conecte-se conosco


Estado

Sebrae/ES e Escola do Associativismo ofertam 10 cursos online e mais 4 novos módulos serão criados

Publicados

em

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae/ES) assinou, na tarde desta quinta (21), um convênio de cooperação técnico-financeira com a Escola de Associativismo (EA). A parceria garante a oferta de 10 cursos e quatro novos módulos didáticos, todos online e com conteúdo ligado às questões associativistas.

A produção desses quatro novos cursos e módulos didáticos serão agregados ao portfólio de soluções já oferecido pela Escola de Associativismo. Atualmente a instituição tem um conjunto com 16 títulos, e até o final do convênio serão 20.

“Temos o desafio, no Sebrae/ES, de ampliar a nossa relação com as entidades empresariais. Nosso desafio é de chegar até o final deste ano com 100 entidades credenciadas conosco. E esse credenciamento tem duas pernas: uma para ampliar o relacionamento do Sebrae/ES com essas entidades; e outra como perna financeira, para pagar por serviços prestados a essas entidades, contribuindo com o fortalecimento e o crescimento dessas instituições. Essa parceria com a Escola do Associativismo é mais um passo de valorização junto às entidades empresariais, contribuindo para o fortalecimento da representação empresarial e das lideranças. Com representações fortes teremos um mundo melhor, com lideranças melhores”, salientou o superintendente do Sebrae/ES, Pedro Rigo.

O convênio foi assinado em solenidade realizada na sala do Conselho Deliberativo Estadual (CDE), na sede do Sebrae/ES, em Vitória. Junto ao superintendente Pedro Rigo, estavam o diretor técnico do Sebrae/ES, José Eugênio Vieira; o presidente do Conselho de Gestão da EA, Sérgio Castro; o diretor da Escola de Associativismo, Fábio Dias; e o vice-diretor da EA, Agostinho Rocha.

“Esse convênio visa contribuir para que a Escola do Associativismo tenha mais sucesso. O apoio do Sebrae/ES vem para somar com o trabalho já desenvolvido pela instituição”, pontuou o diretor José Eugênio Vieira.

Crescimento

Para o presidente do Conselho de Gestão da EA, Sérgio Castro, a relação construída junto ao Sebrae/ES é frutífera e tem gerado o crescimento da Escola de Associativismo. “Temos percebido, claramente, quando atuamos com as associações, especialmente de empreendedores, que a maioria dos associados são micro e pequenos empresários. Ou seja, essa parceria com o Sebrae/ES faz ainda mais sentido para a atuação de nossa Escola”, disse Castro.

O convênio tem como objetivo melhorar a capacidade de gestão das entidades associativas, bem como das MPEs a elas vinculadas, para que possam agregar ainda mais valor aos serviços prestados aos afiliados. A previsão é de capacitar, aproximadamente, 250 pessoas, com participação média de 25 alunos por curso oferecido. Cada atividade terá capacidade máxima para 40 pessoas.

Cursos

Segundo o diretor da EA, Fábio Dias, a previsão é de que dois cursos sejam oferecidos ainda neste ano. “Quanto ao desenvolvimento dos 4 novos módulos já decidimos que o primeiro dos quatro  que vamos desenvolver, será sobre a fusão das associações”, adiantou Dias.

Todos os serviços serão realizados de forma remota, por meio online. Os conteúdos assíncronos estarão disponíveis no portal da EA https://escoladeassociativismo.com/, que será responsável em executar o convênio. As aulas serão realizadas por meio da plataforma Zoom.

Os cursos terão temáticas diversas, abordando sobre a importância do associativismo para o desenvolvimento das próprias entidades empresariais e beneficiando todas as empresas a elas coligadas, sendo essas formadas, em sua grande maioria, por micro e pequenos empreendimentos.

Entende-se por entidades associativas, por exemplo, as Associações Comerciais, os Clubes de Diretores Lojistas, os Sindicatos Setoriais e os Institutos de Executivos, assim como outras entidades que representam, direta ou indiretamente, as empresas capixabas, tanto as urbanas quanto as rurais.

Público-alvo

Os cursos serão oferecidos para entidades associativas de empreendedores, localizadas no Espírito Santo, e que representam as Micro e Pequenas Empresas (MPEs) dos mais diversos segmentos, cujos representantes poderão participar dos cursos e módulos didáticos.

Também atende aos proprietários de MPEs, residentes do Espírito Santo, que desejam aprofundar seus conhecimentos na temática associativa, proporcionando não apenas ganhos individuais, mas, principalmente, potencializando as vantagens da ação coletiva em prol do desenvolvimento econômico do Estado.

Escola

A Escola de Associativismo é uma instituição sem fins lucrativos, criada em 2015, e que tem como objetivo elaborar e executar um conjunto de ações que estimule a educação e a formação de associados e dirigentes de associações, bem como a difusão de princípios de eficiência e boa governança, estendendo seus benefícios para as Micro e Pequenas Empresas filiadas.

Através de cursos, palestras e conteúdo online, a instituição disponibiliza informação gratuita àqueles que buscam participar ou melhorar sua atuação em uma associação, engajar suas entidades, melhorar os serviços prestados e o retorno aos associados. Mais informações: https://escoladeassociativismo.com/.

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Parque Estadual da Pedra Azul participa de ação de educação ambiental com escolas da região

Publicados

em


A equipe do Parque Estadual da Pedra Azul (Pepaz), em Domingos Martins, participou de um evento de educação ambiental, com alunos das escolas de São Paulo do Aracê e da Vila de Pedra Azul, regiões do entorno da Unidade de Conservação. A ação foi realizada próxima ao Pepaz e contou com a soltura de pássaros nativos.

Os 39 pássaros que foram soltos são nativos da espécie Trinca Ferro (Saltator Similis) e viviam em situação de cativeiro irregular. Todos foram apreendidos em ações de fiscalização do Ibama. Antes de serem soltos, eles passaram uns dias sob os cuidados da equipe do Pepaz, para se ambientarem e se acostumarem com o clima.

Além da soltura, o evento contou ainda com a amostra simbólica de destruição das gaiolas apreendidas. A ação foi realizada pelo Instituto Canal (SOS Mata Atlântica) e pelo Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas-ES) do Ibama.

“A participação do Parque Estadual da Pedra Azul neste evento socioeducativo vem ao encontro de um dos programas de gestão da unidade, que é a sensibilização e educação ambiental das comunidades do entorno. Essa ação é de grande relevância para a UC, pois, além de termos tido a oportunidade de colaborar com a ambientação dos pássaros na região, pudemos participar deste momento de soltura e conscientização ambiental destas crianças”, destacou a gestora do Parque, Lorenza Zandonadi.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Iema
Karolina Gazoni
(27) 3636-2591/ 99977-1012
[email protected]/ [email protected]
Instagram: @meioambientees
Facebook: Meio Ambiente ES

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana