conecte-se conosco

Cidades

Prefeitura de Cachoeiro cadastra candidatos a padrinhos de crianças de instituições de acolhimento

Publicado

Quem deseja participar do projeto de Apadrinhamento “Construindo laços de afeto e cuidado”, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes) de Cachoeiro, já pode se candidatar para o próximo grupo de encontros e rodas de conversas dessa ação, que será iniciado em fevereiro.

O objetivo do projeto, regido pela lei Nº 7746, sancionada pelo prefeito Victor Coelho, no ano passado, é que pessoas, famílias e empresas possam contribuir para o desenvolvimento das crianças e adolescentes assistidos em instituições de acolhimento do município, seja a partir de convívio e experiências familiares, gerando vínculos afetivos seguros e duradouros, ou com apoio material, por meio do estímulo aos estudos, por exemplo.

O primeiro grupo de candidatos a padrinhos teve as atividades realizadas no fim do ano passado e um casal já obteve a autorização judicial para o apadrinhamento. De acordo com a Semdes, neste ano, 13 pessoas já se inscreveram.

Para se tornarem padrinhos ou madrinhas, os candidatos precisam: ser maiores de idade; ter residência fixa no município de Cachoeiro; apresentar disponibilidade para participar, efetivamente, da vida do afilhado, bem como das reuniões e oficinas com a equipe do projeto; permitir visitas técnicas em sua residência; e concordar com as normas estabelecidas pela proposta do apadrinhamento e a instituição de acolhimento.

Leia mais:  Gerência de Necrópoles atende em novo endereço

Os interessados devem procurar a sede da Semdes, na Ilha da Luz. Lá, serão informados sobre todas as etapas do projeto e as documentações necessárias para participar.

“O projeto de apadrinhamento veio somar. Contribui para que possamos construir e fortalecer os vínculos afetivos dessa classe de crianças que necessitam tanto do nosso apoio e carinho,” comenta a secretária de Desenvolvimento Social de Cachoeiro, Maria Aparecida Stulzer.

Modalidades de apadrinhamento

Padrinho afetivo – aquele que visita regularmente a criança ou o adolescente, buscando-o para passar finais de semana, feriados ou férias escolares em sua companhia;

Padrinho prestador de serviços – profissional ou empresa que, por meio de ações de responsabilidade social junto às instituições, se cadastre para atender às crianças e aos adolescentes participantes do projeto, conforme sua especialidade de trabalho ou habilidade, apresentando um plano de atividades;

Padrinho provedor – aquele que dá suporte material ou financeiro à criança ou ao adolescente, seja com a doação de materiais escolares, vestuário, brinquedos, seja com o patrocínio de cursos profissionalizantes, reforço escolar, prática esportiva, idiomas ou contribuição financeira para alguma demanda específica.

Leia mais:  Cachorro acorrentado é resgatado em Vila Velha

Mais informações pelos telefones 3511-3972 e 3155-5380.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Assistidos das unidades de Assistência Social participam da Tenda da Cultura

Publicado

De: Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Cultura
Texto: Érico Miranda| Foto: Divulgação
Criado: 21 de janeiro de 2020

Assistidos pelas unidades de Proteção Social Básica da Prefeitura de Vila Velha já estão curtindo diversas atividades da Tenda da Cultura, que foi aberta na sexta-feira (17) e ficará disponível ao público, na Praia de Itaparica, até o dia 16 de fevereiro.

A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) — em conjunto com a Secretaria Municipal de Cultura — informa que participarão das atividades da Tenda da Cultura, assistidos pelos Centros de Referência de Assistência Social (Cras); pelos Centros de Convivência do Idoso (CCIs) da Praia da Costa e de Cocal; e pelo Centro de Convivência da Pessoa com Deficiência.

As visitas começaram nesta terça-feira (21), com os assistidos pelo Cras do Centro. As atividades prosseguirão até o dia 14 de fevereiro. Confira abaixo o cronograma de participação das unidades da Semas na Tenda da Cultura, que está localizada na Avenida Estudante José Júlio de Souza.

Leia mais:  Transporte coletivo facilita acesso ao Pronto Atendimento Infantil

Artesanato e pintura

Na Tenda da Cultura (localizada na interseção da Avenida Estudante José Júlio de Souza com a Rua Itaiabaia) também serão expostos peças de artesanato produzidas nos grupo de convivência das unidades de Proteção Social Básica e banners com informações referentes aos serviços prestados pelos aparelhos públicos municipais de Assistência Social.

Também serão expostos os quadros pintados por pessoas em situação de rua assistidas no Centro Especializado para a População de Rua (Centro Pop), numa parceria entre a Semas/PMVV e o Programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas Trabalho).

Espaço

Na Tenda da Cultura, a população e os visitantes têm acesso a peças de teatro, apresentações musicais e outras atividades artísticas e culturais.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana