conecte-se conosco


Entretenimento

Sobrinho de Agnaldo Timóteo rebate Luisa Marilac: ‘Respeite a memória’

Publicados

em


source
Agnaldo e sobrinho
Reprodução

Agnaldo e sobrinho


Sobrinho e assessor pessoal de Agnaldo Timóteo, Timotinho resolveu fazer um desabafo sobre a polêmica envolvendo Luisa Marilac e o cantor .

Em uma série de Stories no Instagram, Marilac revelou que a produção do programa ‘Superpop’, da RedeTV!, teria a orientado para “tirar o artista do armário”, ou seja que ele assumisse ser homossexual. “Nunca tive problemas com a Luciana, sempre foi simpática e me tratou bem. Mas, em um dos programas, a produção falou para mim o seguinte: ‘Você tem que falar que o Agnaldo Timóteo é viado’. Estava eu e Felipeh Campos. Eu falei que não ia falar, porque quem tinha que se assumir era ele. Acabou que o Felipeh falou e o Agnaldo negou”, relatou Marilac na rede social.


Tomotinho não gostou da declaração de Luisa Marilac e rebateu. “A família de Agnaldo Timóteo acha desnecessária a conduta de Luisa Marilac. Eu, Timotinho, sobrinho e assessor tenho uma boa relação com a produção do ‘Superpop’, apresentado por Luciana Gimenez, e o levei várias vezes ao programa. Peço que respeite a memória de Agnaldo Timóteo. Respeitem a sua famíliaa e a sua história na música e na política. Não será após o seu falecimento que vamos expor a sua vida”, revela Timotinho.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Últimas palavras de Princesa Diana são reveladas 24 anos após sua morte

Publicados

em


source
Princesa Diana
Divulgação

Princesa Diana

Após o cirurgião de Diana revelar como foram as últimas 24 horas da Princesa , o chefe de bombeiros Xavier Gourmelo, que foi um dos primeiros a chegar no local do acidente — o qual vitimou a nobre –, contou quais foram as últimas palavras da britânica.

De acordo com o que Xavier contou ao Dailymail, ele não fazia ideia de quem estava no acidente quando as equipes foram enviadas ao túnel. O sargento só soube de que se tratava da Princesa Diana quando chegou ao local. Lá, ele percebeu que a situação era grave e também notou que o guarda-costas da Lady Di, Trevor Rees-Jones, estava muito agitado e queria saber como estava Diana, que ainda estava presa nas ferragens.

Segundo ele, ao interceptar Diana, ela estava agitada e em inglês e perguntava. “Meu Deus, o que aconteceu?”. Em resposta a situação da nobre, o bombeiro comentou. “Entendi isso, então tentei acalmá-la. Segurei a mão dela”.

Princesa Diana morreu em 31 de agosto 1997, após um acidente de carro no túnel Alma, em Paris, na França, enquanto tentava fugir de papparazzi. O assunto, mesmo depois de anos do ocorrido, continua sendo foco de notoriedade.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana