conecte-se conosco

Nacional

Trio é preso depois de postar foto e comer tubarão ameaçado de extinção

Publicado

source
Tubarão morto na praia arrow-options
Divulgação/ Polícia Ambiental

Trio foi preso em Ilha Comprida, no litoral de São Paulo

Três homens foram presos em Ilha Comprida , no litoral de São Paulo, após capturarem um tubarão-touro – espécie ameaçada de extinção -, postarem foto com o animal morto e comerem sua carne.

Leia também: Morre mais uma vítima do incêndio do Hospital Badim

O animal foi pescado no dia 20 de novembro. Os pescadores postaram fotos do animal morto na areia de uma praia. O tubarão é da espécie cação-mangona, também conhecido como tubarão-touro ou tubarão-cinza, este último sendo o nome dado por pescadores do litoral paulista.

Ao tomar conhecimento da situação, cinco dias após a publicação das fotos, a Polícia Militar Ambiental Marítima começou a procurar o trio de pescadores . Após serem detidos, o trio confessou o crime e explicou que o tubarão ficou preso na rede de pesca que eles utilizavam.

Além de terem cometido crime ambiental, nenhum dos três pescadores possui a carteira de pescador profissional. Cada foi multado em R$ 8.400, totalizando R$ 25.200 mil em multas. O trio responderá em liberdade.  

Leia mais:  Mulher é presa por obrigar enteadas a fazerem sexo com homens de até 90 anos

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Pastor dá golpe em mulher após ela vender todos os móveis para investir dinheiro

Publicado

source
mulher arrow-options
TV Gazeta/Reprodução

Mulher vendeu móveis de casa para investir dinheiro e levou golpe de pastor

A Polícia Civil do Espírito Santo investiga um golpe sofrido por uma faxineira na cidade de Cariacica , na Região Metropolitana de Vitória. Lucimagna Caetano da Silva entrou em contato com o pastor Adriano de Souza Carvalho no mês de janeiro após indicação de um amigo de “confiança”.

Em busca de dinheiro, ela vendeu todos os móveis da casa e arrecadou R$ 10 mil para receber R$ 60 mil dentro de seis meses. Como não tinha dinheiro, ela vendeu todos os móveis de casa para investir. “A gente vendeu a geladeira, a máquina, o guarda-roupa, vendeu tudo o que tinha dentro de casa para fazer esse investimento”, afirmou em entrevista à TV Gazeta.

Leia também: Professor inventa roubo de celular para receber seguro do cartão de crédito

Lucimagna também mostrou conversas que teve com o pastor por meio de um aplicativo de conversa. Nele, o homem explica que os pagamentos atrasaram porque a empresa foi reformulada e o escritório aumentado, garantindo que o dinheiro seria devolvido a ela caso o negócio não fosse bem sucedido.

Leia mais:  Falso padre prometeu cura espiritual para leucemia que vítima não tinha

O homem ainda chegou a passar dois cheques sem fundos para a mulher e desapareceu após muitas trocas de mensagens. Lucimagna perdeu o dinheiro e chegou a ficar doente e tomando calmantes para lidar com as consequências do golpe. Por causa disso, ela também perdeu o emprego de carteira assinada. O marido dela, que é pedreiro, está desempregado.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana