conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil recaptura criminoso em Vila Velha

Publicados

em

 

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha deflagrou, no último sábado (27), uma ação conjunta com a Guarda Municipal de Vila Velha e Diretoria de Operações Táticas da Secretaria da Justiça (DOT/Sejus), com objetivo de recapturar um homem evadido da Casa de Custódia de Vila Velha (CASCUVV), desde o dia 04 de março de 2020, e que estaria residindo no bairro Ilha das Flores, no município.

“Chegando ao local, chamamos pelo nome do evadido. Logo após, ouvimos barulhos de objetos sendo arremessados no terreno dos fundos. Na residência, estava uma mulher de 27 anos, que foi indagada sobre o fugitivo, informando que ele não estava em casa”, explicou o delegado responsável pela DHPP de Vila Velha, Tarik Souki.

De acordo com o titular da DHPP de Vila Velha, no interior da residência foi encontrada grande quantidade de dinheiro, além de entorpecentes e munições. No terreno ao lado, foram localizadas sacolas contendo mais entorpecentes, bem como duas armas de fogo, munições de diversos calibres e material para embalo e preparo de entorpecentes.

A mulher, que confessou ser esposa do fugitivo, foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo e encaminhada para a Penitenciária Feminina de Cariacica.

Comentários Facebook
Propaganda

Polícia

DPCAI de Linhares indicia detento por estupro de vulnerável durante saída temporária; jovem de 13 nos está grávida

Publicados

em

 

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente e ao Idoso (DPCAI) de Linhares concluiu a investigação sobre o estupro de uma adolescente de 13 anos e indiciou um interno do sistema prisional pelo crime de estupro de vulnerável. O suspeito tem 25 anos, cumpre pena pelo crime de roubo e cometeu o crime durante uma saída temporária. A adolescente está grávida e a gestação, já avançada, não pode ser interrompida, pois colocaria em risco a vida da menina.

“O caso chegou ao nosso conhecimento no dia primeiro de fevereiro, quando a adolescente de 13 anos nos relatou que foi estuprada por um preso, com benefício de saída temporária. Ela contou que o homem estava hospedado em casa de parentes na zona rural do município de Linhares e que, durante essa hospedagem, ele a violentou”, relatou a titular da DPCAI de Linhares, delegada Silvana Soeiro.

As investigações confirmaram o relato da menina e indicaram que o suspeito ainda ameaçou matar toda a família, caso a informação viesse a conhecimento público. No entanto, o segredo não foi mantido por muito tempo, pois a violência gerou uma gestação. Atualmente, a jovem está com cerca de seis meses de gravidez.

O suspeito tem diversas passagens criminais, por roubo e receptação. Agora, vai responder também pela prática de crime de estupro de vulnerável, com pena de 08 a 15 anos de prisão. “Mesmo com ele preso, representamos por mais uma prisão preventiva e pela manutenção da atual prisão. Dessa forma, seu regime de prisão regride e não será beneficiado com novas ‘saidinhas’”, afirmou a delegada.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana