conecte-se conosco


Nacional

Prefeitura emite alerta sobre risco de desabamento de falésias na BA

Publicados

em


source
Defesa Civil emite alerta de desmoronamento de falésias, na Bahia
Divulgação / Sudec

Defesa Civil emite alerta de desmoronamento de falésias, na Bahia

A Prefeitura de Cairu, cidade localizada no baixo sul da Bahia, emitiu um alerta sobre risco de desabamento de falésias entre os destinos turísticos de Morro de São Paulo e Gamboa, na Ilha de Tinharé. O aviso foi emitido pela Secretaria de Desenvolvimento Sustentável (Sudes) do município após as fortes chuvas que atingiram a região.

Esta já é a segunda vez que o local recebe placas com sinais de alerta, já que o risco seria existente desde o ano passado. Um ano atrás, o município atendeu uma notificação da Ação Civil Pública do Ministério Público Federal para fazer a mesma sinalização.

De acordo com o secretário municipal de desenvolvimento sustentável., Ivã Amorim, independente da ação, medidas de segurança em relação ao local já haviam sido tomadas, inclusive o isolamento da área.

“Reforçamos os avisos de interdição do trecho onde estão localizadas as falésias (argila) entre Morro de São Paulo e Gamboa. Os estudos, feitos por um geólogo, constataram risco de desmoronamento por causas naturais”, escreveu a prefeitura em publicação nas redes sociais.

Leia Também


No último dia 8, o desabamento de rochas em um cânion no Lago de Furnas, em Capitólio (MG), causou a morte de 10 pessoas que passeavam de lancha pelo local.

Em novembro de 2020, um casal e um bebê morreram após parte de uma falésia desabar na praia de Pipa, em Tibau do Sul, litoral sul do Rio Grande do Norte.

Comentários Facebook
Propaganda

Nacional

Saiba como ficam os feriados na cidade de São Paulo até o fim de 2022

Publicados

em


source
São Paulo
Edson Lopes Jr./SECOM

São Paulo

A prefeitura de São Paulo divulgou no último sábado (15) o calendário de feriados para a capital. O Decreto 61.006/2022, dispõe sobre o funcionamento das repartições públicas municipais da Administração Direta, Autárquica e Fundacional no ano de 2022.

Os feriados do Aniversário de São Paulo (25 de janeiro), de Corpus Christi (16 de junho) e do Dia da Consciência Negra (20 de novembro) foram antecipados em 2021. Em 2022, os dias 25 de janeiro, 22 de abril (Descobrimento do Brasil) e 14 de novembro (véspera do feriado da Proclamação da República) terão os expedientes suspensos mediante a compensação de horas dos servidores.

Serão pontos facultativos os dias de Carnaval (28 de fevereiro e 1º de março), a Quarta-feira de Cinzas (2 de março, com ponto facultativo até as 12h), Corpus Christi (16 de junho), Dia do Servidor Público (28 de outubro), véspera de Natal (24 de dezembro) e véspera de Ano-Novo (30 de dezembro).

Estão mantidos os feriados Nacionais, Estaduais e Municipais abaixo:

• 15 de abril, Paixão de Cristo

• 21 de abril, Tiradentes

• 1º de maio, Dia Mundial do Trabalho

• 9 de julho, Data Magna do Estado de São Paulo

• 7 de setembro, Independência do Brasil

• 12 de outubro, Nossa Senhora Aparecida – Padroeira do Brasil

Leia Também

• 2 de novembro, Finados

• 15 de novembro, Proclamação da República

• 25 de dezembro, Natal

Recesso de final de ano

Para os dias úteis das duas semanas comemorativas das festas de Natal e fim de ano, os órgãos e entes da Administração Direta, Autárquica e Fundacional organizarão o recesso compensado, mediante a formação de duas turmas de trabalho que se revezarão nas respectivas semanas, devendo o expediente para atendimento ao público obedecer ao horário normal de funcionamento de cada unidade:

• Semana comemorativa de Natal: período compreendido entre 18 e 24 de dezembro de 2022;

• Semana comemorativa de fim de ano: período compreendido entre 25 e 31 de dezembro de 2022.

O servidor ou empregado público que estiver em gozo de férias em uma das duas semanas referidas acima, ainda que parcialmente, não poderá participar do recesso compensado.

Estão isentas as unidades vinculadas aos órgãos da Administração Direta, Autárquica e Fundacional cujas atividades não possam ser desenvolvidas com redução de servidores e empregados públicos.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana