conecte-se conosco


Estado

Secretário de Saúde do ES diz que governo pode decretar ‘lockdown’ por até 21 dias

Publicados

em

O governo do Espírito Santo pode adotar em junho um fechamento total do comércio e do transporte público em todo o Estado caso o índice de distanciamento social não cresça nos próximos dias. A medida foi anunciada pelo secretário Estadual da Saúde, Nésio Fernandes, nesta sexta-feira (22) em um pronunciamento oficial do governo. No dia anterior, o secretário já havia mencionado essa possibilidade à rádio BandNews FM.

De acordo com o Painel Covid-19, que monitora o percentual do isolamento no Estado, a média capixaba é de 48,47%. Nesta quarta-feira (20), o índice era de 47%.

“É preciso interromper a cadeia de transmissão pelo distanciamento social para reduzir o numero de casos. Não podemos esperar que 40% a 50% da população seja infectada. Isso representaria uma quantidade desproporcional de vidas perdidas. Até o presente momento, estamos vencendo e acertando. No entanto, é preciso calibrar as medidas de isolamento social. Se isso não ocorrer, poderemos reconhecer o risco extremo em vários municípios e regiões e decretar o lockdown no Estado com a a possibilidade de fechar ruas, (fechar) plenamente o comércio, o transporte coletivo e parte da indústria por pelo menos 14 a 21 dias”, disse o secretário Nésio Fernandes.

Confira:

 

Fonte: ES 360

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Arboviroses apresentam sintomas semelhantes aos da Covid-19

Publicados

em


A Covid-19 apresenta alguns sintomas semelhantes a outras doenças que afetam a população do Espírito Santo. Manifestações como febre, dor de cabeça, dores no corpo e diarreia podem indicar infecção por dengue, zika ou chikungunya, dificultando, em alguns casos, o diagnóstico do novo Coronavírus.

O vetor responsável pela transmissão dessas doenças, o Aedes aegypti, circula durante todo o ano, mas é no Verão que sua proliferação tende a aumentar. Isso ocorre devido às chuvas constantes e temperaturas elevadas, um ambiente perfeito para a reprodução do mosquito.

Para evitar os surtos de arboviroses, é importante que toda a população esteja empenhada em eliminar os focos do inseto, com as seguintes ações: manter as garrafas de cabeça para baixo, escovar bem as bordas dos recipientes, colocar areia nos pratinhos de plantas, manter caixas d’água bem vedadas, entre outras medidas de prevenção. Além disso, todos devem estar atentos aos indícios de contaminações por qualquer vírus, buscando ajuda médica para receber o diagnóstico e auxílio correto.

Veja aqui o 1º boletim da dengue.

Veja aqui o 1º boletim de zika.

Veja aqui o 1º boletim chikungunya.

Anticorpos IgG em amostras de dengue e chikungunya 

A Secretaria da Saúde, por meio do Laboratório Central de Saúde Pública do Espírito Santo (Lacen/ES), realizou um estudo que detectou a presença de anticorpos IgG, específicos para SARS-CoV-2, em amostras de infecções por arboviroses (dengue e chikungunya), referentes ao mês de dezembro de 2019.

Foram analisadas 7.370 amostras de soro de pacientes suspeitos de infeção pelas arboviroses. Dessas, 210 amostras foram positivas para a presença de anticorpos da Covid-19. 

Durante a apresentação dos resultados da pesquisa, o coordenador-geral do Lacen/ES, Rodrigo Ribeiro Rodrigues, levantou a questão de o aumento de casos das arboviroses poderem dificultar o diagnóstico para a Covid-19.  “Isso traz uma contribuição importante ao Sistema Único de Saúde, uma vez que independentemente da existência do diagnóstico positivo para a arboviroses, deve-se sempre ser considerada, em especial no ano que se passou e neste que se inicia, a infecção pelo SARS-CoV-2, uma vez que ambas as doenças apresentam sinais e sintomas semelhantes”, destacou Rodrigues. 

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Sesa

Syria Luppi / Kárita Iana / Paula Lima / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes / Danielly Schulthais

[email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana