conecte-se conosco


Cidades

Prêmio Mulher em Ação: Câmara de Vargem Alta fará homenagem para mulheres que se destacam na sociedade

Publicados

em

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, que é celebrado anualmente no dia 8 de
março, a Câmara Municipal de Vargem Alta realizará uma Sessão Solene para a entrega do
Prêmio Mulher em Ação, instituído pela Casa de Leis através do Decreto Legislativo nº
55/2005.

A sessão acontecerá no dia 8 de março, próxima segunda-feira, às 18h30, no Sítio Querência,
no Centro de Vargem Alta. Cinco mulheres, todas residentes na cidade de Vargem Alta,
receberão o prêmio.

As homenageadas foram escolhidas através de processo democrático, pelos Conselhos
responsáveis por diversas áreas de atuação do município, sendo que todas têm currículo de
serviços prestados em suas respectivas áreas na sociedade vargem-altense.

No total, serão cinco homenageadas, escolhidas pelo seu histórico de vida e contribuição para
o engrandecimento da sociedade local. As homenageadas são: Justina Tecla Cricco Guidi
(Educação); Madalena Mazzocco (Saúde); Ana Ignêz Cereza (Direitos Humanos); Glória Cecília
Altoé (Política); e Maria Izabel David (Comunidade).

Na ocasião da Sessão Solene, haverá, ainda, apresentação cultural com declamação de Cordel
e palestras com a juíza Maria Isabel de Azevedo Altoé, com a promotora de justiça, Indira
Diwali, e com a advogada e professora de direito, Elisa Helena Galante.

Caminhada

Além da Sessão e das homenagens, o Dia Internacional da Mulher ainda contará com a
realização de uma caminhada e panfletagem de conscientização pelas ruas do Centro de
Vargem Alta.

A caminhada terá início às 17h30 e contará com a presença de autoridades locais e estaduais.
A organização é da Secretaria de Assistência Social, através do Creas (Centro de Referência
Especializado de Assistência Social), em parceria com a Câmara Municipal de Vargem Alta.

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Projeto dos CRJs é apresentado a representantes da Prefeitura de Aracruz

Publicados

em

 

Os secretários de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, e de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, apresentaram o projeto dos Centros de Referência das Juventudes (CRJs) para o prefeito de Aracruz, Dr. Coutinho, e equipe, nesta sexta-feira (09). A reunião ocorreu em formato virtual.

A implementação dos Centros é a principal ação do Eixo de Proteção Social do Programa Estado Presente em Defesa da Vida e, em Aracruz, a previsão é de que seja implementada uma unidade na região de Jacupemba. Os Centros irão ofertar uma gama de serviços voltados para as juventudes, buscando ampliar a garantia de direitos e diminuir os índices de crimes violentos sofridos e cometidos por jovens.

“Hoje, apresentamos o projeto dos Centros ao prefeito Doutor Coutinho e equipe, que assumiram o mandato no início deste ano, e foi uma reunião muito positiva. Os Centros de Referência das Juventudes não estarão apenas na Grande Vitória e sim nos dez municípios que integram o Programa Estado Presente e Aracruz é um deles. O CRJ do município estará localizado em uma região estratégica para auxiliar a juventude no que for necessário”, explicou a secretária Nara Borgo.

Já o secretário Álvaro Duboc, que atua como coordenador-executivo do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, destaca o fato de os CRJs serem equipamentos que têm por objetivo ofertar um conjunto de atividades para fortalecer vínculos sociais e comunitários, trabalhando e potencializando as habilidades dos jovens. Segundo ele, o fato de Aracruz ser um município que abriga importantes empresas, “abre uma janela ainda maior de oportunidades para a juventude local”.

Os CRJs serão implantados por meio da parceria do Governo do Estado com os municípios e com o apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para fortalecer as ações de prevenção social à violência e a redução de vulnerabilidade da juventude. Integram a carteira de projetos do eixo social do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, que visa a reduzir os índices de violência e criminalidade, com foco especialmente em crimes letais, atuando também com o eixo policial.

Centros de Referência para as Juventudes

Os Centros irão ofertar uma gama de serviços voltados para as juventudes, buscando ampliar a garantia de direitos e diminuir os índices de crimes violentos sofridos e cometidos por jovens.

Como projeto do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, serão 14 CRJs em funcionamento até 2021, com capacidade para atender, anualmente, uma média de 65 mil jovens.

Os CRJs ofertarão serviços, como o acompanhamento integral de jovens para a construção de Planos de Vida e Trabalho, tendo como princípios o respeito à diversidade e ao diálogo. Disponibilizará, ainda, espaços de trabalho compartilhado, com laboratório temático para geração de renda (LABPoca), oficinas, eventos artístico-culturais e esportivos, vivências extraterritório, passagens interestaduais, entre outros, tendo a gestão compartilhada como premissa, e se configurando como a principal entrega pública para as Juventudes já realizada no Espírito Santo.

Saiba mais: https://bit.ly/3kyJlm0

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana