conecte-se conosco


Estado

Sefaz orienta gestores municipais sobre como celebrar convênios com Estado

Publicados

em

 

A Secretaria da Fazenda (Sefaz) organizou, nessa terça-feira (08), uma capacitação para orientar gestores municipais sobre como formalizar convênios e captar recursos com o Estado do Espírito Santo. O evento contou com a participação da subgerente de Convênios da Secretaria de Gestão e Recursos Humanos (Seger), Débora Carmo, e do consultor do Tesouro Estadual, Eduardo Araujo.

“Estamos promovendo vários webinários para ajudar gestores municipais sobre como conseguir recursos para viabilizar projetos. Neste encontro debatemos os procedimentos de como apresentar propostas, executar despesas e fazer a prestação de contas de convênios celebrados com o Estado do Espírito Santo”, comentou o consultor do Tesouro Estadual e coordenador da Rede de Líderes Públicos, Eduardo Araujo.

Débora salientou a dificuldade dos municípios atenderem todas as demandas da sociedade com recursos próprios e que os convênios são uma excelente oportunidade para a essa situação.

“Os municípios capixabas contam com uma importante fonte de recursos estaduais, inclusive provenientes de emendas parlamentares, que são repassadas por meio da celebração de convênios com o Governo do Estado. Para conseguirem captar esses recursos, é essencial que os municípios conheçam suas demandas, tenham bons projetos e propostas para apresentar às secretarias estaduais concedentes e mantenham o Certificado de Registro Cadastral de Convênios (CRCC) atualizado”, disse a subgerente de Convênios da Seger.

O evento foi transmitido pelo canal da Rede de Líderes Públicos em Captação de Recursos no YouTube. O webinar está disponível para acesso ao público em geral. Clique AQUI para assistir.

Saiba mais

A Rede de Líderes Públicos é uma iniciativa da Sefaz para promover a aproximação de gestores estaduais e municipais, que atuam com captação de recursos. Participam da Rede cerca de 170 servidores, representando todos os municípios capixabas. Os vídeos com os debates podem ser acessados no canal da Rede de Líderes Públicos no YouTube.

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Em um mês de funcionamento, ala Covid-19 do Himaba já registrou mais de 30 altas médicas

Publicados

em

 

Em um mês de funcionamento, a ala Covid-19, anexa ao Hospital Estadual Infantil e Maternidade Dr. Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha, administrado pelo Instituto Acqua, já recebeu 84 pacientes e tem mais de 30 altas registradas, cerca de um paciente por dia.

O subsecretário de Estado de Regulação, Controle e Avaliação em Saúde, Gleikson Barbosa dos Santos, destaca que essa ampliação de leitos é fundamental no enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) no Estado.

“Essa decisão do Governo do Estado em investir na ampliação de leitos, principalmente na rede própria, é de extrema importância para que consigamos vencer essa batalha contra a Covid-19. Além disso, é uma alegria enorme ver as pessoas se recuperando contra a doença e voltando para suas famílias”, ressaltou o subsecretário.

Para o médico intensivista Juan Carlin Passos, coordenador médico da unidade e que atua na linha de frente desde o início da pandemia, a estrutura da unidade e o empenho da equipe são destaques nesses trinta dias.

“Tivemos o desafio de montar a estrutura em pouco tempo e temos aqui o que há de melhor no mercado. A equipe é experiente e a gente tem uma facilidade muito grande de comunicação interna e de trabalhar em conjunto. Somos um time. Isso é essencial porque nosso objetivo é sempre prestar um atendimento de qualidade para os nossos pacientes”, disse Passos.

O acesso aos 30 leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e aos 52 de enfermaria acontece via Regulação Estadual. A ala conta com 170 colaboradores.

O novo espaço, apesar de ser anexo ao Himaba, tem acesso independente da unidade pediátrica e conta com equipe médica e assistencial distintas. Os novos leitos, a princípio, seriam destinados ao atendimento pediátrico, mas, com a pandemia da Covid-19, o perfil de atendimento foi modificado para auxiliar a rede hospitalar capixaba no enfrentamento à doença.

Humanização 

Diariamente, familiares dos pacientes recebem por e-mail o boletim médico e aqueles que estão na enfermaria têm a possibilidade de falar com os parentes, por meio de videochamadas realizadas pelos psicólogos.

“Procuramos deixar os familiares o mais bem informados, com relação a tudo que está acontecendo com o paciente, já que não pode haver visitas. Buscamos ter essa sensibilidade que faz muita diferença. Gosto de falar com eles por telefone e explicar a evolução de quem está aqui dentro”, informou Juan Passos.

A mesma percepção tem a enfermeira Auxiliadora Gava, que atua há 12 anos e também está na linha de frente desde o início da pandemia. “Trabalhamos muito a humanização no atendimento, sentindo qual a necessidade de cada um. Entendo que como na ala Covid o paciente fica distante da família, a gente acaba ficando mais próximo dele. É gratificante demais ver cada um ir embora, recuperado e voltando para suas famílias. É o resultado de muito trabalho por toda equipe”.

Um dos pacientes que passou pela ala Covid-19 do Himaba foi Ivo Alves Noronha. No momento da alta, muito emocionado ao som do hino do Flamengo, seu time do coração, ele agradeceu à equipe que o acolheu. “O atendimento e as instalações aqui são excelentes. Muito obrigado pelo cuidado que vocês tiveram comigo”.

Instituto Acqua

O Instituto Acqua é uma Organização Social (OS) sem fins lucrativos com sede em Santo André, Região Metropolitana de São Paulo. Com 22 anos de história, atua na área de saúde pública e privada em todo o território nacional.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana