conecte-se conosco


Estado

Vice-governadora participa de fórum sobre combate à violência contra mulher em Venda Nova do Imigrante

Publicados

em

 

A vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes, participou, nesta quinta-feira, (25), do I Fórum de Combate à Violência contra a Mulher, em Venda Nova do Imigrante. A ação foi realizada como parte da programação da Campanha “Novembro Lilás”, promovida pela Prefeitura do município. O evento teve como objetivo promover a conscientização e a reflexão a respeito do tema sobre o enfrentamento à violência contra a mulher.

O Fórum contou com a palestra “A Lei Maria da Penha: Uma análise sociojurídica da violência doméstica”, ministrada pela promotora de Justiça de Venda Nova do Imigrante, Adriana Dias Paes Ristori Cotta, além da realização de debate e apresentação cultural.

Ao discursar, a vice-governadora Jacqueline Moraes ressaltou a importância de levar eventos como esse para toda a sociedade. “Precisamos conversar mais com os homens, não somente entre as mulheres, pois é inaceitável qualquer tipo de violência contra a mulher, simplesmente por ela ser mulher. Já tivemos muitos avanços, mas ainda temos muito trabalho a cumprir”, enfatizou.

Nesse caso, a vice-governadora destacou que o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), lançou o SOS Marias, um dispositivo que pode ser acessado por meio do aplicativo 190, em que as vítimas podem acionar uma viatura da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), sem a necessidade de atendimento pelo call center.

“O machismo enraizado precisa ser combatido com orientação e também com punição. O ‘Novembro Lilás’ é ainda mais essencial em tempos de pandemia. Isso porque intensifica a divulgação da Lei Maria da Penha e promove maior discussão sobre a violência doméstica”, destacou Jacqueline Moraes.

Além da vice-governadora, estiveram presentes no evento o prefeito de Venda Nova do Imigrante, Paulinho Mineti; o vice-prefeito, Tarcísio Bottacin; a secretária de Estado de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social, Cyntia Grillo; a titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, Lorena Marques de Oliveira Robaldo; e o Major Félix, da Polícia Militar.

Diálogos com Estudantes

Também em Venda Nova do Imigrante, no período da manhã, a vice-governadora participou de mais um “Diálogos em Rede”, realizado na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Fioravante Zandonadi. Organizado pela diretora da escola, Celina Januário Moreira, o evento integrou as atividades do Programa Agenda Mulher Empreendedora.

Com o tema “Empreendedorismo emocional”, Jacqueline Moraes explicou que o projeto da Vice-Governadoria busca fortalecer o vínculo com as escolas, por meio de ações interativas e da criação de um canal permanente de aprimoramento institucional, que visa a ouvir as demandas e a aperfeiçoar a prestação dos serviços, além de garantir o debate voltado para o empreendedorismo social e produtivo.

A vice-governadora incentivou os estudantes a entenderem como os incômodos podem se transformar em uma motivação para a vida de cada um deles. “Sempre que falo sobre educação, gosto de citar minha trajetória como exemplo, já que voltei a estudar aos 26 anos. Naquela ocasião, uma professora me disse que estudando eu poderia alcançar o que quisesse. Essa voz mudou minha vida. A voz do professor na vida de um aluno muda a história dele”, disse Jacqueline Moraes.

A partir dessa afirmação, a vice-governadora pediu que os estudantes prestem atenção nos incômodos sentidos por cada um deles, para que, a partir desse sentimento, possam tentar entender o mundo que os cercam e, com isso, mudá-lo.

“Quando alguém continua a fazer aquilo que sempre fez, não tem como mudar o que vem obtendo na vida. Aprendi que se quiser receber amor, você tem que dar amor. Isto é, seja você mesmo a mudança que deseja ver nas outras pessoas. Não há como fazer doces diferentes um do outro sem mudar os ingredientes da receita. E vocês podem mudar o mundo. Acreditem nisso”, aconselhou.

 

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Governador sanciona lei que reduz ICMS do arroz e feijão no Espírito Santo

Publicados

em


O governador do Estado, Renato Casagrande, sancionou a Lei nº 11.473, que isenta a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o arroz e feijão no Estado do Espírito Santo. A nova lei foi publicada na edição desta segunda-feira (29) do Diário Oficial do Estado e já entrou em vigor. Pelo texto, a alíquota anterior para esses produtos era de 7% e agora está zerada.

“A elevação do preço dos itens da cesta básica, como o arroz e feijão – tão consumidos pelos brasileiros – afetou a todos, principalmente, aqueles que mais necessitam. Com a redução do ICMS, espera-se que o preço ao consumidor seja reduzido, tornando a cesta básica mais barata. Essa ação se soma a outras que estamos adotando diante do atual contexto de insegurança alimentar, como a prorrogação do Cartão ES Solidário por mais dois meses, beneficiando cerca de 87 mil famílias capixabas”, afirmou o governador Casagrande.

O secretário de Estado da Fazenda, Marcelo Altoé, destacou a importância da isenção das alíquotas, sobretudo num momento em que grande parte da população passa por dificuldades econômicas. “Esperamos que a redução do ICMS resulte na queda do preço do arroz e do feijão para o consumidor final. Sabemos que esses dois produtos são essenciais para a população e em tempos de inflação e alta no preço da cesta básica, tenho certeza que essa medida ajudará muita gente”, disse.

De acordo com Altoé, a renúncia fiscal será de aproximadamente R$ 40 milhões por ano, contudo, o benefício para a população supera essa perda financeira para o Estado. “Ficamos muito contentes quando o texto foi aprovado pelos deputados estaduais e esperávamos a sanção do texto pelo governador”, acrescentou o secretário.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação da Sefaz
Alexandre Lemos / Giordany Bozzato
(27) 3347-5511 / 3347-5128
[email protected] / [email protected] 

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana