conecte-se conosco

Mulher

Quer valorizar suas curvas? Saiba o que prestar atenção ao escolher um biquíni

Publicado

source

Os tops triângulo e as calcinhas asa delta são presenças garantidas na praia, mas o mais importante na hora de escolher um biquíni não é, necessariamente, seguir a tendência. Escolher o que te deixa mais confortável, assim como aquelas peças que valorizam o seu corpo, pode valer muito mais a pena para se sentir bem no verão. 

Leia também: Biquínis, maiôs e mais: as tendências de moda praia que vão bombar em 2020

mulheres usando biquíni arrow-options
Reprodução/Pinterest

É possível, sim, escolher um biquíni que te deixe confortável e valorize o formato do seu corpo

Mas, afinal, o que prestar atenção em um biquíni na hora de escolher? Ao  Delas , a consultora de imagem e estilo Giovanna Grigoletto explica que tudo tem a ver com o formato do seu corpo. Porém, ao contrário do que muita gente pensa, isso não te impede de usar qualquer modelo, apenas dá mais escolha entre estampas e recortes. 

“Uma ideia é usar estampas nas partes menores do seu corpo, por exemplo”, explica. Segundo ela, essa é uma alternativa para dar mais volume para as partes que você quer valorizar e criar um equilíbrio.

Leia também: Famosas usam acessórios na praia; veja 5 ideias que são tendência

O biquíni ideal para cada tipo de corpo

A especialista indica cinco  formatos de corpo diferentes:

  • Triângulo, com quadril mais largo do que os ombros;
  • Triângulo invertido, com ombros mais largos do que o quadril;
  • Retângulo, com ombros, quadris e cintura na mesma linha;
  • Ampulhet, com ombros e quadris na mesma linha, mas cintura marcada;
  • Oval, com a silhueta mais arrendondada. 

Assim, de acordo com Giovanna, a dica é escolher aquela peça que vai focar toda a atenção em determinada parte do seu corpo. Se você tem os ombros largos, usar uma parte de baixo estampada, com amarrações ou cores vivas, por exemplo, é uma opção para deixar o quadril maior e vice-versa. 

infográfico com os diferentes tipos de corpos arrow-options
Arte iG -Shayene Costa Mazzotti

Escolher determinada peça de biquíni vai ter um resultado no seu corpo, dependendo principalmente do formato dele

Se você quer valorizar os seios, usar a parte de cima estampada ou com detalhes, como babados e laços, é uma boa alternativa. Assim como para dar mais atenção às curvas (ou até mesmo criar algumas) um  biquíni ou maiô com recortes e até as tendências da asa delta e do top triângulo são indicadas. As alças largas e a cintura alta são alguns detalhes para prestar atenção se a intenção é tirar o foco da região central do corpo e são recomendados para quem tem silhueta arrendondada. 

Leia também: Queridinhos da vez! 4 modelos de óculos de sol que estão bombando

Veja alguns modelos que encontramos na plataforma de inspiração Pinterest: 


Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
publicidade

Mulher

Mãe não deixa marido vê-la nua há seis anos por medo dele sentir nojo

Publicado

source

Não é fácil lidar com as transformações do corpo após a maternidade. A australiana Jessica Hood sabe bem como é isso. Em relato ao site Mamamia , ela conta sobre as dificuldades que enfrenta desde que o primeiro filho nasceu – Jessica é mãe de quatro. Desde então, há seis anos, ela nunca mais deixou seu marido vê-la nua.

Leia também: Contra os padrões de beleza, mãe fala sobre aceitação do corpo na gravidez

jessica hood e marido arrow-options
Reprodução/Instagram

Jessica relata que, embora já tenham quatro filhos, não deixa que o marido a veja completamente nua por ter vergonha do próprio corpo

A mãe fala que trabalha diariamente para aceitar seu corpo cada vez mais. No entanto, tem medo de o marido não a aceitar. “Eu sei que isso o machuca, mas a questão não é ele, sou eu. Ele me diz o tempo todo que não se importa, mas e se mudar de ideia quando realmente me ver? Minha barriga flácida, minhas estrias, minha celulite…”, relata.

mulher com estrias no corpo arrow-options
Reprodução/Instagram

Jessica fala que luta diariamente para aceitar as mudanças no corpo após a maternidade

Jessica ainda fala sobre o medo de encarar as transformações do tempo. “Eu não sou mais a menina que era quando nos conhecemos. Na verdade, eu não sou uma menina, eu sou uma mulher. Uma mulher que perdeu sua identidade, seu brilho e seu corpo tonificado quando se tornou mãe”.

Leia também: Como lidar com a vergonha do corpo na hora do sexo? Delas responde

Todas essas questões esbarram na vida sexual do casal que, segundo ela, até existe, mas desde que o sexo seja no escuro. “Nós nunca tomamos banho juntos. Eu nunca me visto na frente dele”, diz.

“Eu odeio o mundo cruel em que vivemos”, completa. Jessica finaliza dizendo que nunca imaginou enfrentar todas essas as mudanças físicas e mentais que a maternidade impõe às mulheres, mas que continua sendo honesta e lutando para se sentir melhor.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana