conecte-se conosco


Entretenimento

‘Sintonia’: Jottapê entrega como lida com assédio das fãs no noivado

Publicados

em

source
Jottapê, de Sintonia, revela como a namorada lida com assédio das fãs
Reprodução – 10/06/2022

Jottapê, de Sintonia, revela como a namorada lida com assédio das fãs

Assim como nas telinhas da Netflix, na vida real Jottapê também chama a atenção do público feminino. Noivo de Stefany Boro desde julho de 2021, o status de comprometido não livra o ator do assédio dos fãs. Mas ao contrário do que muitas pessoas pensam, a situação não traz problemas para o casal.

Cientes de que queriam a vida nos holofotes desde cedo, Jottapê e Stefany já esperavam encarar algumas situações embaraçosas. Ao iG Gente, o ator e cantor conta que o assédio não interfere no relacionamento. Além disso, diz que também vive o ‘outro lugar’, já que a noiva é uma de suas bailarinas e durante os shows também recebe diversas cantadas.

“Quase todo show acontece, alguma menina está um pouco ‘a mais’. Assim como acontece com ela também, de caras e de meninas [darem em cima dela]. É normal, a gente está ali sujeito a isso, super entendemos que é um lance de fama”.

Nas telinhas da Netflix, Jottapê, interpretando MC Doni, também arrasa corações. No seriado da plataforma de streaming, o cantor vive um funkeiro que está iniciando a trajetória no mundo da música.

Na última temporada, os telespectadores viram que com a fama, MC Doni passou a chamar a atenção de influenciadoras e do público feminino. Mesmo protagonizando cenas picantes, Jottapê entrega que ele e a noiva sempre assistem aos episódios juntos. 

“Todos os episódios ela assiste comigo até antes de lançar, eu mostro tudo para ela, é super tranquilo, até pelo fato de que ela é atriz também e já fez alguns trabalhos. Ela é formada em várias áreas da dança e entende esse trabalho da arte. Penso que até por isso dá tão certo. Do mesmo jeito que eu entenderia se fosse ela fazendo um trabalho assim, é tranquilo”.



Nova temporada de Sintonia

Lançada em agosto de 2019, ‘Sintonia’ se tornou uma das principais séries nacionais. A trama mostra a trajetória de três amigos de infância em busca de sonhos. No entanto, a vida da periferia paulistana não é fácil e no meio do caminho os jovens se deparam com desafios, criminalidade e a responsabilidade da vida adulta. 

Desde o início da série, Jottapê se tornou um dos nomes principais da trama e fez com que a história ganhasse continuação. Nos últimos episódios da segunda temporada, o personagem perde o deslumbre com a vida no funk e dedica um tempo ao culto gospel.

Com a mudança repentina, alguns fãs temeram que o personagem deixasse o funk. Apesar da aproximação com o gospel, Jottapê tranquiliza os apaixonados pela série e descarta a possibilidade.

“Doni é um personagem que oscila muito. Acho que ele é um pouco bipolar, uma hora ali quer uma coisa e, depois, ele quer outra, então penso que a galera também vai conseguir compreender isso, mas é o funk aquilo que ele ama fazer e sempre vai estar com ele”.

Na segunda temporada da série, Doni também se vê muito cansado com a rotina dos shows e passa a reavaliar se o trabalho é realmente o sonho. Para Jottapê, a história foi parecida, mas ele já contava com os desafios da carreira.

“Quando eu acertei a primeira música, eu tive que conseguir fazer 60 shows no mês, eram 15 shows por semana, então era bem corrido e não tinha tempo, mas eu tenho consciência que é o que eu sempre sonhei, do que eu sempre pedi para Deus, então não tem do que reclamar. O cansaço é normal”, avalia.

Por ter trajetória um pouco semelhante, como a ascensão no funk e a vivência na periferia, algumas pessoas confundem o cantor Jottapê com o personagem MC Doni. Para facilitar a identificação, o artista classificou as principais diferenças entre Jottapê e o personagem de Sintonia.

“Os dois tinham um sonho de estourar no funk, de viver da música, acho que os dois são bem determinados, aquilo que eles querem eles correm atrás. De diferente, acho que o Doni é mais cabeça dura, a primeira coisa que aparece, a primeira oportunidade, ele já abraça e faz de qualquer jeito. Eu já planejo mais as coisas que eu quero fazer”, analisa.

“O lance de família também, na primeira temporada, a galera viu que o pai do Doni não apoiava muito a carreira dele no funk. Já no meu caso, meu pai sempre me apoiou, tanto nos meus trabalhos como ator quanto nos meus trabalhos como músico e qualquer tipo de arte”, explica.

E se engana quem pensa que o trabalho do artista fica somente na atuação. Nascido na periferia da zona norte de São Paulo, Jottapê também auxilia no roteiro e preparação das cenas. “A galera que produz a série, por exemplo, a galera do roteiro, nem todos têm a vivência de favela. A vivência que nós tivemos. A gente cresceu, a gente veio, então eles montam o contexto, muito bom, inclusive, e tiram algumas dúvidas comigo como ‘Isso aqui realmente acontece na favela?’, caso não, a gente vai montando o roteiro junto”.

Na nova temporada, que estreia dia 13 de julho, Jottapê também auxiliou na criação dos novos personagens que passam a fazer parte da trama. “É meio que um conjunto”, afirma.



Funk e referências

A finalização da gravação da segunda temporada marcou um dia difícil para as pessoas ligadas ao funk. O ator conta que a equipe foi surpreendida com a notícia da morte de MC Kevin, que sofreu um acidente na varanda de um hotel, no Rio de Janeiro.

“Todo mundo ficou abalado, ainda mais que estávamos fazendo uma série de funk. Uma das maiores referências que a gente tinha atualmente era ele. O moleque estava em alta. Ele era meu amigo, era amigo do M10 também, e foi um baque. Todo mundo parou.”

Questionado se a nova temporada pode trazer alguma homenagem ao MC Kevin, o artista diz não saber, mas garante que sempre que pode presta homenagens ao amigo.

“Eles não mostraram [todos os episódios] porque ainda vão mudar algumas coisas até o dia do lançamento, então, eu não se vai ter alguma homenagem ou não. Mas de qualquer forma, ele sempre vai ser uma referência para nós que somos do funk”.

Briga de empresários

Agenciado pela KondZilla desde o estouro musical, em 2022, Jottapê teve que avaliar seguir outro caminho. O artista decidiu deixar a gravadora que também produz a série “Sintonia”, da Netflix.

A mudança se deu após Marcelo Portuga e Konrad, sócios da produtora, travarem uma batalha profissional que acabou culminando na separação dos ex-colegas de trabalho.

Com a rixa instaurada, Jottapê teve que escolher qual sócio iria seguir. A decisão fez o artista deixar a KondZilla e integrar o time da Portuga Records.

“Por questão de afinidade, nada contra o Kond, mas como separou e cada um tinha que escolher um lado para ficar e eu por ter essa afinidade maior com Portuga acabei ficando com ele”, explica o artista.

“Portuga é meu paizão, sempre me ajudou muito e eu fiquei com ele, mas foi só uma separação de contrato e agora nós estamos com a Portuga Records. A separação foi deles, né? Da parte dos artistas continua normal”, diz Jottapê, que admite não saber “se foi tão amigável assim”.


Nova aposta

Além de Sintonia, que marca um dos sucessos nacionais da Netflix, o artista também está planejando se reinventar na carreira musical. Após o sucesso “Sentou e Gostou’, e a parceria com Aron Piper, ator de “Elite”, a nova aposta de Jottapê traz a diversidade de ritmos.

Com um bordão único, o “Cowboy Mandelão”, o artista planeja lançar um álbum que trará a mistura do “agrofunk” e eletrônica. “Juntando as realidades tanto da roça quanto da favela é uma mistura bem doida na letra e na batida. A gente está finalizando ainda, mas acredito que não vai demorar muito não”, revela o cantor de funk, que também afirma que o álbum contará com parcerias com nomes importantes da indústria.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Atriz relata momentos de pânico durante tiroteio em shopping no Rio

Publicados

em

source
Atriz Jéssika Alves posta em storie relato sobre tiroteio em shopping
Reprodução/Instagram

Atriz Jéssika Alves posta em storie relato sobre tiroteio em shopping

O pânico provocado pela troca de tiros que deixou um segurança morto no shopping Village Mall, na Barra da Tijuca, na noite deste sábado (25), causou medo e insegurança nos frequentadores. Muitas pessoas tiveram que se abrigar em lojas que foram fechadas enquanto criminosos armados tentavam roubar a joalheria Sara Joias. A atriz Jéssika Alves estava no shopping no momento do tiroteio e se abrigou em uma loja da Apple. Ela usou as redes sociais para contar o drama que vivenciou no estabelecimento.

Mesmo com o susto, Jéssika Alves publicou um registro que fez da loja assaltada após ataque dos criminosos. “Estamos bem! Estávamos dentro da Apple na hora que aconteceram os tiros, e estamos aqui ainda. A saída está sendo liberada aos poucos, mas tô sem coragem de ir. Aqui na loja os vidros são blindados e tem uma sala de segurança antiterrorismo, que foi pra onde todo mundo correu até ter notícias do que estava acontecendo. Juro, SURREAL”, escreveu a atriz em um storie no Instagram.

Em postagens nas redes sociais, outros frequentadores narram que foram ouvidos pelo menos 50 disparos em um intervalo de poucos minutos. “Cara, fiquei no meio de um tiroteio no Village Mall, tô escondida dentro de um restaurante to tremendo”, disse uma internauta.

De acordo com a Polícia Civil, pelo menos 12 criminosos participaram do roubo, todos armados com pistolas. Dois carros e uma moto foram abandonados no estacionamento do shopping. Segundo a Polícia Militar, equipes do 31° BPM (Recreio dos Bandeirantes) foram acionadas para checar uma ocorrência envolvendo disparos de arma de fogo dentro do shopping localizado na Avenida das Américas. “Chegando ao local, os policiais encontraram um segurança atingido e aparentemente em óbito. As circunstâncias da ação ainda estão sendo apuradas. A área foi isolada e diversas equipes seguem em varredura pela região”, informou a corporação, em nota.

Em fotos publicadas, aparecem lojas com as portas abaixadas e ainda a vitrine da Sara Joias com os vidros quebrados. Em algumas das imagens, é possível ver homens armados próximo a joalheria e ainda uma mulher sendo mantida refém no corredor do shopping pelos criminosos. Em uma das fotos, um segurança aparece morto em uma das saídas do estabelecimento. De acordo com a Polícia Civil, dois carros e uma moto foram abandonados no local pelos bandidos.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana