conecte-se conosco


Cidades

São Mateus busca novos pontos de captação de água potável nas zonas urbana e rural

Publicados

em

Na manhã desta terça-feira (05) uma comissão liderada pelo prefeito de São Mateus em exercício, Ailton Caffeu, visitou alguns pontos do Rio Cricaré para identificar possíveis novos locais de captação de água potável, uma vez que a salinização já atinge boa parte do Rio. Uma outra frente de ações, frisou Caffeu, será a construção de poços artesianos nas zonas urbana e rural do Município.

Devido à estiagem, o Cricaré salinizou de novo e já há falta d’água potável em alguns bairros de São Mateus, uma vez que os 15 poços artesianos sozinhos não estão mais dando conta de manter o abastecimento.

A construção de novos poços está na pauta a ser levada para o governador Renato Casagrande na reunião agendada para amanhã, na Capital. Caffeu também solicitará 20 caminhões-pipa e recursos para aquisição de equipamentos.

“Contamos com a compreensão e solidariedade do governador, com o qual eu tenho uma relação muito boa. Estamos buscando soluções emergenciais com o abastecimento através de carros-pipa, mas só isso não é suficiente. Também estudamos soluções a médio prazo, mas enquanto isso precisamos garantir água potável para a população. E quem tem sede não pode esperar” – observou.

Os poços

Caffeu levará a Casagrande pedido de liberação de recursos para construção de poços artesianos nas seguintes localidades:

Zona Urbana

  • – Bairro Pedra D’água (Areinha)
  • – Bairro Boa Vista
  • – Bairro Centro
  • – Bairro Ideal
  • – Bairro Posto Esso (que beneficiará também moradores do Bela Vista)
  • – Carapina
  • – Parque Washington
  • – Morada do Lago
  • – Jambeiro

Zona Rural

  • – Barra Nova Norte
  • – Barra Nova Sul
  • – Ferrugem
  • – Santa Leocádia
  • – KM 28
  • – Nestor Gomes (KM 41)
  • – São Cristóvão
  • – Itauninhas
  • – Dilô Barbosa
  • – Córrego do Chiado
  • – Santa Maria

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Chuvas: mais de 280 toneladas de lixo são recolhidos após limpeza nos bairros de Linhares

Publicados

em

Por

Após as fortes chuvas registradas em Linhares no último domingo, dia 28, as equipes da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (Semob) têm realizado um intenso trabalho de limpeza de via urbanas a fim de desobstruir bueiros e galerias e evitar novos pontos de alagamento.

Durante a operação realizada na segunda-feira (29), em todos os bairros da sede, mais de 280 toneladas de resíduos foram removidos das vias públicas, bueiros e galerias.  Conforme a secretaria, em consequência da chuva, havia muito lixo espalhado, além de areia e material proveniente da construção civil, que impediam o escoamento da água até os bueiros.

“Infelizmente, as pessoas não se dão conta da importância de mantermos uma rede de drenagem eficiente. E para isso, dependemos único e exclusivamente da cooperação dos moradores, no que diz respeito ao descarte correto do lixo”, aponta o secretário de Obras e Serviços Urbanos, João Cleber Bianchi.

Apoio da população

Para que o trabalho de limpeza urbana seja eficiente, é preciso que os cidadãos acompanhem o cronograma de recolhimento e façam o depósito dos materiais em locais adequados, seja em caçambas (resíduos da construção civil), em lixeiras e sacos plásticos (lixo domiciliar) e acondicionado no dia anterior à data de coleta, no caso de entulho – observando para evitar calçadas e ciclovias.

Outra forma de destinação correta de resíduos são os Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) para o recolhimento de materiais recicláveis, instalados nos bairros da sede e no interior. Ao todo são 180 equipamentos instalados nas unidades de ensino, unidades de saúde, supermercados, hospitais e empresas privadas do município.

De acordo com João Cléber, a destinação incorreta de lixo é o principal fator para ocorrência de enchentes. “Caso não haja uma mudança cultural na forma de encararmos os resíduos e o lixo que geramos, de modo geral, os problemas como entupimento de bocas de lobo, assoreamento de galerias e, sobretudo, a ocorrência de alagamentos, irão se agravar cada vez mais”, aponta o secretário.

As demandas de limpeza e manutenção no sistema de drenagem, além de reparos na pavimentação de ruas e avenidas, podem ser registradas por meio do telefone (27) 3372 2117.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana