conecte-se conosco


Polícia

PM prende suspeitos e apreende de armas na Serra

Publicados

em

 

Nesse final de semana, as ações precisas dos militares do 6º Batalhão resultaram na detenção de suspeitos de cometerem crimes no município de Serra e na apreensão de armas de fogo, drogas e munições.

Uma das ações de destaque ocorreu na sexta-feira (30) quando equipes de Força Tática, juntamente com o serviço de inteligência da Unidade, prosseguiram ao bairro Divinópolis, com a informação de que criminosos envolvidos com o tráfico de drogas e com homicídios na região estariam nas imediações. Foi realizada uma operação com o apoio da Força Tática e da Equipe K9 da 14ª Cia Ind., além do NOTAer, resultando na detenção de seis suspeitos. Com os detidos foram apreendidas duas pistolas calibre 380, uma escopeta calibre 12, e uma metralhadora de fabricação caseira, além de 311 buchas de maconha, 66 pinos de cocaína, 69 pedras de crack e grande quantidade de munição.

No sábado (30), foi apreendido um revólver calibre 38 com quatro munições, além de 21 pedras de crack e 11 pinos de cocaína. O material foi encontrado em posse de um suspeito no bairro Serra Dourada III.

Em outra ação, também no bairro Serra Dourada III, militares realizavam o patrulhamento quando visualizaram um suspeito abandonando uma sacola e fugindo em direção a uma área de mata. Com o emprego do cão farejador Apollo foram localizados um tablete de maconha, 124 buchas da mesma substância e 43 pinos de cocaína.

Os detidos e os materiais apreendidos foram encaminhados a 3ª Delegacia Regional de Serra.

Comentários Facebook
Propaganda

Polícia

DPCA prende suspeito de estuprar a enteada por seis anos

Publicados

em

Por

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) prendeu um homem de 36 anos, suspeito de estuprar a própria enteada há seis anos. A prisão ocorreu, nessa quarta-feira (05), em cumprimento de mandado de prisão temporária expedido pela Justiça. O local exato da prisão, que ocorreu na Grande Vitória, não será divulgado para preservar a vítima.

O caso chegou ao conhecimento da Polícia Civil em fevereiro deste ano. As investigações apontaram que a menina, hoje com 13 anos, era molestada sexualmente desde os sete anos de idade, pelo padrasto. “De acordo com a investigação, os abusos aconteciam na residência da família. O padrasto se aproveitava da ausência da mãe para cometer a violência e ameaçava a vítima para que ela não contasse os fatos a ninguém”, relatou o delegado adjunto da DPCA, Diego Bermond.

Após seis anos sofrendo violência sexual, a vítima se mudou para casa de outro familiar, e todos os fatos vieram à tona. O delegado representou pela prisão temporária do investigado, que foi decretada pelo Poder Judiciário. Após os procedimentos de praxe, o capturado foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana (CTV). O Inquérito Policial segue em andamento na DPCA.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana