conecte-se conosco


Cidades

Victor Coelho lidera primeira pesquisa Rede Vitória/Futura em Cachoeiro

Publicados

em

A pesquisa Rede Vitória/ Futura de intenção de voto em Cachoeiro de Itapemirim mostra que o atual prefeito do município, Victor Coelho (PSB), aparece na frente dos concorrentes. No levantamento de intenção de voto espontâneo, a pergunta foi: “Se a eleição fosse hoje, em quem você votaria para prefeito de Cachoeiro de Itapemirim”. Nas respostas, ele foi o escolhido por 24,8% dos eleitores entrevistados. E com grande vantagem. O segundo lugar é de Jonas Nogueira (PL) que tem 2,8% das intenções de voto.

Em seguida, na lembrança espontânea do eleitor, estão Renata Fiorio (PSD), com 2,3%, Diego Libardi (DEM) tem 1,5%, Joana D Arck (PT)1,3%, Fayda Belo (PP) 1%, Subtenente Paulo Sergio (PTB) 1%, Fabrício do Zumbi (PDT) 1%, Dr. Izaias Junior (PSDB) 0,3% e Professor Breno (Pros) 0,3%. Não sabe, não respondeu e indeciso somam 40,3%. Ninguém, branco e nulo 19,8%. Outro, chega a 4%.

Quando a intenção de voto é estimulada, com a pergunta “Se os candidatos fossem estes, em quem você votaria para prefeito de Cachoeiro de Itapemirim?”, Victor Coelho também aparece na frente dos concorrentes. Ele tem 33,8% das intenções de votos. Em seguida vem Jonas Nogueira com 6,3% e Renata Fiorio com 4,3%.

Seguindo a preferência do eleitor cachoeirense, aparecem na pesquisa estimulada Fabrício do Zumbi, com 3,5%; Diego Libardi, com 3%; Joana D Arck, com 2,3%; Fayda Belo, 2,3%; Subtenente Paulo Sergio 1,5%; Dr. Izaias Nunior 1,3%, Professor Breno 1%; Guilherme Nascimento (Psol) com 0,8%, Jovelino Schiavo (PRTB) 0,3%. Não sabe, não respondeu e indeciso aparecem com 19%. Ninguém, branco e nulo, 21%.

E se está na frente nos dois levantamentos que apontam a preferência do eleitor, o atual prefeito também aparece em primeiro na pesquisa sobre rejeição estimulada. Os pesquisadores perguntaram: “E em qual desses você não votaria em nenhuma hipótese?”. Victor Coelho tem 22,3%. Ele é seguido de Joana D Arck com 7,8% e Jonas Nogueira com 7%.

Ainda no levantamento sobre rejeição Fabrício do Zumbi tem 6,5%; Renata Fiorio tem 3,3%; Subtenente Paulo Sergio tem 2,8%; Guilherme Nascimento tem 2,8%; Professor Breno tem 2,5%; Fayda Belo fica com 2,3%; Jovelino Schiavo tem 2%; Dr. Izaias Junior fica com 1,8%; e Diego Libardi tem 1,3%. Dos entrevistados, 28,8% disseram que não rejeitam nenhum e 16,8% não sabem ou não responderam.

A pesquisa foi realizada pela Futura para a Rede Vitória e contemplou 400 entrevistas, com margem de erro de 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos e confiabilidade de 95%. As entrevistas foram realizadas nos dias 1° e 2 de outubro de 2020, face a face com o eleitor, respeitando as medidas sanitárias recomendadas em tempos de pandemia. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número ES-036603/2020.

Fonte: Folha Vitória

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Prefeitura lança novo edital do programa Bolsa Atleta Cachoeiro

Publicados

em

Por

Ao todo, serão concedidas 28 bolsas, num período de 12 meses Foto: Márcia Leal/PMCI

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer e Qualidade de Vida (Semesp) abriu novas vagas para o programa Bolsa Atleta Cachoeiro. O edital, com todas as orientações para participação, e a ficha de inscrição estão disponíveis no portal da Prefeitura (www.cachoeiro.es.gov.br), na área da Transparência, aba “Editais”.

As inscrições vão até o dia 25 deste mês e devem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h, no setor de Protocolo da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfa) – rua Resk Salim Carone, bairro Gilberto Machado, próximo à Rodoviária. Podem se inscrever atletas, paratletas e atletas guias amadores em plena atividade esportiva, que estejam de acordo com os critérios e com as respectivas categorias, previstos no edital.

Ao todo, serão concedidas 28 bolsas, em um período de 12 meses, sendo: dez bolsas no valor de R$ 200 mensais para a categoria Estudantil; 10 de R$ 400 mensais para a categoria Estadual; seis de R$ 500 mensais para a categoria Nacional; e duas no valor de R$ 750 mensais para a Internacional.

“Para que o atleta tenha um bom rendimento ele precisa de uma rede ampla de apoio. O Bolsa Atleta é concedido para custear gastos com alimentação, assistência médica, odontológica, psicológica, nutricional e fisioterápica, medicamentos, suplementos alimentares, transporte ou para participar de treinamentos e competições, aquisição de material esportivo, vestimenta, pagamentos de técnicos e de mensalidades de academia de ginástica credenciadas pelo Conselho Regional de Educação Física. Desta maneira, os esportistas, nas modalidades olímpicas e paraolímpicas, têm a oportunidade de qualificar seus treinos e alcançar melhores resultados nas competições em que venham a participar”, destaca a secretária municipal de Esporte, lazer e Qualidade de Vida, Lilian Siqueira.

O atleta beneficiado deverá fazer a prestação de contas das despesas, conforme as condições estabelecidas pela Semesp. O resultado preliminar, com a lista dos atletas pré-selecionados, será divulgado no dia 5 de abril, no Diário Oficial do Município.

Confira as categorias do programa Bolsa Atleta Cachoeiro

Estudantil: Atletas e paratletas, que tenha participado dos Jogos Escolares Municipal, do Estado do Espírito Santo, dos Jogos Escolares da Juventude ou dos Jogos Universitários Brasileiro obtendo até a terceira colocação nas provas individuais de modalidades individuais, entre os atletas que integraram equipes com destaque nas modalidades coletivas, que continuem a treinar para futuras competições oficiais;

Estadual: Atletas e paratletas que participaram das competições a nível estadual, sendo tais competições referendadas pela Federação da respectiva modalidade como principais eventos ou que integrem o ranking Estadual da modalidade, obtendo, em qualquer caso, até a terceira colocação ano anterior, e que continuem treinando para futuras competições oficiais estaduais;

Nacional: Atletas e paratletas que participaram das competições a nível nacional, sendo tais competições referendadas pela Confederação da respectiva modalidade como principais eventos ou que integrem o ranking Nacional da modalidade, obtendo, em qualquer caso, até a terceira colocação ano anterior, e que continuem treinando para futuras competições oficiais Nacionais;

Internacional: Atletas e paratletas que representam o país, dentro de sua modalidade esportiva, em campeonatos ou jogos sulAmericanos, panamericanos, parapanamericanos ou mundiais, obtendo até a terceira colocação em competições, referendadas pela confederação da respectiva modalidade como principais eventos ano anterior, e que continuem treinando para futuras competições oficiais internacionais Olímpica ou paraolímpica: atletas e paratletas, que tenham integrado as delegações olímpicas ou paraolímpicas de sua modalidade, e obtido primeira, segunda ou terceira colocação nos Jogos Olímpicos (Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016).

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana