conecte-se conosco

Carros

Renault Kiger é o SUV do Kwid com motor 1.0 turbo

Publicado


source


A filial brasileira da Renault se refere ao Kwid como o “SUV dos compactos”. Mas na Índia, ele é considerado mesmo um hatch subcompacto. Tanto que deu margem para que a marca francesa apresentasse no país asiático o Kiger, um SUV feito sobre uma variação da plataforma do Kwid.


As imagens reveladas pela Renault mostram um SUV conceito, que segundo a empresa já corresponde a 80% do carro que será feito em série. Projetado inicialmente para a Índia, onde chega em 2021, o modelo já foi prometido pela montadora francesa para outros mercados globais.

O visual da carroceria não esconde o parentesco do Renault Kiger com o Nissan Magnite, modelo recém-mostrado na Índia e que está cotado para ser feito também no Brasil, na fábrica de Resende (RJ), ocupando o espaço deixado pelo fim do hatch compacto March. 


Com menos de quatro metros de comprimento, ambos vão compartilhar a mesma carroceria básica, baseada na plataforma CFMA+, uma variação da CMFA do Kwid que já é utilizada também na minivan Renault Triber. Mas o Kiger tem uma dianteira exclusiva, que traz elementos como os faróis de LED com desenho que o subcompacto reestilizado já vendido no exterior.

O Renault Kiger será equipado com um motor 1.0 turbo de três cilindros. É o mesmo propulsor oferecido no Nissan Magnite , no qual desenvolve 100 cv de potência e pode ser combinado a um câmbio automático do tipo CVT.

Sem detalhar a lista de equipamentos do Kiger de produção, a Renault se limita a afirmar que o SUV irá contar com diversos sistemas e equipamentos inteligentes, o que pode indicar a presença de equipamentos como chave presencial, controlador automático de velocidade de cruzeiro, carregador de celular por indução e ar-condicionado automático. Todos itens que serão oferecidos no SUV da Nissan.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
publicidade

Carros

Veja quanto custa rodar 500 km com os 5 carros mais vendidos no Brasil

Publicado


source

Um levantamento de preços feito pela empresa Ticket Log apontou que o litro de etanol no Brasil fechou novembro com preço médio de R$ 3,629. Aumento de 3% em relação ao mês anterior e 1,5% a mais do que em novembro de 2019.


Na divisão por estados, o maior preço registrado para o combustível vegetal foi o do Rio Grande do Sul, onde o valor médio na bomba é de R$ 4,323. Já o melhor preço foi o registrado em São Paulo, onde o etanol apresentou o preço de R$ 2,993 para o litro. Além de São Paulo, o álcool combustível foi o combustível mais vantajoso para o bolso apenas em mais quatro unidades federativas: Paraíba, Goiás, Mato Grosso e Minas Gerais.

Para ajudar o consumidor a fazer os cálculos, a reportagem do iG Carros fez a conta de quanto custa para rodar 500 km com um litro de etanol com os cinco carros de passeio mais vendidos atualmente no mercado brasileiro.

Foi considerado o preço do combustível em São Paulo e os dados de consumo das versões mais econômicas de cada modelo, segundo o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, do Inmetro .

Esses dados de consumo oficiais foram obtidos em testes de laboratório . No mundo real, os resultados podem variar de acordo com fatores como trânsito, carga do veículo e estilo de direção do motorista. Confira abaixo.

1 – Chevrolet Onix 1.0 – R$ 128 (estrada) e R$ 151 (cidade)

Chevrolet Onix LT
Divulgação

Novo Chevrolet Onix é o modelo mais vendido do Brasil e um dos mais econômicos disponíveis hoje em dia no País


A versão mais econômica do hatch compacto Chevrolet Onix está equipada com o motor 1.0 aspirado de três cilindros e até 82 cv, que sempre é combinado a um câmbio manual de seis marchas.

Capaz de rodar até 11,7 km/l (estrada) e 9,9 km/l (cidade) com etanol, está equipado com um tanque de 44 litros. O Onix 1.0 tem autonomia de 514,8 km no uso rodoviário e 435,6 km no uso urbano. O custo aproximado para rodar 500 km é de R$ 128 (estrada) e R$ 151 (cidade).

2 – Hyundai HB20 1.0 Sense MT – R$ 134,50 (estrada) e R$ 164,50 (cidade)

Hyundai HB20 1.0 Turbo
Divulgação

Hyundai HB20 1.0 Turbo também figura entre os mais procurados nas lojas depois que suas vendas deslancharam


As versões equipadas com o motor 1.0 aspirado de 80 cv e o câmbio manual de cinco marchas são as mais econômicas do compacto do Hyundai HB20 .

Capaz de rodar até 10,1 km/l (estrada) e 9,1 km/l (cidade) com etanol, está equipado com um tanque de 50 litros. O HB20 1.0 aspirado tem autonomia de 505 km no uso rodoviário e 455 km no uso urbano. O custo aproximado para rodar 500 km é de R$ 134,50 (estrada) e R$ 164,50 (cidade).

3 – Chevrolet Onix Plus LT – R$ 119,50 (estrada) e R$ 148 (cidade)

Chevrolet Onix Plus
Divulgação

Chevrolet Onix Plus: vetsão sedã do Onix é o modelo mais vendido do segmento hoje em dia, pelos dados da Fenabrave


A versão de entrada do Onix Plus , a 1.0 LT, usa o mesmo conjunto mecânico do Onix básico, composto pelo motor 1.0 aspirado de três cilindros e até 82 cv, combinado a um câmbio manual de seis marchas.

Mas favorecido pela carroceria mais aerodinâmica, é capaz de rodar até 12,5 km/l (estrada) e 10,1 km/l (cidade) com etanol. Equipado com um tanque de 44 litros, o Onix Plus 1.0 tem autonomia de 550 km no uso rodoviário e 444,4 km no uso urbano. O custo aproximado para rodar 500 km é de R$ 119,50 (estrada) e R$ 148 (cidade).

4 – Volkswagen Gol 1.0 – R$ 148 (estrada) e R$ 164,50 (cidade)

Volkswagen Gol
Divulgação

VW Gol 2020: veterano da VW se mantém entre os mais vendidos até hoje no Brasil, mesmo depois de 40 anos do lançamento


O Volkswagen Gol 1.0 usa um motor 1.0 aspirado de três cilindros e até 84 cv, combinado a um câmbio manual de cinco marchas.

O hatch compacto é capaz de rodar até 10,1 km/l (estrada) e 9,1 km/l (cidade) com etanol. Está equipado com um tanque de 55 litros, que permite uma autonomia de 556 km no uso rodoviário e 501 km no uso urbano. O custo aproximado para rodar 500 km é de R$ 148 (estrada) e R$ 164,50 (cidade).

5 – Ford Ka 1.0 S:  R$ 138,50 (estrada) e R$ 161 (cidade)

Ford Ka
Roberto Assunção

Ford Ka tem um dos conjuntos mais bem acertados entre os hatches compactos mais em conta hoje em dia no Brasil


O Ka 1.0 usa em todas as versões um motor de três cilindros e até 85 cv, combinado a um câmbio manual de cinco marchas.

Ford Ka 1.0 é capaz de rodar até 10,8 km/l (estrada) e 9,3 km/l (cidade) com etanol . Está equipado com um tanque de 51 litros, que permite uma autonomia de 550,8 km no uso rodoviário e 474,3 km no uso urbano. O custo aproximado para rodar 500 km é de R$ 138,50 (estrada) e R$ 161 (cidade).

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana