conecte-se conosco


Cidades

Prefeitura de Cachoeiro garante transporte escolar a crianças do residencial Otílio Roncete

A partir de segunda-feira (11), alunos da rede municipal de Cachoeiro que moram no residencial Otílio Roncete, no bairro Gilson Carone, terão transporte escolar gratuito oferecido pela Secretaria Municipal de Educação (Seme).  São 80 crianças e adolescentes, que serão atendidos com o serviço por estarem matriculadas em unidades de ensino localizadas em bairros mais distantes […]

Publicados

em

A partir de segunda-feira (11), alunos da rede municipal de Cachoeiro que moram no residencial Otílio Roncete, no bairro Gilson Carone, terão transporte escolar gratuito oferecido pela Secretaria Municipal de Educação (Seme). 

São 80 crianças e adolescentes, que serão atendidos com o serviço por estarem matriculadas em unidades de ensino localizadas em bairros mais distantes do conjunto habitacional. Eles estudam, pela manhã ou à tarde, nas escolas “Prof. Pedro Estellita Herkenhoff”, no bairro Waldir Furtado de Amorim, e “Prof. Deusdedit Baptista” e “Coramara”, ambas no bairro Coramara. 

Nesta sexta-feira (8), os estudantes receberam da Seme a carteirinha que garante o acesso ao serviço, que será feito com ônibus e motorista da própria secretaria. 

De acordo com a secretária municipal de Educação, Cristina Lens, o serviço será oferecido até que a ampliação das escolas municipais no bairro Gilson Carone seja concluída, gerando novas vagas que vão contemplar, também, esses estudantes.

“É um atendimento emergencial que vamos fazer, por compreendermos as dificuldades desses alunos e de suas famílias para se deslocarem, seja a pé (dada a grande distância) ou de transporte coletivo ou privado (em função do custo), até as unidades onde estão matriculados”, afirma. 

“Temos feito todo o possível para garantir que nenhuma criança ou adolescente sob nossos cuidados fique sem estudar, por qualquer motivo”, acrescenta a secretária, ressaltando que alunos que moram em Bom Sucesso, comunidade distante do perímetro urbano, no Village da Luz, também estão sendo atendidos com transporte escolar operado pela Seme.

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Sancionada a lei que autoriza agentes da GCM de Anchieta a portar armas de fogo

Publicados

em

Por

Foto: Divulgação

A Guarda Civil Municipal de Anchieta (GCMA) passará a atuar com porte legal de arma de fogo. O prefeito de Anchieta, Fabrício Petri, sancionou ontem (27) a lei que permite o porte de arma de fogo para a categoria. Na ocasião Petri sancionou mais três leis que estruturam e regulamentam a Guarda Civil Municipal de Anchieta. Parte da corporação participou do ato de assinatura, ocorrida no gabinete do prefeito.

O projeto de armar a Guarda Municipal de Anchieta foi elaborado desde 2021 pelo executivo municipal. Ao todo, 87 agentes serão treinados pela Polícia Federal para atuarem com as novas regras. Recentemente, o município criou uma ouvidoria e também uma corregedoria dentro da Guarda Municipal – consideradas instrumentos indispensáveis para a efetivação do projeto.

De acordo com o gerente da Guarda, Wander Nogueira, a aprovação da proposta é um marco histórico para o município e um avanço para as ações de segurança. “Armar a Guarda vai dar mais legitimidade para o trabalho da instituição, que passará a atuar de forma mais independente”, avaliou.

Para o prefeito, a Guarda é uma importante instituição que vem prestando valiosos serviços ao município. “Tenho orgulho da nossa guarda e dos nossos agentes que vêm fazendo um importante papel na segurança de nossa cidade. Essas novas lei irão dar mais respaldo para a corporação se tornar ainda mais organizada e estruturada”, disse.

Preparação e treinamento

Para armar os agentes, a Guarda Municipal de Anchieta firmou uma parceria com a Academia da Polícia Civil do Estado do Espírito Santo (Acadepol), que irá ofertar um curso de capacitação para os agentes. O treinamento vai capacitar os guardas na parte teórica e prática, incluindo o curso de tiro. Antes de utilizarem armas de fogo, os agentes deverão ser aprovados nesta formação.

A Lei autoriza o município a firmar convênios, acordos de cooperação técnica e instrucional com União, Estados, Municípios, bem como, com instituições, órgãos ou estabelecimentos de ensino aptos legalmente a ofertarem cursos de formação, aperfeiçoamento e utilização de armamento e tiro ao efetivo da Guarda Civil Municipal de Anchieta.

 

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana