conecte-se conosco

Política Nacional

Toffoli obtém acesso a dados sigilosos de 600 mil pessoas

Publicado

source
Dias Toffoli arrow-options
Carlos Moura/ SCO/ STF

Dias Toffoli

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, determinou que o Banco Central enviasse cópia dos relatórios de inteligência financeira de pelo menos 600 mil pessoas, produzidos pela UIF (Unidade de Inteligência Financeira), antigo Coaf, nos últimos 3 anos. As informações são da Folha de S.Paulo.

Leia também: Bolsonaristas acusam Bivar de envolvimento na morte de ex-namorada

Ao todo, os dados aos quais Toffoli teve acesso são de 412,5 mil pessoas físicas e 186,2 mil jurídicas. O pedido foi feito no último dia 25, no mesmo processo em que o ministro suspendeu todas as investigações do País que usavam dados de órgãos de controle como o Coaf sem autorização judicial prévia, inclusive as de Flávio Bolsonaro. 

A justificativa é de que o ministro precisava entender o procedimento de elaboração e tramitação dos relatórios financeiros. A UIF, no entanto, afirma que existe “um número considerável de pessoas expostas politicamente e de pessoas com prerrogativa de foro por função” e que a medida traz uma série de riscos a investigações em andamento. 

Leia mais:  Alcolumbre promulga novas regras de repasse de emendas parlamentares

Os relatórios contém informações sobre a existência de movimentações supostamente atípicas em instituições e bancos. De acordo com a Folha , há integrantes da família Bolsonaro e outras autoridades mencionadas nos relatórios. 

Comentários Facebook
publicidade

Política Nacional

Médicos cancelam reuniões de Bruno Covas no hospital

Publicado

source
Bruno Covas arrow-options
Reprodução / TV Globo

O prefeito de São Paulo Bruno Covas (PSDB) em entrevista no Hospital Sírio Libanês

O prefeito de São Paulo , Bruno Covas , teve suas reuniões desta sexta-feira (13) canceladas pela equipe médica do hospital Sírio-Libanês . Ele está internado na UTI desde a tarde desta quarta para tratar um sangramento no fígado que ocorreu durante um procedimento de marcação da lesão tumoral que atinge o órgão.

Para evitar esforços, os médicos autorizaram o prefeito a fazer duas reuniões, mas cancelaram outras duas com o secretário Mauro Ricardo, de Governo, e Vitor Sampaio, chefe de gabinete.

Leia também: Bruno Covas passa bem após sangramento no fígado

Apesar das precauções, o boletim médico de Covas diz que ele está em excelente estado clínico e não apresenta mais sinais de sangramento. Ele só continua no hospital para manter seu estado de saúde monitorado.

O prefeito está no hospital desde domingo (8) para passar por exames e fazer a quarta sessão de quimioterapia do tratamento contra um câncer na região do estômago. Na segunda, foram instalados clipes para monitorarem a evolução metastática da lesão que atinge o fígado do prefeito.

Leia mais:  Compensação por aproveitamento do rio São Francisco é tema de debate na quarta

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana