conecte-se conosco


Nacional

Vídeo: Paciente comemora aniversário com bolo e velas dentro de ala de Covid-19

Publicados

em

 

 

source
Festa de aniversário em ala da Covid em UPA em Mossoró, no Rio Grande do Norte

Festa de aniversário em ala da Covid em UPA em Mossoró, no Rio Grande do Norte – Reprodução

Uma festa de aniversário ocorrida dentro de uma ala de pacientes com Covid virou alvo de investigação da Secretaria de Saúde de Mossoró, no Rio Grande Norte. Em vídeo gravado e publicado nas redes sociais, um paciente de 57 anos e com Covid-19 é visto tirando a máscara de oxigênio para assoprar as velas do bolo. Veja abaixo.

 

 

Além do perigo de contaminação por Covid-19, acender velas em ambiente hospitalar não é recomendado, já que pode causar acidentes com equipamentos médicos de oxigênio inflamável. Em nota, a secretaria municipal confirmou que o fogo no local representava um risco.

“A Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró tem clareza de que a conduta mostrada nas imagens não condiz com os protocolos de biossegurança de enfrentamento à Covid-19 amplamente adotados pela pasta e que são válidos para as unidades de Saúde do município. Iremos apurar o caso, uma vez que, só tomamos conhecimento do fato pelas redes sociais”, disse a pasta.

Segundo a secretaria, a equipe do hospital foi advertida e um processo administrativo aberto.

Comentários Facebook
Propaganda

Nacional

CPI da Covid: Osmar Terra volta a citar dados falsos sobre pandemia

Publicados

em

 

 

source

BBC News Brasil

Osmar Terra (MDB-RS) na CPI da Covid

Osmar Terra (MDB-RS) na CPI da Covid – Divulgação/Agência Senado/Edilson Rodrigues

Em depoimento à CPI da Covid nesta terça (22/06), o deputado federal Osmar Terra (MDB-RS) citou dados falsos sobre a pandemia, como vinha fazendo ao longo de 2020.

Médico e ex-ministro da Cidadania, Terra foi chamado a depor por fazer parte do suposto “gabinete paralelo” que assessorava o presidente sobre a pandemia. Documentos entregues à CPI pelo governo mostram que o deputado esteve em diversas reuniões no Planalto para tratar de assuntos relacionados à covid-19.

Em seu depoimento, o  deputado afirmou que a estratégia da Suécia de não fazer lockdown foi um sucesso e que o país foi um dos que menos tiveram mortes no mundo.

A informação não é verdadeira. Sem isolamento, Suécia sofria já no final de 2020 com covid-19 fora de controle, UTIs lotadas e debandada de profissionais de saúde, como mostrou a BBC.

O deputado foi rapidamente corrigido pelos senadores, que lembraram que o país teve mais mortes por milhão de habitantes que os outros países escandinavos – Noruega, Finlândia e Dinamarca.

Lembraram também que, após a estratégia fracassada de combate à covid-19, o primeiro-ministro do país, Stefan Löfven, sofreu uma moção de desconfiança na segunda (21) e tem uma semana para apresentar sua renúncia.

Previsões erradas e a China

Para justificar as as previsões erradas que fez sobre a pandemia , o deputado citou as curvas de contaminação da China e da Coreia do Sul.

“Eram os dados que a gente tinha na época”, afirmou à CPI. O deputado também afirmou que a diferença entre os dois países asiáticos e o Brasil foi o “surgimento de novas cepas”.

Mais uma vez, a informação não é correta. Embora o surgimento de novas cepas tenha de fato agravado a pandemia no Brasil no fim de 2020, a China e a Coreia do Sul conseguiram conter a pandemia no início do ano porque adotaram estratégias diferentes do Brasil, baseadas em evidências científicas.

A China – que tem dimensões continentais e a maior população do mundo – adotou um lockdown nacional, com cidades maiores do que São Paulo totalmente fechadas, circulação interrompida em rodovias e outras medidas de restrição de circulação.

A Coreia do Sul – que é um país menor – implementou um sistema de testagem em massa e rastreamento de contatos, com quarentena de todas as pessoas que tiveram contato com infectados e o incentivo ao distanciamento social voluntário e generalizado da população.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana