conecte-se conosco


Cidades

Procon divulga orientações para participação no 9º Mutirão de Negociação de Dívidas de Cachoeiro

Publicados

em

Onze empresas participarão da ação - Foto: Márcia Leal

O Procon de Cachoeiro, em parceria com a Associação Comercial, Industrial e de Serviços do município (Acisci), promoverá, entre os dias 27 e 29 de julho, a 9ª edição do Mutirão de Negociação de Dívidas, durante a 16ª Feira de Negócios de Agroturismo de Cachoeiro. E para melhor atender o cidadão, o órgão divulgou algumas orientações sobre a ação.

O mutirão contará com a participação de onze empresas, que irão disponibilizar, diariamente, um total de 420 senhas, a partir das 9h. De acordo com o Procon, é importante que o consumidor chegue cedo para garantir a chance de realizar sua negociação. O cidadão pode consultar as regras de negociação de cada empresa, em documento disponível no seguinte endereço: bit.ly/orientacoesprocon.

“O sistema de trabalho será o mesmo com o qual o consumidor já está acostumado nos mutirões do Procon de Cachoeiro. É fundamental levar os documentos pessoais e todos ligados à dívida a ser negociada”, explica Fabiano Pimentel, coordenador executivo do Procon de Cachoeiro.

“É um momento muito aguardado pelo consumidor cachoeirense e de cidades vizinhas”, completa Pimentel, que explica, também, que o foco do mutirão é o município de Cachoeiro, mas não deixará de atender consumidores de outras cidades.

O coordenador alerta, ainda, que o consumidor deve ficar atento, uma vez que não há limite de valores para a negociação. “É fundamental observar as regras para o atendimento de cada empresa participante e se, por acaso, o consumidor precisar negociar com alguma empresa que não está no evento, pode procurar a sede do Procon e tentar negociar”, finaliza.

As seguintes empresas estão confirmadas na ação: Caixa Econômica, Itáu/Unibanco, Banestes, BRK, Oi/Telemar, Claro/Embratel, Dacasa, Banco do Brasil, Vivo, Crefisa e Bradesco.

Programação da 16ª Feira de Negócios 

O 9º Mutirão de Negociação de Dívidas do Procon será realizado durante a 16ª Feira de Negócios de Cachoeiro, que contará com diversas outras atrações, como exposição multissetorial de empresas (das 15h às 21h), palestras, e uma edição do Balcão de Empregos (até o dia 29, das 9h às 16h).

O evento é uma realização da Prefeitura de Cachoeiro, em parceria com a Associação Comercial, Industrial e de Serviços do município (Acisci), e conta com apoio do Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Comentários Facebook

Cidades

Sebrae realiza a instalação de internet em duas comunidades de Alegre e Conceição do Castelo

Publicados

em

Por

Distritos em Conceição do Castelo e Alegre foram beneficiados pelo programa Wi-Fi Brasil

Moradores de duas comunidades rurais do Espírito Santo receberam no último mês a instalação de antenas de internet para facilitar a comunicação e o acesso à informação, através do programa Wi-Fi Brasil, desenvolvido em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

No distrito localizado em Conceição do Castelo, cerca de 500 produtores rurais e da agricultura familiar foram beneficiados com a instalação. Já em Feliz Lembrança, comunidade de Alegre, 60 famílias já estão com acesso à internet.

“Entendemos que é necessário, especialmente nos dias de hoje, que todas as pessoas tenham acesso à internet, pois é lá que a comunicação acontece. Disponibilizar o wi-fi para essas comunidades significa oferecer oportunidades de negociações, e ampliar as possibilidades de mercado e renda para as famílias”, finaliza o gerente regional do Sebrae/ES, Ivair Segheto.

O empreendedor Fábio de Souza, dono da agroindústria Frumel, está entre os beneficiados pelo programa em Alegre. Ele conta que antes da instalação, os moradores compartilhavam a rede móvel e poucas casas tinham ponto de internet.

“Antes os vizinhos se ajudavam, um ia para a casa do outro para usar a internet. Agora com o ponto de acesso na praça, as pessoas vão até o centro comunitário para fazer suas pesquisas. Esse projeto do Sebrae é importante porque deixa a comunidade conectada 24 horas e fortalece inclusive a permanência do jovem na região, incentiva que eles criem algo, façam seus estudos e cursos online, além de reduzir a diferença de acesso à tecnologia entre campo e cidade”, ressalta Fábio.

Ao todo a região conta com seis agroindústrias, uma pequena fábrica de calçados, além dos pequenos prestadores de serviço da comunidade, todos impactados positivamente pelo programa.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana