conecte-se conosco

Esporte

Série D: Gama faz 3 a 0 sobre Bahia da Feira e mantém invencibilidade

Publicado


O Gama, de Brasília, conseguiu neste sábado (16) a sexta vitória na Série D do Campeonato Brasileiro, ao derrotar por 3 a 0 o Bahia de Feira, equipe de Feira de Santana (BA), em jogo válido pela sétima rodada. O Alviverde se distanciou na liderança do Grupo 6: soma agora 19 pontos, oito a mais que o Brasiliense, segundo colocado. Já o Tremedão, segue em quarto lugar na chave, com 10 pontos. O placar pode aparentar que o jogo foi fácil para a equipe brasiliense, diante de um Bahia de Feira descaracterizado, cheio de desfalques: além de não poder contar com três jogadores contundidos, o técnico Arnlado Lira precisou inovar para contornar a ausência de seis atletas que testaram positivo para o novo coronavírus (covid-19) às vésperas do duelo. Mas, o que ser viu em campo foi um jogo parelho, pelo menos até metade do segundo tempo

O Gama começou melhor, podendo contar com o brilho do meia Andrei Alva, de volta ao time após cumprir suspensão. O atacante Nunes também entrou cheio de vontade de balançar a rede. E aos 19 minutos teve protagonizou a melhor oportunidade do Gama, arriscando de dentro da área. Mas, após o intervalo para hidratação, o Tremendão reorganizou a defesa e equilibrou a partida. O camisa 7 Tico mandou três bolas perigosas ao go de Calaça, e por pouco não abriu o placar para a equipe baiana. O gol veio do outro lado, aos 32 minutos, após um longo lançamento de Andrei Alba para Nunes que amaciou no peito antes para Esquerdinha marcar um golaço, de direita. O gol desestabilizou o time baiano, e o Gama por pouco não ampliou ainda na primeira etapa.

No segundo tempo, o Bahia de Feira parecia determinado a igualar o placar no Bezerraõ. Logo aos dois minutos, após escanteio Kel Baiano subiu mais que a defesa testou para fora. Na sequência, David Souza arrancou em contra-ataque pela direita e lançou Vitor Xavier que chutou forte, mas Marcos fez bela defesa e evitou o segundo gol do Gama. O jogo seguiu aberto, com chances de lado a lado. Até que aos 27 minutos, Andrei Alba aproveitou a cobrança de falta e cruzou na medida para Wallace sozinho ampliar para o Gama. A partir daí, o domínio foi total da equipe brasiliense, que ainda fez o terceiro aos 30 minutos, com David Souza. A vitória por 3 a 0 pode ter virado goleada, mas o Gama administrou o placar até o fim da partida.

A Série D do Campeonato Brasileiro tem 64 clubes, abrange os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal. Sob critérios regionais, as equipes foram divididas em oito grupos com oito times cada. Os quatro melhores de cada grupo avançam ao mata-mata. Os quatro clubes classificados para a semifinal ganham o direito de disputar a Série C em 2021.

Confira aqui a tabela de classificação da Série D do Campeonato Brasileiro.

Transmissão da TV Brasil

Na próxima segunda-feira (19), a TV Brasil transmite ao vivo o duelo Brasiliense e Vila Nova, às 15h (horário de Brasília), direto do estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga (DF). A partida também pode ser acompanha por agui:

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook
publicidade

Esporte

Brasileiro conquista bronze inédito na Copa do Mundo de Canoagem

Publicado


O paulista Pedro Gonçalves, mais conhecido como Pepê, fez história neste sábado (17), ao conquistar a medalha de bronze inédita no K1 (caiaque individual masculino), na etapa da Copa do Mundo de Canoagem, em Tacen, na Eslovênia. Esta é a primeira competição da equipe brasileira, após paralisação das disputas internacionais, em decorrência da pandemia do novo coronavírus (covid-19). O canoísta fez o tempo de 74,32 segundos, ficando a 0,93 centésimos do primeiro colocado, o sueco Isak Ohrstrom. A prata ficou com o esloveno Peter Krauzer.

Apesar de ter feito a descida mais rápida da prova, na penúltima baliza Pepê sofreu uma penalidade e foi punido com dois segundos a mais. Outro brasileiro, Mathieu Desnocs, também competiu no K1, mas terminou em 17º lugar. 

Em postagem emocionada no Instagram, Pepê, de 26 anos, revelou que a conquista deste sábado (17) é resultado de 11 anos de dedicação. 

“Escrevo esse texto muito emocionado, talvez um cisco entrou no meu olho hehe só eu sei o que eu já passei para hoje dar um passo especial na minha trajetória, são 15 anos de muito trabalho e dedicação. Eu sai de casa com 16 anos em busca de um sonho e de lá pra cá já chorei MUITO amargando provas ruins e resultados que eu queria colocar no lixo, mas passado esses anos fui aprendendo que tudo faz parte da caminhada e do processo pra hoje ele conseguir essa medalha”.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

MINHA PRIMEIRA FINAL EM COPA DO MUNDO, MINHA PRIMEIRA MEDALHA ? Que descida, agressivo do começo ao final e se não fosse uma penalidade de 2 segundos eu ganharia a prova! . Escrevo esse texto muito emocionado, talvez um cisco entrou no meu olho hehe só eu sei o que eu já passei para hoje dar um passo especial na minha trajetória, são 15 anos de muito trabalho e dedicação. Eu sai de casa com 16 anos em busca de um sonho e de lá pra cá já chorei MUITO amargando provas ruins e resultados que eu queria colocar no lixo, mas passado esses anos fui aprendendo que tudo faz parte da caminhada e do processo pra hoje ele conseguir essa medalha. Só eu sei o que já passei nesses anos, todas as coisas que tive que abrir mão pelo esporte que eu amo e eu faria tudo novamente! Ver a bandeira do Brasil tremulando no pódio é algo que me deixa orgulhoso e me faz querer mais e mais. Esse é só o começo do que está por vir, pq agora que cheguei eu não vou mais sair daqui ? Meu muito obrigado a toda torcida, todos que de alguma forma contribuíram para esse sonho se tornar realidade. Obrigado @timebrasil (COB) CBCA e Ministeiro do esporte por todo suporte e condições perfeitas para chegarmos aqui e brigar de igual com os europeus! FOTO @ninajelenc ? #bolsapodio #tokyo2020 @peakukkayaking @galasport_composites @duxnutritionlab @icons.agency @nellsalgado @esportegovbr @rededoesporte

Uma publicação compartilhada por PEPE GONÇALVES (@pepehgoncalves) em 17 de Out, 2020 às 5:49 PDT

A brasileira Ana Sátila também competiu neste sábado (17) no K1 (caiaque individual feminino), mas ficou em novo lugar. Ela entra na água novamente amanhã (18) para disputar a semifinal do C1 (canoa individual feminina). O Brasil terá ainda um outro representante neste domingo na competição: Felipe Borges está na semifinal do C1 (canoa individual masculina).

Ambas as provas terão início às 4h (horário de Brasília) e serão transmitidas ao vivo no Youtube da Federação Internacional de Canoagem.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana