conecte-se conosco


Cidades

Procon de Cachoeiro fiscaliza postos de combustíveis após aumento de preços

Publicados

em

Ação visa averiguar se houve antecipação de aumento - Foto: Reprodução/web

Após o mais recente aumento no preço dos combustíveis, anunciado no último sábado (18), a equipe de fiscalização do Procon de Cachoeiro iniciou a semana com um trabalho fiscalizatório junto aos postos do município.

Os fiscais percorrem 42 estabelecimento, solicitando notas fiscais de venda dos combustíveis comercializados referentes aos dias 16, 17 e 18 junho, para averiguar, se houve aumento dos preços antes do prazo estipulado, o que caracteriza prática comercial abusiva.

Os postos de combustíveis têm 48 horas para responder a solicitação do Procon. Caso sejam constatadas irregularidades, o órgão municipal poderá tomar as medidas cabíveis, como autuação. “Todo o resultado de nossas ações de fiscalização é encaminhado ao Ministério Público, que atua em conjunto conosco nessa questão dos combustíveis”, ressaltou o coordenador do Procon de Cachoeiro, Fabiano Pimentel.

O Procon de Cachoeiro realiza, ainda, um rastreio dos valores praticados de gasolina comum, aditivada, etanol, diesel s-10 e diesel comum em todos os postos da sede e interior do município. A tabela é divulgada, quinzenalmente, no site da prefeitura de Cachoeiro, e pode ser conferida no endereço www.cachoeiro.es.gov.br/procon.

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Itapemirim celebra hoje (27) seus 207 anos de emancipação política

Publicados

em

Por

Itapemirim iniciou-se com uma grande fazenda de açúcar no litoral e ao longo do século XIX, seu território abrangeu todo o sul do estado. Em 27 de junho de 1815, emancipou-se através do Alvará n° 55, editado pelo então príncipe regente de Portugal, D. João.

Itapemirim, “caminho de pedra pequena”, por séculos, foi cenário de revoltas e de conquistas, de sonhos e de delírios, de declínios e de progresso e, outrora, abrangia todo o sul do Espírito Santo até Mariana/MG e Campos dos Goytacazes/RJ. É um celeiro histórico e, há dois séculos vem encantando moradores, além de turistas do mundo inteiro por sua exuberante natureza.

O próprio imperador do Brasil, D. Pedro II, em 1860, registrou em seu diário de viagem, as belezas e monumentos naturais da região. O monarca não só escreveu sobre Itapemirim, como desenhou os perfis das serras do Frade e a Freira, mencionou o Monte Aghá e a Ilha dos Franceses, além de visitar a Matriz Nossa Senhora do Amparo.

Indiscutivelmente, Itapemirim é um município fascinante por seu relevo e diferentes características: planaltos e planícies; mar e montanhas; magníficas paisagens naturais; crepúsculos, nascente no oceano ou poente nas colinas; praias de águas cristalinas; Lagoa Guanandy e sua sedução e; fragmentos da mata atlântica e seu bioma atraem visitantes de vários estados brasileiros e até de outros países.

Seu passado de lutas e de glórias, bem como, toda a sua trajetória, desde a colonização aos dias atuais, foi comemorado com festejos durante 2015, ano em que se celebrou o bicentenário de emancipação política dessa terra, originalmente, habitada por índios e, cuja construção e desenvolvimento se devem ao trabalho escravo do negro africano e à imigração europeia.

Colonizado por grandes fazendeiros, com o decorrer dos anos, foi dominado por coronéis, onde reinaram, majestosamente, barões! Do passado, fotografias amareladas pelo tempo rememoram fatos históricos e narram memoráveis registros, como, entre outros, a recepção da Nobreza, onde a Família Real foi acolhida com honraria, tanto na Vila, quanto na Colônia de Rio Novo.

Carrega consigo a missão de manter tradições. Um dos exemplos é a música dançada ou a dança musicada. Antes mesmo da vinda da comitiva do imperador D. Pedro II e da imperatriz, Teresa Cristina, Itapemirim vê perdurar uma rica cultura de origem africana – o genuíno jongo, este que sobrevive a percalços, sem se sucumbir à contemporaneidade. E para homenagear Itapemirim, esse grande palco que por um bicentenário, cotidianamente, reacende as luzes da ribalta para encenar tantos e belos espetáculos, a cada sessão, os munícipes aplaudem a terra mãe dos municípios sul capixabas. Parabéns, Itapemirim!

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana