conecte-se conosco

Cidades

Profissionais da Educação participam de formação sobre sala de aula virtual em Cachoeiro

Publicado

 

.

Profissionais da Secretaria Municipal de Educação (Seme) de Cachoeiro participam, nesta semana, de formação on-line para uso da plataforma digital Google Sala de Aula, que será implementada ainda neste mês.

A ferramenta possibilitará interação, em ambiente virtual e em tempo real, entre professores e alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental das escolas municipais, permitindo, por exemplo, o esclarecimento de dúvidas sobre as atividades pedagógicas que são disponibilizadas no Portal do Aluno, durante a pandemia.

A formação sobre o funcionamento da plataforma é voltada a servidores que atuam na unidade central da Seme, gestores escolares, pedagogos e professores. As orientações estão sendo repassadas via webconferência.

A implantação da ferramenta, que é disponibilizada, gratuitamente, às instituições e redes educacionais, está sendo realizada pela equipe de Gerência de Auditoria e Documentação Escolar e Coordenação de Dados Estatísticos da Seme.

“É um recurso de tecnologia muito oportuno, nesse momento, em que as aulas presenciais estão suspensas por causa da pandemia e que continuará sendo muito útil mesmo com o retorno das atividades nas escolas, futuramente. A proposta é trazer inovação para as unidades de ensino, a partir de um ambiente virtual de aprendizagem que também ajudará professores a organizarem os trabalhos com as turmas”, avalia a secretária municipal de Educação, Cristina Lens.

Estudantes também serão orientados sobre como acessar a plataforma e suas funcionalidades, por meio de vídeos explicativos e manuais disponibilizados pela Seme.

A secretaria frisa que, para os alunos que não possuem acesso à internet, as atividades continuarão sendo disponibilizadas por meio do gestor escolar. Nesse caso, a família deve entrar em contato com o diretor da unidade de ensino em que o estudante está matriculado e agendar o horário para retirada do material.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Covid 19: Bom Jesus tem mortes ainda não confirmadas

Publicado

A Secretaria de Saúde de Bom Jesus do Itabapoana (RJ) informou neste domingo (26/07) que o número de casos confirmados subiu para 590. A quantidade de pessoas curadas da Covid-19 chegou a 317 e o de pacientes monitorados caiu para 258.

Oficialmente a cidade tem 15 mortes causadas pelo coronavírus, mas há informações, ainda não confirmadas, de que sete pessoas teriam morrido nas últimas 24 horas em Bom Jesus. Duas delas seriam moradoras da cidade e podem aparecer no próximo boletim.

A UTI do Hospital São Vicente de Paulo (única do município) tem hoje apenas dois leitos vagos para pacientes com coronavírus. Na enfermaria, para casos menos graves, existem 27 vagas entre as 40 totais.

O bairro Pimentel Marques segue com o maior número de infectados, com 119. Em seguida vêm o Centro da cidade ainda com 98 e o Lia Márcia, que agora tem 73 casos positivos. Nos distritos e comunidades, concentram o maior número de casos Usina Santa Isabel e Carabuçu, cada um com 23 confirmações.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana