conecte-se conosco

Ciência e Tecnologia

Super Boulos: em game, candidato precisa ‘virar o jogo’ em SP

Publicado


source
boulos
Captura de tela

No jogo, o usuário precisa levar o candidato até a prefeitura de SP

O candidato à prefeitura de São Paulo Guilherme Boulos (PSOL) ganhou um jogo online , criado pela sua campanha. Nele, os gamers precisam ajudar o político a chegar até a prefeitura, ultrapassando obstáculos por toda a cidade.

Chamado de ” Super Boulos “, o jogo é bastante simples e funciona tanto no computador quanto no celular . O usuário precisa arrastar o candidato com o mouse, no computador, ou com o dedo, no celular, por bairros da cidade de São Paulo. No caminho, é preciso desviar de obstáculos como a falta de moradia e conquistar prêmios – representados por fatias de bolo, uma brincadeira com o sobrenome de Boulos.

Conforme os bairros vão sendo conquistados pelo jogador, aparece na tela uma mensagem com uma proposta de Guilherme Boulos para a cidade ou críticas à gestão atual.

Apesar de simples, o jogo vai ficando mais difícil a cada fase, representada por zonas da capital paulista. O game recorrentemente faz referências à expressão “virar o jogo”, já que as pesquisas têm mostrado o candidato Bruno Covas à frente nas intenções de votos.

Comentários Facebook
publicidade

Ciência e Tecnologia

Facebook e Instagram vão remover fake news sobre vacinas da COVID-19

Publicado


source

Tecnoblog

undefined
Victor Hugo Silva

Facebook e Instagram vão remover fake news sobre vacinas da COVID-19

O avanço de alguns países  rumo a campanhas de vacinação contra a COVID-19 levou o Facebook a anunciar ações que serão tomadas sobre fake news relacionadas ao tema. A empresa afirmou que, nas próximas semanas, começará a remover posts com alegações falsas sobre vacinas. A medida também vale para o Instagram.

Em comunicado, o Facebook afirmou que a decisão de remover fake news sobre o novo coronavírus faz parte de sua política de impedir a desinformação que pode causar danos físicos aos usuários . Com o anúncio, a companhia promete excluir afirmações falsas sobre segurança, eficácia, componentes e efeitos colaterais das vacinas.

Isso inclui as acusações falsas de que as vacinas seriam usadas para implantar microchips na população ou de que teriam componentes que não são listados oficialmente. Os posts também serão removidos se promoverem teorias da conspiração sabidamente falsas como a de pessoas que estariam sendo usadas sem seu consentimento para testes da eficácia das vacinas.

O Facebook informou ainda que, mesmo depois de implementar as medidas, vai receber a orientação de autoridades de saúde pública para continuar atualizando a lista de afirmações que serão removidas à medida em que novos fatos sobre a COVID-19 forem descobertos.

Facebook combate fake news com Google e Twitter

Este não é o primeiro posicionamento do Facebook para combater as fake news sobre vacinas. Em novembro, a empresa se uniu com Google e Twitter , além de agências de checagem de fatos e órgãos governamentais, em uma iniciativa para combater a desinformação relacionada a este assunto.

Organizada pela Full Fact , entidade que atua contra informações falsas, a ação pretende se antecipar a uma onda de fake news em meio ao avanço do desenvolvimento das vacinas contra o novo coronavírus. O Facebook já proíbe anúncios com discurso anti-vacina e o YouTube exibe avisos com fatos sobre vacinas da COVID-19.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana