conecte-se conosco

Nacional

Polícia Federal faz busca e apreensão contra vereadores de cidade da Paraíba

Publicado

source
Sede da PF em Cabedelo arrow-options
Divulgação

Sede da PF em Cabedelo, na Paraíba

A Polícia Federal cumpre nesta quarta-feira (4) mandados de busca e apreensão contra quatro vereadores de Cabedelo, na Paraíba, suspeitos de desviar recursos em contratos superfaturados com empresa responsável pela coleta de lixo. A ação faz parte da 6ª fase da Operação Xeque-Mate e conta com a participação de 20 agentes e quatro auditores da Controladoria Geral da União (CGU).

Leia também: Polícia Federal realiza operação contra tráfico de drogas em quatro estados

Os quatro vereadores foram afastados, por decisão judicial, dos seus cargos eletivos. As medidas foram determinadas pela 1ª Vara da Comarca de Cabedelo/PB. No total, são cumpridos 8 mandados de busca e apreensão nas residências dos parlamentares.

Leia também: Altos salários, pouco trabalho! Funcionários da Alerj recebem sem dar expediente

Os vereadores investigados poderão responder por organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e fraude licitatória. As penas, somadas, poderão chegar a mais de 30 anos de reclusão.

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Doria diz que “é cedo para falar sobre a volta” de Baldy

Publicado


source
João Doria
Agência Brasil

Governador também comentou as investigações contra José Serra e Geraldo Alckmin.

O governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que ainda “é cedo para falar sobre a volta” de Alexandre Baldy , secretário de Transportes Metropolitanos, ao governo. Declaração foi dada durante entrevista à Rádio Jovem Pan.

Na conversa, Doria disse que Baldy mostrou “competência e dedicação” em seu período no comando da pasta.

O tucano aproveitou ainda para comentar as investigações contra José Serra e Geraldo Alckmin, ambos do mesmo partido de Doria. “Espero que sejam inocentados, mas sem esconder e condenar investigação”, afirmou o governador.

Baldy pediu licença do cargo de secretário por 30 dias na última quinta-feira (6). O pedido foi feito depois dele ter sido preso temporariamente pela Polícia Federal (PF) em um desdobramento da Operação Lava Jato relacionado à área da saúde.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana