conecte-se conosco

Cidades

Prefeitura oferece atendimento psicológico on-line para servidores

Publicado


.
O atendimento é feito via chat, que pode ser acessado a partir do site do município
Foto: Divulgação/PMCI

A Prefeitura de Cachoeiro, por meio da Secretaria de Administração (Semad), disponibilizou aos seus servidores um serviço gratuito de atendimento psicológico on-line.

A intenção é amparar e orientar os servidores, neste período de pandemia do novo coronavírus, em que todas as pessoas estão sob forte tensão emocional e vivenciando situações de angústia, ansiedade e outros desconfortos gerados pelo isolamento social e pelo medo do vírus.

O acesso ao serviço é realizado por meio do portal da Prefeitura (www.cachoeiro.es.gov.br). Basta clicar no banner na página principal do site, que direciona o servidor para o chat on-line na página da empresa que presta serviços de medicina e segurança do trabalho para a administração municipal. Não há necessidade de agendar horário, pois o atendimento é feito por ordem de acesso, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30.

Ao acessar o chat, um profissional da área de psicologia vai prestar o primeiro atendimento. Em seguida, ele realizará a orientação para a próxima sessão.

“Com esse apoio psicológico on-line, buscamos uma forma de ajudar nossos colaboradores a passarem, da melhor maneira possível, por esse momento difícil, que envolve a todos. É fundamental cuidar da saúde mental”, afirma o secretário municipal de Administração, Cláudio Mello.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Morre advogada cachoeirense Moema Baptista, ex-presidente da Abrat

Publicado

por

A advogada cachoeirense Moema Baptista morreu na tarde deste domingo (12), no estado do Rio de Janeiro, onde residia.

Moema é figura querida em Cachoeiro de Itapemirim, filha do saudoso professor Deusdedith Baptista, e recebeu o título de Cachoeirense Ausente nº 1 no ano de 2001.

Nas redes sociais, a Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas (Abrat), entidade onde Moema foi a primeira mulher a presidir, entre 1989 e 1991, decretou luto de sete dias.

Ainda não há informações sobre a causa da morte nem sobre o velório e sepultamento de Moema.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana