e dos riscos", afirmou.

Antes de ir a campo, técnicos da Defesa Civil e da empresa Avantec Engenharia, contratada por licitação para elaborar o PMRR, promoveram encontros com moradores de 21 bairros, além de curso para técnicos e servidores de diversas secretarias.

Leia mais:  Setor de Parques e Jardins revitaliza dois canteiros da Jones dos Santos Neves em Cachoeiro

Com as áreas de risco mapeadas através do Plano Municipal de Redução de Risco, o município vai ter maior facilidade a captar recursos junto ao Governo Federal para execução dos projetos e obras que serão apontados pelo plano.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Apesar de mal avaliado, vargem-altense acredita na honestidade de João Altoé

Publicado

Apesar de mal avaliado em relação às promessas de campanha e a seu desempenho quanto a prefeito, João Altoé não é considerado corrupto pela população de Vargem Alta. O prefeito foi avaliado como não-corrupto por 26,75% do eleitorado, quanto somente 5,5% acreditam que o chefe do executivo seja corrupto. Neste quesito, 67,75% se abstiveram – não responderam ou não quiseram responder a questão.

A pesquisa, realizada entre os últimos dias 8 e 9 de novembro, constatou ainda que 39,5% dos vargem-altenses não acham o prefeito competente. Somado a este grupo estão 35,75% dos entrevistados que não quiseram responder o questionamento tampouco souberam abordar o tema. Dos ouvidos na pesquisa, 24,75%, porém, classificam Altoé como competente.

Outro tema da amostragem é em relação aos problemas do município e para 36% dos entrevistados, o prefeito João Altoé não conhece os principais problemas de Vargem Alta; Já 33,5% afirmam que o prefeito é conhecedor das necessidades da cidade, enquanto 30,5% não responderam a questão.

O levantamento foi realizado com base nos dados do último censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foram entrevistados 400 eleitores e a pesquisa tem margem de erro de 4,8% e confiabilidade de 95%. Foi feita com metodologia científica, elaborada por estatístico, que utilizou parâmetros como sexo, idade, renda, religião e locais onde residem os entrevistados. Em breve, divulgaremos o resultado da pesquisa eleitoral realizada em Vargem Alta, que aponta os principais nomes como prováveis candidatos à Prefeitura local.

Leia mais:  Jovem é morto com um balaço na testa em Cachoeiro

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana