conecte-se conosco

Cidades

Sobram vagas no primeiro dia de cobrança do novo estacionamento rotativo de Cachoeiro

Publicado

No primeiro dia em que o novo estacionamento rotativo de Cachoeiro passou a ser cobrado a seus usuários, nesta segunda-feira (2), o que se via em parte dos locais da região central atendidos pelo serviço eram vagas vazias.

Como na avenida Beira Rio (nas imediações da Praça de Fátima) e na rua Coronel Francisco Braga (em frente à praça Pedro Cuevas Junior).

Pouco diferente, porém, do que ocorreu nas áreas ao lado do Museu Ferroviário Domingos Lage (antiga estação), na Linha Vermelha, onde – ao menos por volta das 14h40 desta segunda – havia mais carros estacionados.

Implantado pela prefeitura, o serviço começou a ser operado em 4 de novembro, em fase de adaptação. Durante esse período, os condutores não precisavam pagar para estacionar.

Áreas divididas por cor

Os locais para estacionar serão divididos em Área Azul (área central), com maior movimento de veículos e com tempo máximo de permanência de 2 horas, e Área Verde (entorno da Área Azul), com permanência máxima de 4 horas. Entretanto, a Área Verde só será implementada a partir do ano que vem.

Os valores para estacionar na Área Azul estão definidos em R$ 2,50 (1h), R$ 3,50 (2h) e R$ 0,50 (moto, por hora). O pagamento poderá ser feito pelo parquímetro (moeda, cartão de crédito ou débito e cartão pré-pago) ou pelo aplicativo de celular Cachoeiro Digital.

Leia mais:  Sarampo: Dia D de vacinação acontece neste sábado (30)

De acordo com a prefeitura de Cachoeiro, monitores do serviço continuarão atuando nas áreas demarcadas para estacionamento, prestando orientações e esclarecendo dúvidas dos condutores.

Informações

No portal www.cachoeiro.es.gov.br, é possível acessar uma área destinada prestar esclarecimentos aos usuários do rotativo com respostas às dúvidas mais frequentes.

Como utilizar o rotativo

Pelo parquímetro – Na utilização do parquímetro, o primeiro passo é apertar o botão azul, que indica e ajusta o tempo de permanência. Em seguida, insira a placa do veículo e o número da vaga escolhida (todas as vagas são numeradas). Após a confirmação, selecione a forma de pagamento entre as três disponíveis: moeda, cartão de crédito ou débito e cartão pré-pago (vendido pela empresa responsável).

Caso a opção seja moeda, coloque apenas o valor escolhido, pois a máquina não emite troco. Na opção cartão de crédito ou débito, pressione o botão azul, escolha “verde” para débito ou “azul” para crédito e insira o cartão. Se a opção for o cartão pré-pago do estacionamento, basta inseri-lo na máquina depois de digitar a placa do seu veículo e, aparecerá na tela, o saldo disponível e o valor a ser descontado.

Leia mais:  Aplicativo Descubra Cachoeiro já está disponível para baixar

Pelo aplicativo – Para fazer o pagamento pelo aplicativo de celular Cachoeiro Digital (disponível nas lojas virtuais para ser baixado gratuitamente), é preciso, primeiro, cadastrar a placa do veículo e autenticar o número do telefone por meio de um código que será enviado. Após o cadastramento, estarão disponíveis as formas de pagamento, entre cartão de débito, crédito ou boleto bancário, com valor mínimo de R$ 25 e máximo de R$ 200.

Feito isso, clique em estacionar, escolha entre moto ou carro, o tempo de permanência (1 hora ou 2 horas), acrescente o número da vaga, confirme e será exibido um comprovante na tela do celular. Caso tenha escolhido apenas 1 hora, será possível renovar o tempo – o aplicativo enviará uma notificação quando o período de permanência estiver próximo de acabar.

Cartão pré-pago – A aquisição do cartão pré-pago deverá ser feita na sede da Cachoeiro Digital, localizada na rua Pedro Dias, 15, bairro Guandu. O atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 18h; e aos sábados, das 8h às 12h. O telefone de contato é o (28) 3014-1766. Em breve, também haverá pontos de venda e recarga do cartão pré-pago em estabelecimentos comerciais da cidade.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Prefeitura promoveu o segundo leilão do ano

Publicado

De: Secretaria de Administração
Texto: Carol Merlo| Foto: Fabricio Lima
Criado: 06 de dezembro de 2019

Devido ao bom resultado das edições anteriores, a Prefeitura Municipal de Vila Velha (PMVV) realizou, na tarde da última quinta-feira (05), a segunda edição do Leilão de 2019. O evento aconteceu no auditório da PMVV e foi aberto para a participação de pessoas físicas e jurídicas.

Desde o primeiro leilão em 2017, já foram realizados cinco edições, as quais estavam disponibilizadas nas modalidades eletrônica e presencial. Nesse último leilão foi arrecadado um total de R$ 180.950,00, com a venda dos produtos.

O secretário municipal de Administração, Rafael Gumiero, contou que a Prefeitura tem tido um bom retorno acerca dos leilões e está gerando receita para o município de Vila Velha. “Esta iniciativa está desafogando os almoxarifados e os estoques da Prefeitura de maneira bens inservíveis, que é aquilo que só fica ocupando espaço, e se transforme em receita. Com isso adiantamos alguns investimentos para o município de Vila Velha”, explicou.

Leia mais:  Infraestrutura: R$ 5 milhões em obras para o bairro Gilson Carone

Estavam disponíveis entre os produtos nove veículos, equipamentos inservíveis e mobiliários que foram substituídos, como luminárias por exemplo. Ao total, a Prefeitura já arrecadou com os cinco leilões realizados nesta gestão, um total de R$ 1.201.555,00 reais. Esse valor foi revertido em várias ações do Executivo, como a compra de equipamentos para a Guarda Municipal.

“A importância do leilão para o município é sempre transformar a despesa ruim em receita muito boa. Com o lucro da venda damos a oportunidade para que a administração possa fazer investimentos nas áreas que realmente estejam precisando”, afirmou o assistente administrativo Anderson Silveira.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana