conecte-se conosco

Estado

Sedu visita escolas atingidas pelas chuvas na região sul do Estado

Publicado

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, esteve na região sul do Estado, nessa segunda-feira (20), para acompanhar a situação das escolas atingidas pelas fortes chuvas. Também estiveram na região o subsecretário Aurélio Meneguelli Ribeiro e o gerente de Rede Física Escolar da Sedu, Marcelo Amorim, para analisar a situação das unidades escolares e tomar as providências necessárias.

O secretário Vitor de Angelo relatou o que viu nos locais. “Fui ao sul do Estado visitar escolas atingidas pelas chuvas em Iconha, Vargem Alta e Rio Novo do Sul, onde encontra-se um cenário de muita destruição e perdas. Assisti à triste cena de centenas de livros estragados pelas chuvas e pela lama serem levados em carrinhos-de-mão, um após outro, para uma montanha de obras didáticas inservíveis. Mas também vi muita solidariedade, o que sempre nos anima a recomeçar”, disse.

As unidades visitadas foram as escolas Estaduais de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Coronel Antônio Duarte, em Iconha; a EEEFM Agostinho Agrizzi, e a Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) Guilherme Milaneze, ambas localizadas no município de Vargem Alta.

Segundo o subsecretário Aurélio Meneguelli, apenas as quadras poliesportivas das escolas Coronel Antônio Duarte e Agostinho Agrizzi foram afetadas pelas chuvas. “As quadras já passaram pela limpeza e não houve danos nos demais ambientes dessas unidades”, informou.

Já a Escola Guilherme Milaneze teve a biblioteca e a cozinha afetadas, mas o subsecretário ressaltou que as providências já estão sendo tomadas para não haver prejuízo ao início do ano letivo. “A equipe de alimentação escolar está no local realizando a limpeza e substituindo os materiais. Vamos destinar um recurso extra ao Conselho de Escola para realizar os demais reparos, como a biblioteca e o que mais for necessário”, garantiu Meneguelli.

Os diretores das unidades escolares estão acompanhando os serviços, a fim de garantir que tudo esteja em ordem para o início das aulas, que será no próximo dia 04 de fevereiro.

Texto: Soraia Camata


Informação às escolas:
Sugestões de notícias devem ser enviadas para o e-mail [email protected]

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sedu
Mirela Marcarini / Geiza Ardiçon
(27) 3636-7705 / 7706/ 7707/ 7888 / 99956-2479 / 99802-9043
[email protected] / [email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
publicidade

Estado

BOLETIM SALA DE SITUAÇÃO – 02/04/2020

Publicado

.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, liderou uma nova reunião da Sala de Situação de Emergência em Saúde Pública, nesta quinta-feira (2), no Palácio Anchieta, em Vitória. Casagrande lançou a campanha “ES Solidário” em que pessoas físicas e jurídicas poderão fazer doações ao Governo do Estado para ajudar no combate ao novo Coronavírus (Covid-19). Todas as instruções estarão disponíveis no Portal do Governo (www.es.gov.br) ou no site do Coronavírus (http://coronavirus.es.gov.br).

Também foi anunciado que as 17 bases operacionais do Corpo de Bombeiros Militar estarão recebendo cesta básicas e kits higiene para doação, que serão entregues pela Defesa Civil Estadual e municipais, em parceria com as secretarias municipais de Assistência Social na residência dos beneficiários para evitar aglomerações. As bases estão localizadas nos municípios de São Mateus, Nova Venécia, Barra de São Francisco, Colatina, Linhares, Aracruz, Serra, Vitória, Cariacica, Santa Leopoldina, Vila Velha, Guarapari, Anchieta, Marechal Floriano, Venda Nova do Imigrante, Cachoeiro de Itapemirim e Guaçuí.

Casagrande informou também que será prorrogado o prazo de suspensão do funcionamento de estabelecimentos comerciais até o próximo dia 12, porém, novos tipos de comércios foram incluídos no rol de atividades que podem abrir as portas.

Novo decreto flexibiliza abertura de comércio

Além do rol de estabelecimentos que já estavam autorizados a funcionar, o decreto que será publicado nesta sexta-feira (3) inclui mais atividades, como lojas de venda de chocolates, lojas de conveniência, lojas de venda de materiais de construção, lojas de venda de peças automotivas, lojas de venda de veículos automotores, borracharias, oficinas de reparação de veículos automotores e de bicicletas. A medida vale a partir da próxima segunda-feira (6).

Foi fixado um horário de atendimento presencial das 10h às 16h para lojas de materiais de construção, venda de peças automotivas, venda de veículos automotores, borracharias, oficinas de reparação de veículos automotores e de bicicletas. A limitação não se aplica no caso de retiradas de mercadorias no próprio estabelecimento e serviço de entrega (delivery).

Em relação aos restaurantes, os estabelecimentos já estavam autorizados a funcionar até às 16h, contudo, aqueles localizados às margens de rodovias estaduais, às margens de rodovias federais e em aeroportos, com exceção dos situados em áreas urbanas, não têm limitação de horário.

Enquadram-se no conceito de lojas de venda de materiais de construção, os estabelecimentos de venda de ferragens, ferramentas, material elétrico, materiais hidráulicos, tintas, vernizes e materiais para pintura, mármore, granitos e pedras de revestimento, vidros, espelhos e vitrais, madeira e artefatos e cimento, cal, areia, pedra britada, tijolos e telhas.

A Secretaria da Saúde (Sesa) fixará ainda um protocolo a ser observado pelos estabelecimentos comerciais que estiverem com funcionamento autorizado.

 

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana