conecte-se conosco


Polícia

Roubaram loja, fizeram live e publicaram foto presos

A tarde dessa quinta-feira (21) começou tumultuada no Bairro Cristo Rei, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá). Dois jovens e um adolescente invadiram a loja Nova Mundo em um assalto, fizeram um funcionário refém e causaram grande tumulto na região. Porém, este era apenas o começo da história, que envolveria, ainda, zombaria com a Polícia […]

Publicados

em

A tarde dessa quinta-feira (21) começou tumultuada no Bairro Cristo Rei, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá). Dois jovens e um adolescente invadiram a loja Nova Mundo em um assalto, fizeram um funcionário refém e causaram grande tumulto na região. Porém, este era apenas o começo da história, que envolveria, ainda, zombaria com a Polícia Militar.

O roubo teve início às 13 horas. Conforme o boletim de ocorrência, os suspeitos entraram na loja armados e anunciaram o assalto, dizendo que queriam levar todos os aparelhos celulares do local e um veículo.

Um dos funcionários conseguiu acionar a polícia por telefone e, quando a PM chegou ao local, um dos suspeitos, de 19 anos, pegou um funcionário de 24 anos pelo pescoço e o levou para o fundo da loja, como refém.

Outros dois suspeitos, de 17 e 24 anos, também correram para os fundos da loja e se esconderam no depósito, mantendo o funcionário como refém.

Equipes do 25º Batalhão da Polícia Militar, da Força Tática e do Bope foram acionadas e depois de uma hora de negociação os três suspeitos se entregaram e libertaram o funcionário.

Com eles foram encontrados um revólver calibre 38, uma arma falsa tipo pistola e 102 celulares que seriam roubados da loja.

Já na delegacia, o funcionário feito refém relatou que a todo momento foi ameaçado de morte, tendo o revólver apontado para sua cabeça e peito e ouvindo dos suspeitos que iriam atirar.

A live

Durante a hora que o funcionário vivia momentos de terror, os suspeitos se divertiam fazendo uma live – vídeo ao vivo – no Facebook. As imagens foram gravadas pelo site Hiper Notícias. 

Mais tarde, na mesma página no Facebook, quando os dois jovens e o adolescente já estavam na delegacia, uma foto dos três algemados foi publicada. 

Dessa vez, segundo o site Hiper Notícias, a publicação rendeu ainda mais comentários, sendo alguns reprobatórios, como um colega que disse: “Tá difícil, camarada, não quer melhorar, é o que dá”. Ou outro que escreveu: “Eu acho pouco, deveria apodrecer na cadeia. Gente, como pode fazer reféns? E ainda tem pessoas que comentam a foto dizendo que se Deus quiser ele sai”.

Mas houve também apoiadores, afirmando: “Quer dizer nada não. Logo, logo tão aí na rua. Se Deus quiser sai na custódia”. Ou defendendo: “Você não sabe nem o que você está falando, dona. Eles fazem isso porque você não sabe o que a polícia faz com nós (sic) no dia a dia”.

Nesta sexta-feira (22) a publicação havia sido apagada. Não há informações sobre quem a teria publicado, visto que os três aparecem algemados na foto.


Comentários Facebook
Propaganda

Polícia

Cerca de 200 quilos de drogas são incinerados em Linhares

Publicados

em

Por

Na última sexta-feira (24), foram incinerados mais de 200 quilos de drogas em Linhares. O procedimento foi acompanhado por policiais civis da Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc) de Linhares e por um membro da Vigilância Sanitária local.

O montante de drogas é resultado de apreensões feitas pela Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) e pela Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), nos municípios de Sooretama, Linhares e Rio Bananal, durante o ano de 2021 até junho deste ano. O procedimento foi realizado por autorização do Poder Judiciário, em uma empresa de beneficiamento de cana no município.

“Entre as drogas incineradas estão cocaína, crack e maconha, sendo essa última representando um pouco mais da metade dos entorpecentes”, informou o titular da Delegacia Especializada de Narcóticos de Linhares, delegado Tiago Cavalcanti.

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana