conecte-se conosco


Brasil

Vídeo com adolescente comemorando morte de Marielle Franco assusta

“Estou aqui para fazer um vídeo feliz sobre uma data feliz. Hoje é 14 de março. Há um ano atrás, Marielle morreu. E por que é uma data feliz? Bem, porque ela morreu. Simples. Não tem porque ficar explicando. Como diz Daniel Fraga, não se deve desejar o bem a todas as pessoas. Não, eu […]

Publicados

em

“Estou aqui para fazer um vídeo feliz sobre uma data feliz. Hoje é 14 de março. Há um ano atrás, Marielle morreu. E por que é uma data feliz? Bem, porque ela morreu. Simples. Não tem porque ficar explicando. Como diz Daniel Fraga, não se deve desejar o bem a todas as pessoas. Não, eu desejo o mal a pessoas nojentas, pessoas tóxicas como ela. Assim como eu desejo o mal ao Lula. Que o câncer do Lula volte com toda a força e ele morra”.

A declaração acima foi feita por uma pré-adolescente em um vídeo gravado por ela mesma e que está sendo disseminado nas redes sociais.

A menina diz que resolveu se manifestar depois de assistir um apresentar lamentar a morte da vereadora Marielle Franco (PSOL), executada com vários tiros na cabeça.

“Isso é terrível. Isso é confundir uma pessoa, um ser humano, um indivíduo com um estatista, um ser desprezível. Você não pode confundi-los. Se parecem? Se parecem… Só que existe uma imensidão, uma muralha de diferença. E não existe nada para chorar, não existe nenhuma lágrima a derramar, não existe nada de triste. Malditos, três vezes malditos sejam aqueles que lamentam a morte de uma pessoa tão tóxica, tão ruim quanto uma estatista como Marielle Franco”, continua a menina.

“E, bem, acharam esses dias os ‘culpados’. Se eu pudesse dar uma punição para eles, eu daria a seguinte punição: um aperto de mão, agradecimentos e um McDonald’s pago, para eles poderem irem lá comer e relaxar. Eu poderia gritar a plenos pulmões como estou feliz por essa data, como estou feliz pelo que aconteceu há um ano atrás. Ah, gerou um pouquinho mais de popularidade para a esquerda? Gerou, mas fazer o quê? Você vai deixar de agir porque o inimigo vai ganhar popularidade? Esta é uma péssima estratégia. Alguns coisas dão tanta popularidade que não valem a pena, mas, nesse caso (o assassinato de Marielle) valeu a pena sim, e foda-se. E, bem, viva a morte de Marielle. Que bom que ela morreu, que ela não está viva, e isso é algo muito bom. Bye, bye, pessoas, por esse vídeo, e feliz dia da morte da miserável”, conclui a pré-adolescente.

Repercussão

A frieza da criança chocou as redes sociais. “O Brasil está doente. Essa criança é um perigo para a sociedade. Depois de assistir ao discurso dessa menina, ninguém mais pode se dizer surpreso com novos casos de massacres de inocentes em escolas ou onde quer que seja. É a barbárie”, desabafou um internauta.

“Uma criança que foi alienada politicamente a tal ponto de se sentir confortável em gravar um vídeo comemorando a morte de um ser humano, além de outras barbaridades. Tomara que as autoridades competentes batam à porta desse moleque, porque isso não é mera emissão de opinião, mas apologia ao crime e incitação ao ódio”, afirmou David Kilder, uma das pessoas que compartilharam o vídeo.

“Que esse vídeo chegue a família dessa pessoa, para que mais tarde não soframos com uma possível tragédia. Conversem com seus filhos, sobrinhos e amigos. Os ouçam… As vezes ouvir ajuda a identificar muita coisa e a direcionar essas pessoas para um profissional da área”, comentou Alexandra Loras, ex-consulesa da França.

“Essa criança é fruto de quem semeou o ódio, não há dúvida. Seu vídeo indica um comportamento que, se não houver uma ação educativa, resultará em uma adulta altamente perigosa. Muitas pessoas, seja no Brasil ou fora daqui, estão precisando de lições de democracia, para aprender a conviver com a diversidade. Infelizmente, no país, o mau exemplo é disseminado pelo primeiro mandatário”, observou o jornalista Joaquim Carvalho.

Comentários Facebook
Propaganda

Brasil

Covid-19 no RJ: 402 óbitos e 4.675 casos confirmados até este domingo (19)

Publicados

em

Por

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro informou que até este domingo (19) são 4.675 casos confirmados de pessoas infectadas por coronavírus no estado. Destas, 402 morreram com a Covid-19. Há ainda 185 óbitos em investigação. Os casos confirmados estão distribuídos da seguinte maneira:

Rio de Janeiro – 3.126
Niterói – 212
Duque de Caxias – 182
Nova Iguaçu – 171
Volta Redonda – 146
São Gonçalo – 105
São João de Meriti – 80
Belford Roxo – 69
Petrópolis – 67
Mesquita – 59
Itaboraí – 42
Maricá – 38
Magé – 33
Nova Friburgo – 29
Nilópolis – 26
Macaé – 19
Araruama – 18
Teresópolis –17
Queimados – 15
Barra Mansa – 14
Rio das Ostras – 13
Resende – 12
São Pedro da Aldeia – 12
Casimiro de Abreu – 11
Barra do Piraí – 10
Cabo Frio – 10
Angra dos Reis – 8
Itaguaí – 8
Paracambi – 8
Campos dos Goytacazes – 7
Iguaba Grande – 6
Rio Bonito – 6
Bom Jesus de Itabapoana – 5
Japeri – 5
Mangaratiba – 5
Miguel Pereira – 5
Tanguá – 5
Três Rios – 5
Armação de Búzios – 4
Bom Jardim – 4
Cachoeiras de Macacu – 4
Paraty – 4
Seropédica – 4
Arraial do Cabo – 3
Guapimirim – 3
Itaperuna – 3
Paraíba do Sul – 3
Quissamã – 3
São Fidélis – 3
Sapucaia – 3
Saquarema – 3
Paty do Alferes – 2
Piraí – 2
Porto Real – 2
Quatis – 2
São Francisco de Itabapoana – 2
Valença – 2
Areal – 1
Cantagalo – 1
Carapebus – 1
Itatiaia – 1
Mendes – 1
Pinheiral – 1
Porciúncula – 1
Rio das Flores – 1
São João da Barra – 1
Silva Jardim – 1

A secretaria confirma neste domingo mais quinze óbitos por coronavírus no estado. As 402 vítimas foram registradas nos seguintes municípios:

Rio de Janeiro – 245
Duque de Caxias – 35
Niterói – 14
Nova Iguaçu – 13
São João de Meriti – 8
Belford Roxo – 7
Mesquita – 7
São Gonçalo – 7
Itaboraí – 6
Petrópolis – 6
Volta Redonda – 6
Macaé – 4
Maricá – 4
Rio das Ostras – 4
Magé – 3
Tanguá – 3
Barra do Piraí – 2
Iguaba Grande – 2
Itaguaí – 2
Mangaratiba – 2
Rio Bonito – 2
Resende – 2
São Pedro da Aldeia – 2
Sapucaia – 2
Araruama – 1
Arraial do Cabo – 1
Barra Mansa – 1
Bom Jardim – 1
Bom Jesus de Itabapoana – 1
Cachoeira de Macacu – 1
Campos dos Goytacazes – 1
Japeri – 1
Miguel Pereira – 1
Nova Friburgo – 1
Paraty – 1
Queimados – 1
São Francisco de Itabapoana – 1
Teresópolis – 1

Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana