conecte-se conosco


Cidades

Programa Cuidar Mais 2022 é apresentado aos educadores de Cachoeiro de Itapemirim

Publicados

em

Educadores de Cachoeiro de Itapemirim estão reunidos na sede da BRK, na Ilha da Luz, para a apresentação da edição 2022 do Programa Cuidar Mais, que promove ações de sensibilização em escolas do município, despertando para a importância do saneamento e sua relação com a saúde e o meio ambiente.

O evento iniciou nesta quarta-feira, 11, com os educadores das escolas de Ensino Fundamental. Já nesta quinta-feira, 12, a apresentação é para os profissionais das escolas de Educação Infantil. Além dos gestores, pedagogos e professores das instituições de ensino participantes do programa, os encontros contam com a presença de representantes da Secretaria Municipal de Educação (SEME), parceira da BRK na iniciativa.

“Nesses encontros apresentamos a metodologia do programa, assim como os objetivos e os resultados esperados com a participação da escola e das famílias dos alunos. Também faremos a entrega do material pedagógico, com jogos educativos, atividades e vídeos propostos para as instituições de Educação Infantil”, explica a analista de Responsabilidade Socioambiental da BRK, Micheline Bernabé.

Os educadores que estiveram no evento ainda puderam assistir a uma palestra da comunicadora e coach Lis Bravin, com o tema “Resgatando o seu propósito”. A apresentação também ocorre nesta quinta, 12, para promover uma reflexão e reconexão dos educadores com seu propósito pessoal e profissional, buscando motivar os profissionais para esse momento de retomada do programa em seu formato presencial.

A pedagoga Karla Lima Castanho, da EMEB Galdino Theodoro da Fonseca, localizada no bairro Jardim Itapemirim, esteve presente no evento na quarta-feira, 11. Ela destacou que a instituição já participou outras vezes do programa e elogiou a atenção da BRK com os profissionais de educação. “Os alunos ficam muito empolgados ao participarem das ações do Cuidar Mais, que serve para eles reconhecerem a realidade a sua volta e trazerem essa realidade para dentro da escola. O evento foi muito bacana, com muito carinho e acolhida da BRK”, disse.

Como se dará o programa

O Programa Cuidar Mais possui um formato diferenciado para a Educação Infantil e o Ensino Fundamental. Na Educação Infantil, o programa levará informações sobre saneamento e saúde, uso consciente da água e cuidados com os recursos naturais aos alunos do Pré II de 12 escolas participantes. “Os professores terão o papel de dialogar e incentivar os alunos a desenvolverem, junto a seus familiares, atividades de conscientização sobre a importância do saneamento e dos recursos hídricos”, destaca a analista de Responsabilidade Socioambiental da BRK, Micheline Bernabé.

A etapa seguinte se dará por meio da “Corrida do Saneamento”, um grande jogo de tabuleiro em que os estudantes são os próprios peões, avançando de casa ao responderem perguntas sobre reciclagem, uso consciente da água, descarte correto de lixo, entre outras. As atividades da Educação Infantil serão concluídas na Mostra Cultural Cuidar Mais, em que os alunos apresentarão aos seus familiares e convidados o conteúdo didático trabalhado em sala de aula, através de performances de arte, como danças, teatro e coral.

No Ensino Fundamental, o Programa Cuidar Mais será desenvolvido em turmas de 8º anos de sete escolas participantes, sendo estimulados a desenvolverem pesquisas e entrevistas no entorno da escola ou no bairro onde moram, para identificar os avanços do saneamento e/ou boas práticas ambientais desenvolvidas pelos moradores. As ações identificadas serão documentadas através de vídeos.

Na sequência, os alunos responsáveis pelos vídeos selecionados em cada escola participarão de um Laboratório de Edição de Imagens, com orientações para a produção final do material. O resultado será apresentado para os familiares dos estudantes e convidados no “Cine BRK Sustentável”, previsto para o mês de novembro, em uma sala de cinema do município.

Em ambos os formatos, as instituições de ensino poderão contar com apoio da equipe de Responsabilidade Socioambiental da BRK para dialogar com os alunos e seus familiares sobre os temas trabalhados pelo programa em palestras promovidas nas escolas. “Nas escolas de Ensino Fundamental, os alunos também poderão participar de visitas virtuais às Estações de Tratamento de Água e Esgoto da BRK, com o uso de óculos de realidade virtual, por meio do programa Portas Abertas 360°”, completa Micheline Bernabé.

Escolas participantes do Programa Cuidar Mais 2022:

Educação Infantil

Centro de Ensino Lauro Pinheiro – CELP

Colégio Jesus Cristo Rei

EMEB Alair Turbay Baião

EMEB Albertina Macedo

EMEB Governador Eurico Vieira de Resende

EMEB Mª Tereza Brandão de Mello

EMEB Normília da Cunha dos Santos

EMEB Prof.ª Cely Santos de Oliveira

EMEB Prof.ª Maria do Carmo Magalhães

EMEB Zilda Soares Moura

Escola Bem-te-vi

Instituto de Pesquisas Educacionais – IPE

Ensino Fundamental

Colégio Jesus Cristo Rei

EMEB Anacleto Ramos

EMEB Galdino Theodoro da Fonseca

EMEB Maria das Dores Pinheiro Amaral

EMEB Prof. Pedro Estelita Herkenhoff

EMEB São Vicente

EEEFM Quintiliano de Azevedo

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Autores capixabas e de outros estados lançarão livros na 8ª Bienal Rubem Braga

Publicados

em

Por

Serão apresentados 14 títulos de gêneros como romance, poesia e crônica - Foto: Márcia Leal

Durante a programação da 8ª Bienal Rubem Braga, organizada pela Prefeitura de Cachoeiro, autores cachoeirenses e de outras partes do país irão lançar suas obras literárias durante o evento. Ao todo, serão apresentados 14 títulos, dos mais variados gêneros, como romance, poesia e crônica.

Em formato híbrido, com atividades on-line e presenciais, a Bienal será realizada entre os dias 23 e 29 de maio. As mesas de lançamento de livros acontecerão no sábado (28), às 10h, e no domingo (29), às 10h e 14h. Elas poderão ser acompanhadas pelo canal oficial da Secretaria Municipal de Cultura de Cachoeiro no YouTube (Semcult Cachoeiro).

A cachoeirense Luciene Carla é uma das escritoras que irá apresentar seu trabalho. De acordo com a autora, o livro intitulado “Entre o cuidar e o curar”, fruto de uma dissertação de mestrado, fala sobre as Santas Casas, desde o surgimento delas, em Lisboa, Portugal, à vinda para o Brasil e à implementação da instituição em Cachoeiro.

“Procurei focar na atuação das freiras enfermeiras, que administraram a instituição de 1929 a 1950, destacando o trabalho delas, a institucionalização da enfermagem no Brasil e, ainda, exemplificar vertentes do feminismo. Eu consegui lançar esse livro na Casa da Memória, mas ter a oportunidade de fazer o lançamento em uma Bienal é algo muito significativo. Esse é um material muito rico para quem deseja conhecer a história dessa instituição, que é tão marcante. Acredito que seja um livro que todos deviam ler”, explica.

Já o paulista Josué Nascimento vai apresentar o seu livro “Humanidade universal” que, segundo o autor, aborda a trajetória histórica da humanidade, ao longo das diversas etapas da vida humana no planeta, sob a ótica do cristianismo e aponta as mazelas e dificuldades existenciais a partir da recusa humana de viver de acordo com os estatutos divinos.

“A obra tem a pretensão de trazer à luz a necessidade de uma mudança estrutural no pensamento pós-moderno a fim de um retorno à normalidade cotidiana. É uma honra poder expor minhas ideias, justamente, num evento de grande porte, como a Bienal”, esclarece.

Obras que serão lançadas durante a 8ª Bienal Rubem Braga

Sábado (28 de maio)

— 10h – “Entre o cuidar e o curar”, Luciene Carla (Cachoeiro de Itapemirim); “E-books: jogos teatrais e memorial”, Roberto Carlos Farias de Oliveira (Cachoeiro de Itapemirim; Antologia Poética “Lembranças” , Rômulo Farias de Oliveira / Roberto Carlos Farias de Oliveira / Thatiane Cardoso / Lucimar Costa e outros (Cachoeiro de Itapemirim).

Domingo (29 de maio)

— 10h –  “Escrita Instrumento de luta”, Marilene Depes (Cachoeiro de Itapemirim); “Samples”, Savio Lima Lopes (Cachoeiro de Itapemirim); “Do casulo ao voo”, Leidiane Malini (Cachoeiro de Itapemirim) e “Jongo de Marataízes”, “São José do Calçado” e “Os pescadores do porto da Barra de Itapemirim”, Bárbara Pérez (Marataízes).

— 14h – “Trânsitos da alma”, Elaine Dal Gobbo (Cariacica); “Minha tia guardiã”, Deane Monteiro Vieira Costa (Vitória); “Humanidade universal”, Josué Nascimento (São Paulo) e “O carcará” e “Duda e o pedagogo”, Aélcio De Bruim (Cachoeiro de Itapemirim).

Programação da Bienal

Além das mesas de lançamento de livros, a edição 2022 da Bienal Rubem Braga contará, também, com mesas de debate on-line, que terá participação de escritores renomados. São eles: Antônio Torres, membro da Academia Brasileira de Letras (ABL), Micheliny Verunschk, Carolina Munhóz, Isa Colli, Claufe Rodrigues, Roberta Malta e Henrique Rodrigues.

Oficinas em escolas e centro culturais, city tour dedicado a Rubem Braga, exposições e uma feira de artesanato também estão entre as atividades. Clique aqui e confira a programação completa do evento.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana