conecte-se conosco


Polícia

Suspeito de roubar 84 computadores da Ufes é preso pela Polícia Federal

Publicados

em

Foto: Divulgação / Polícia Federal

Policiais federais prenderam, na noite desta terça-feira (26), um homem de 21 anos suspeito de ser idealizador e um dos responsáveis pelo furto de 84 computadores, 37 monitores e 15 projetores pertencentes da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

O crime ocorreu no dia 2 de agosto de 2021 e foi percebido no dia seguinte pela administração da universidade. Desde então, o caso era investigado pela Polícia Federal.

Segundo a Polícia Federal (PF), os agentes conseguiram localizar e prender o suspeito nas imediações de um hospital em Vila Velha.

De acordo com a PF, o plano para furtar os equipamentos da Ufes foi criado na primeira metade do ano passado, na Penitenciária Agrícola do ES, entre o suspeito preso nesta terça e outro detento que lá cumpria pena em regime semiaberto.

Ainda segundo a PF, o outro detento teria dito que havia trabalhado na Ufes e que teria furtado alguns computadores em local onde haveria ainda muitos outros.

“O homem preso no dia de ontem, que já era beneficiário do regime semiaberto, conseguiu uma vaga para atuar na universidade nas áreas de limpeza e jardinagem”, divulgou a PF.

A Ufes é uma das entidades parceiras da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) nos programas de ressocialização de condenados.

Com acesso às dependências do campus, tendo localizado o local indicado onde estavam os computadores e equipamentos, o homem fez contato com a esposa do outro detento, que lhe informou sobre os materiais, segundo a polícia.

A mulher, motorista de aplicativo, então se juntou a ele para executar o furto. De acordo com a PF, o suspeito preso arrombou uma das portas, furtou os equipamentos e os guardou em coletores de lixo.

Na parte da tarde , outros detentos do regime semiaberto, que também trabalhavam na universidade, levaram os coletores para uma via de acesso próximo ao auditório, onde a mulher recolheu os equipamentos. Um dos detentos é cunhado do homem preso nesta terça.

“De posse do material furtado, o suspeito preso ontem e a esposa do detento que deu a informação sobre o local onde os equipamentos estavam armazenados, passaram a vendê-los por preços abaixo dos praticados no mercado como forma de se livrar rapidamente do produto do crime”, disse a PF.

A Polícia Federal informou que agora pedirá a prisão dos outros envolvidos e levará suas conclusões ao Poder Judiciário.

Quanto aos materiais furtados, novas medidas serão tomadas para determinar os compradores dos equipamentos e, em havendo sucesso, sua devolução para a universidade.

O nome do preso e dos outros investigados não foram divulgados.

Fonte: G1

Comentários Facebook

Polícia

Homem é morto a tiros no Terminal de Campo Grande, em Cariacica

Publicados

em

Por

Terminal de Campo Grande - Reprodução / Web

Um homem foi assassinado dentro do Terminal de Campo Grande, em Cariacica, na manhã desta terça-feira (9).

De acordo com a Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Espírito Santo (Ceturb-ES), testemunhas relataram que o atirador foi direto até a vítima, identificada como Devid Aguiar dos Santos, e executou três disparos de arma de fogo. Um deles acertou a cabeça de Devid.

Após os tiros, os vigilantes do terminal rodoviário acionaram a Polícia Militar (PM). O atirador não foi localizado e Devid morreu no local.

Peritos da Polícia Civil que estiveram no terminal e constataram que o homem assassinado estava com um uniforme de interno do sistema penitenciário do estado.

Vítima tinha roupas de interno do Sistema Prisional – Foto: Aurélio de Freitas/TV Gazeta

As imagens das câmeras de videomonitoramento estão sendo separadas para ajudar a investigação da Polícia Civil.

Os ônibus do sistema Transcol seguem circulando normalmente no Terminal de Campo Grande.

Com informações do G1

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana