conecte-se conosco


Cidades

Secretaria de Saúde de Cachoeiro alerta para prevenção de doenças típicas do inverno

Publicados

em

Higienizar frequentemente as mãos é um dos cuidados indicados para prevenir doenças infecciosas - Foto: Reprodução/web

Com a chegada do inverno, nesta terça-feira (21), a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) de Cachoeiro reforça em relação aos cuidados básicos para evitar as síndromes gripais características desta época do ano.

De acordo com a pasta, é importante lavar bem as mãos várias vezes ao dia com água e sabão. Se a pessoa estiver resfriada, deve fazer uso de lenços descartáveis, além de evitar aglomerações, manter os ambientes bem ventilados, não compartilhar objetos de uso pessoal como copos, talheres e toalhas. Ao tossir ou espirrar, é importante cobrir o nariz e a boca e, logo após, higienizar as mãos.

Em atenção às orientações da Secretaria de Estado de Saúde do Espírito Santo, o uso de máscara segue obrigatório em todas as unidades assistenciais de saúde. Além disso, a utilização do item é recomendada nas escolas e demais ambientes fechados.

Em caso de manifestação de sinais de síndromes gripais, a Semus orienta que os pacientes com sintomas leves, como coriza, garganta irritada ou febre baixa, procurem atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) mais próximas de suas residências, de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h.

Para casos mais graves, como febre alta e dificuldade para respirar, a orientação é se dirigir aos pronto atendimentos, como a UPA 24h (Marbrasa) e o PPG, que são as referências nesses casos.

Em sua página no site da Prefeitura de Cachoeiro, a Semus disponibiliza os endereços e telefones de todas as unidades de saúde do município.

Vacinação

Outra orientação relevante é manter a vacinação em dia contra a gripe e a Covid-19, principalmente as pessoas pertencentes aos grupos de riscos, como os idosos, que possuem um sistema imunológico mais frágil, e são mais suscetíveis a infecções. Em Cachoeiro, os dois imunizantes podem ser encontrados em todas as salas de vacinação disponíveis

Segundo o secretário municipal de Saúde, Alex Wingler, os cuidados são importantes, também, para prevenir novas ondas de infecções de Covid-19. O número de casos da doença tem aumentado em todo o país.

“Além das síndromes gripais típicas do inverno, temos, também, a preocupação com a Covid-19. Os cuidados para evitar essas doenças são hábitos simples do cotidiano, mas que possuem grande relevância na interrupção dos ciclos de infecção. Além disso, é importante que todos atualizem seus esquemas vacinais, para aumentar a imunidade contra essas doenças”, destaca o secretário.

Wingler ressalta, ainda, os riscos da automedicação. “Uma vez atendido por um médico, é importante que o paciente siga as orientações do profissional e evite se automedicar, o que pode acabar encobrindo uma doença mais séria ou algo que poderia ter sido tratado de uma forma mais simples”, finaliza.

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Prêmio Anchieta Arte e Cultura será retomado com apoio da Secult

Publicados

em

Por

Anchieta foi um dos primeiros municípios capixabas a receber recursos do Programa de Coinvestimento da Cultura – Fundo a Fundo, do governo do Estado. O plano de ação do município prevê a retomada do Prêmio Anchieta Arte e Cultura, que teve apenas duas edições nos anos de 2010 e 2011.

Em 2022 a ideia será revista e pretende premiar 14 fazedores de cultura, com prêmios que variam de R$ 5 mil a 20 mil. O edital, que será a terceira edição do Prêmio Anchieta Arte e Cultura, está previsto para ser lançado em julho, exclusivo para os artistas de Anchieta.

Segundo a gerente de Cultura e Patrimônio Histórico de Anchieta, Maria Fernanda Barros, o prêmio foi uma ferramenta de grande incentivo às artes e cultura na cidade. “Na época, eu como artista participei do prêmio e pude executar importantes passos em minha carreira. A retomada será importante para a cultura local e também uma homenagem ao ex-prefeito Edival Petri, que abriu as portas para apoiar as artes locais com essa iniciativa”, declarou a gerente.

Barros, que faz parte da comunicação na Mesa Diretora do Fórum de Secretários e Dirigentes Municipais de Cultura do Espírito Santo, explica que o Estado disponibilizou para Anchieta o valor de R$ 89 mil no Programa Fundo a Fundo e o município, em contrapartida, adicionou o valor de R$ 60 mil, totalizando R$ 149 mil para investimento no Prêmio Anchieta Arte e Cultura.

O edital do Prêmio Anchieta Arte e Cultura está previsto para ser lançado em julho para todos os artistas. A decisão para utilizar o recurso estadual para execução do Prêmio Anchieta Arte e Cultura partiu da gerência com aprovação do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Anchieta.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana