conecte-se conosco


Estado

Serra é o primeiro município da Grande Vitória a aderir ao Programa Agenda Mulher

Publicados

em

 

A Prefeitura Municipal da Serra firmou, junto ao Governo do Estado, o termo de adesão ao Programa Agenda Mulher, nesta terça-feira (02). A solenidade contou com a participação da vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes, e do prefeito da Serra, Sérgio Vidigal.

Jacqueline Moraes explicou que o objetivo do programa é tirar mulheres da invisibilidade e criar condições mais igualitárias na sociedade. “O Programa Agenda Mulher é coordenado pela Vice-Governadoria, mas é transversal, buscando em toda a estrutura do Governo do Estado ações que valorizam o empreendedorismo feminino como primeiro passo para que mais e mais mulheres se dediquem a essa atividade e transformem não só a sua realidade, mas também a de muitas pessoas ao seu redor”.

O prefeito Sergio Vidigal destacou a necessidade de fortalecimento de políticas públicas para mulheres. “O Brasil tem uma história triste de opressão da mulher. Temos que fortalecer as oportunidades para reabrir os caminhos paras as mulheres”, afirmou.

Também presente à solenidade, a secretária de Políticas Públicas para as Mulheres da Serra, Gracimeri Gaviorno, falou sobre as agendas do município voltadas para as mulheres: “é preciso entender a importância do olhar feminino nas decisões públicas. Então, vamos fazer uma agenda nesse sentido, além de abordar as questões do empreendedorismo, da saúde, principalmente da mulher trans, além do desenvolvimento através do esporte. É um diálogo intersetorial”, disse.

Agenda Mulher

O programa Agenda Mulher tem o objetivo de empoderar e dar visibilidade às mulheres, por meio do empreendedorismo, oferecendo e customizando cursos que incluem qualificações diversificadas e até mesmo ferramentas emocionais, envolvendo diversas áreas do Governo do Estado e instituições parceiras. Durante o ano de 2020, foram desenvolvidos 22 projetos por meio do Agenda Mulher, entre os quais, destacam-se:

  • “Elas no Campo e na Pesca”, desenvolvido pela Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), beneficiou mais de 2.000 mulheres com atendimentos, reuniões e visitas técnicas;
  • “Corte de Lovelace”, desenvolvido pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (IFES), certificou 50 meninas, residentes em bairros atendidos pelo Programa Estado Presente em Defesa da Vida, em programação e robótica;
  • Parceria Ela Pode/IRME (Instituto Rede Mulher Empreendedora) capacitou mais de 2.000 mulheres em 16 municípios do Estado;
  • “Oficinas Pense Grande” realizou 175 edições distribuídas em 125 escolas qualificando, ao todo, 5.600 jovens fomentando a cultura do empreendedorismo de impacto social;
  • “Delas”, promovido pela Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e Empreendedorismo (Aderes), levou cursos de capacitação para mais de 1.300 mulheres microempreendedoras e empreendedoras individuais;
  • “Qualificar Mulher ES”, desenvolvido pela Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Trabalho (Secti), oferece diversos cursos de qualificação profissional e teve mais de 8.600 inscritas na modalidade presencial e 25.000 inscritas na modalidade on-line.
  • Em parceria com a Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp), a qualificação “Gestão Estratégia de Pessoas” treinou servidores dentro do mapeamento de perfil e elaboração do Plano de Desenvolvimento Individual, curso de autoliderança e mentorias individuais.

 

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Detran|ES divulga resultado do programa CNH Social

Publicados

em


O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) divulgou a lista com os nomes dos 3 mil selecionados na 1ª fase do programa CNH Social às 12h desta terça-feira (13). A relação está disponível no site www.detran.es.gov.br.

O programa atraiu 59.064 interessados em obter de forma totalmente gratuita a Primeira Habilitação nas categorias A (moto) ou B (carro), fazer a mudança de categoria para D (van, micro-ônibus, ônibus) ou E (caminhão e carreta) ou para a adição de categoria A ou B.

A lista contempla candidatos selecionados de forma eletrônica, de acordo com os critérios estabelecidos pelo programa, que consideram, com base nos dados informados pelo cidadão no Cadastro Único, a menor renda per capita, maior número de componentes no grupo familiar, candidatos com Ensino Fundamental completo, beneficiário do Bolsa Família e data e hora de inscrição. Entre os candidatos que se declararam Pessoa com Deficiência (PCD), poderão ser contemplados somente aqueles cuja deficiência não impeça a obtenção da CNH, na forma da legislação de trânsito vigente.

O diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira, reforça o papel do programa CNH Social especialmente neste ano, como parte do pacote de medidas sociais apresentadas pelo governador Renato Casagrande como uma das ações de proteção social de enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus. “Em cada etapa do programa CNH Social disponibilizamos habilitação gratuita para os capixabas com baixa renda não apenas para formar mais condutores, mas também para que essas pessoas assumam o compromisso com um trânsito mais seguro, já que temos uma etapa de sensibilização que não acontece no processo tradicional, e, principalmente, como um diferencial no mercado de trabalho. Quem não foi selecionado agora ainda tem a chance de ser chamado na lista de suplentes e também de se inscrever nas etapas seguintes”, afirma.

O programa CNH Social é uma iniciativa para que as pessoas de baixa renda no Estado possam ter formação e serem sensibilizadas sobre a importância da proteção da vida no trânsito, além de capacitação a partir da obtenção de uma carteira de motorista, com vistas ao mercado de trabalho.

Também serão abertas, ainda neste ano, mais 2.500 vagas na 2ª fase do programa, em junho, e outras 2.500 na 3ª fase, em setembro, totalizando 8 mil carteiras de motorista e um investimento de R$ 11 milhões em 2021.

Prazos

Os candidatos selecionados nesta fase deverão obedecer aos prazos de abertura e conclusão das etapas do processo de Habilitação. A partir da publicação da relação final dos selecionados, nesta terça-feira (13), o candidato à Habilitação selecionado no programa terá 15 dias para realizar a matrícula on-line no site www.detran.es.gov.br, na aba ‘CNH Social’. O interessado deverá preencher os requisitos solicitados para ter acesso à informação de em qual Centro de Formação de Condutor (CFC) realizará a abertura do seu processo de habilitação, junto ao Sistema RENACH, bem como os documentos necessários que deverá providenciar.

O candidato que não respeitar os prazos estabelecidos será desclassificado, perderá o benefício e o Detran|ES convocará os candidatos suplentes, em ordem classificatória.

Chance para suplentes

Para aqueles candidatos que não forem selecionados nessa lista, haverá uma nova oportunidade de ser contemplado. No dia 1º de junho, às 12 horas, será divulgada uma chamada única de suplentes no site do Detran|ES. O objetivo é preencher as vagas remanescentes após desclassificação de candidatos que não respeitarem os prazos estabelecidos no processo de Habilitação.

Serviço:

– Lista dos 3 mil selecionados na primeira fase do programa CNH Social 2021: Confira aqui 

– Lista única de suplentes: dia 1º de junho, às 12 horas, no site do Detran|ES.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Detran|ES
Rhayan Esteves / Fabricia Borges / Fátima Negrelli / Zu Coelho
[email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana