conecte-se conosco


Nacional

Vídeo – Pastor chama fiéis de ‘encardidos’ e diz que esposa loira se destacou

Publicados

em

Foto: reprodução do Twitter

Um pastor e sua esposa, ambos do Paraná, estão sendo criticados após falas com teor racista durante uma live no Instagram. Rodrigo Santos disse que conheceu Jéssica Maciel em um culto em uma região mais pobre, e que teria ficado surpreso ao encontrá-la, por ser um ambiente de fiéis “encardidos”, “mais moreninhos” e “meio sujos”.

Em determinado momento da live, Rodrigo decidiu contar como conheceu a esposa. O pastor explicou que foi em um culto na Igreja Batista do Calvário, localizada em uma região mais pobre, na Vila Pioneira, na cidade de Toledo.

De acordo com o pastor, ele acabou reparando na esposa por ela se destacar no local, já que, segundo o religioso, o pessoal é “meio encardido”, “mais moreninho” e de “classe pobre”, o que contrastava com Jéssica. A mulher foi definida por ele como “loira” e da “zona mais nobre da cidade”.

“Pra quem é de Toledo e sabe… a Igreja Batista do Calvário fica na Vila Pioneira, que é uma região mais pobre, né? E na Pioneira a gente não via loira, né? Como a minha esposa, e quando ela veio pro culto, tipo, destacou, porque o pessoal [da igreja] é tudo assim mais classe pobre, mais moreninho, meio encardido, um povo meio sujo… mas ela veio e essa aí é da Zona Norte, zona mais nobre da cidade…”, disse.

Nas redes sociais, as pessoas condenaram as falas do casal. “A mentalidade expressada nesta fala desta gente envergonha o evangélico e não tem nada a ver com o conteúdo dele. É apenas a idiotice de 2 boçais”, escreveu uma internauta.

Com a grande repercussão negativa do vídeo, o casal desativou suas respectivas contas, em todas as redes sociais. Os dois e a Igreja Batista do Calvário foram procurados para falar do assunto, mas não responderam às tentativas de contato.

Confira o momento:

Informações: BHAZ

Comentários Facebook
Propaganda

Nacional

Anvisa afirma que diretores do órgão não foram intimados pela Polícia Federal

Publicados

em

 

 

source
Anvisa afirma que diretores não foram intimados pela Polícia Federal

Anvisa afirma que diretores não foram intimados pela Polícia Federal – Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou uma nota na manhã desta terça-feira (30) que desmente uma informação divulgada pelo portal Metrópoles sobre uma possível operação da Polícia Federal no órgão brasileiro.

Segundo a entidade, “nenhum dos cinco Diretores da Anvisa, a saber Antonio Barra Torres, Meiruze de Souza Freitas, Rômison Rodrigues Mota, Cristiane Rose Jourdan Gomes e Alex Machado Campos, recebeu qualquer tipo de contato ou interpelação pela Polícia Federal”.

A Anvisa ressalta, ainda, que não procede a informação de que há a presença de policiais federais na sede do órgão para a realização de uma possível operação.

O esclarecimento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária vem de encontro às revelações do Metrópoles. De acordo com o portal, agentes de segurança investigam fraudes que envolvem a entrega de medicamentos de alto custo. A aquisição dos remédios teria sido feita com recursos públicos.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana