conecte-se conosco

Polícia

PM cumpre mandado de prisão e apreende arma de fogo e drogas em Afonso Cláudio

Publicado

 

.

Nesta sexta-feira (31), durante “Operação Sentinela 4”, policiais militares da 2ª Cia Independente apreenderam uma arma de fogo, grande quantidade de drogas e realizaram a prisão de quatro indivíduos em Afonso Cláudio.

A operação teve início às 6h, no bairro São Vicente, com o cumprimento de um mandado de prisão de um homem de 38 anos, acusado de homicídio. Após ser detido, o acusado declarou aos policiais que estaria sofrendo ameaças e que por isso estaria andado armado. Perguntado sobre a localização da arma, ele declarou que a teria entregue a um comparsa. Os policiais localizaram o cumplice, que indicou o local onde se encontrava escondido um revólver calibre 38. A arma foi localizada e apreendida pelos policiais.

No mesmo horário, no distrito de Vila Pontões, zona rural do município, outra equipe de policiais cumpriu um mandado de busca apreensão domiciliar, que resultou na detenção de um casal e na apreensão de quase dois quilos de maconha, 394 gramas de crack, 12 papelotes de cocaína, 10 pedras de crack, quatro comprimidos de ecstasy, nove munições, uma espingarda de pressão e um simulacro de arma de fogo, além de R$ 1.240,00.

Os quatro indivíduos detidos e todo o material apreendido foram entregues na Delegacia de Polícia Civil de Afonso Cláudio.

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

BPMA apreende arma de fogo e animais silvestres durante fiscalizações pelo Estado

Publicado

 

.

Na manhã da última quinta-feira (30), policiais Batalhão da Polícia Militar Ambiental – BPMA durante fiscalização de denúncia em Córrego da Concordia, distrito de Piaçú, município de Muniz Freire, detiveram um homem com espingarda de carregamento manual, juntamente com um estojo de espoletas e um recipiente com pólvora. Ainda no local, foi encontrado um pássaro silvestre conhecido como “catatau” mantido em cativeiro em uma gaiola de madeira. O responsável foi conduzido juntamente com os materiais apreendidos até a delegacia de Muniz Freire e apresentado para autoridade policial competente para providências cabíveis.

Ainda na área de atuação da 4ªCia/BPMA, na última quarta-feira (29), policiais constataram a degradação de uma área de 2.799 m² de vegetação nativa da Mata Atlântica na região de Córrego do Perdido, zona rural de Ibatiba. As árvores derrubadas possuíam diâmetro de tronco entre 10 e 50 cm. Um homem de 30 anos foi responsabilizado pelo fato e vai responder por “impedir ou dificultar a regeneração natural de florestas e demais formas de vegetação”.

Já na região de Ibatiba, também na quarta-feira (29), militares do BPMA flagraram em uma residência na localidade de Água Limpa, diversas gaiolas de madeira, sendo constatados nove pássaros silvestres mantidos em cativeiro de forma irregular. Entre eles estavam cinco “trinca-ferros”, um “bigodinho”, um “coleiro”, um “tico-tico” e um “catatau”, este último considerado animal em risco de extinção. Foram apreendidas ainda quatro armadilhas para captura de pássaros: dois alçapões e duas redes batedeiras.  Uma pessoa foi responsabilizada pelo crime de ter em cativeiro pássaros da fauna silvestre sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente.

Neste mesmo dia, houve ainda duas ocorrências do BPMA envolvendo pássaros silvestres. Uma ao norte do estado, no município de Linhares/ES, onde policiais da 2ªCia/BPMA apreenderam 11 pássaros silvestres, sendo oito “coleiros”, uma “jandaia”, um “gaturamo” e um “papagaio”. Todo material apreendido foi encaminhado ao CEREIAS – Centro de Reintrodução de Animais Silvestres, em Aracruz, onde passarão por tratamento e posteriormente serão devolvidos a natureza. Foram lavrados cinco termos circunstanciados em desfavor dos responsáveis para que sejam tomadas as medidas judiciais cabíveis. A outra ocorrência foi na Grande Vitória, no município da Serra, onde os policias da 1ªCia/BPMA, durante patrulhamento pelo bairro porto Canoa, apreenderam 11 pássaros silvestres, dentre estes sete “coleiros”, mantidos em cativeiro sem autorização do órgão competente. Foram lavrados quatro termos circunstanciados em favor dos responsáveis nessa ocasião.

O BPMA adverte que manter animais silvestres em cativeiro sem a devida autorização dos órgãos competentes é crime, previsto no artigo 29 da lei de crimes ambientais (9605/98). Qualquer denúncia de crime ambiental pode ser feita através do número 181, ou pelo site https://disquedenuncia181.es.gov.br/.

Fonte: PM ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana